Itabaiana tenta reverter situação contra o Interporto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/05/2019 às 23:06:00

 

O Interporto de Tocantins é o ponto de desequilíbrio do Grupo A9 do Brasileiro da Série D. A equipe estreou empatando com o Juazeiro em 1x1 na estreia, em casa e na segunda rodada ao sair foi goleado por 4x0 para o Aparecidense. 
O Interporto é o próximo adversário do Itabaiana em duas partidas. Na segunda-feira 20 o jogo será no Etelvino Mendonça e no dia 26 o jogo será no estádio General Sampaio em Porto Nacional. Se somar os seis pontos o Itabaiana ficará perto da classificação.
O Itabaiana precisa se reabilitar, porque foi goleado no último jogo para o Juazeirense. O treinador Ferreira lamentou a derrota. "Não nos encontramos no jogo. O time esteve irreconhecível".
- Nossa equipe, infelizmente, não se encontrou no jogo. No primeiro tempo, simplesmente nosso time não existiu. A primeira metade do jogo foi toda do Juazeirense. No segundo tempo, melhoramos um pouco. Mesmo assim, nada suficiente para conseguirmos uma reação. Levamos mais dois gols após falhas defensivas. Definitivamente, não fomos merecedores da vitória e o Juazeirense está de parabéns pelo jogo que fez - avaliou Ferreira.

O Interporto de Tocantins é o ponto de desequilíbrio do Grupo A9 do Brasileiro da Série D. A equipe estreou empatando com o Juazeiro em 1x1 na estreia, em casa e na segunda rodada ao sair foi goleado por 4x0 para o Aparecidense. 
O Interporto é o próximo adversário do Itabaiana em duas partidas. Na segunda-feira 20 o jogo será no Etelvino Mendonça e no dia 26 o jogo será no estádio General Sampaio em Porto Nacional. Se somar os seis pontos o Itabaiana ficará perto da classificação.
O Itabaiana precisa se reabilitar, porque foi goleado no último jogo para o Juazeirense. O treinador Ferreira lamentou a derrota. "Não nos encontramos no jogo. O time esteve irreconhecível".
- Nossa equipe, infelizmente, não se encontrou no jogo. No primeiro tempo, simplesmente nosso time não existiu. A primeira metade do jogo foi toda do Juazeirense. No segundo tempo, melhoramos um pouco. Mesmo assim, nada suficiente para conseguirmos uma reação. Levamos mais dois gols após falhas defensivas. Definitivamente, não fomos merecedores da vitória e o Juazeirense está de parabéns pelo jogo que fez - avaliou Ferreira.