Guarda municipal é acusado de tramar morte de colega

Cidades

 

Uma operação da Polícia Civil resultou na prisão de cinco envolvidos em um plano para assassinar um guarda municipal da cidade de Carmópolis (Vale do Cotinguiba). Segundo informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública, um dos presos foi o também guarda municipal Edelbrando Ferreira Santos, o 'Brandão', 54 anos, que segundo a polícia, teria ajudado na execução do colega. 
A polícia afirma que o suspeito está associado a um grupo de traficantes de Carmópolis e planejou o crime porque a vítima estaria atrapalhando os interesses ilícitos dos infratores na região. Entre os outros envolvidos, também está o ex-presidiário José Cícero da Silva, "Propriá", 42, apontado como mandante do crime. 
Mais detalhes serão fornecidos nesta segunda-feira, às 8h, em uma entrevista coletiva que será concedida  pelo delegado Wanderson Bastos, responsável pelas investigações.

Uma operação da Polícia Civil resultou na prisão de cinco envolvidos em um plano para assassinar um guarda municipal da cidade de Carmópolis (Vale do Cotinguiba). Segundo informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública, um dos presos foi o também guarda municipal Edelbrando Ferreira Santos, o 'Brandão', 54 anos, que segundo a polícia, teria ajudado na execução do colega. 
A polícia afirma que o suspeito está associado a um grupo de traficantes de Carmópolis e planejou o crime porque a vítima estaria atrapalhando os interesses ilícitos dos infratores na região. Entre os outros envolvidos, também está o ex-presidiário José Cícero da Silva, "Propriá", 42, apontado como mandante do crime. 
Mais detalhes serão fornecidos nesta segunda-feira, às 8h, em uma entrevista coletiva que será concedida  pelo delegado Wanderson Bastos, responsável pelas investigações.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS