UGT/SE realizará 4º Congresso Estadual nessa sexta-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Ronildo Almeida, presidente da UGT/SE
Ronildo Almeida, presidente da UGT/SE

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/05/2019 às 23:16:00

 

Como o tema "Qual papel do movimento sindical no contexto atual?", a União Geral dos Trabalhadores em Sergipe - UGT/SE, realizará nessa sexta-feira, 10, o 4º Congresso Estadual - Janete Alves Macedo, presente!. O evento acontecerá na sede do Sindicato dos Comerciários, no Centro de Aracaju, a partir das 8 horas.
Segundo Ronildo Almeida, presidente da UGT/SE, o congresso será um momento de debate, encaminhamento e fortalecimento das lutas dos trabalhadores.  "Estamos vivendo uma situação de desmonte e de retirada dos diretos da classe trabalhadora nunca vista na história recente do país. O movimento sindical precisa estar preparado para enfrentar todas as adversidades impostas pelo atual cenário político", avalia o dirigente sindical.
Na programação do 4º Congresso da UGT/SE haverá discussões sobre o atual momento histórico e a retirada de direitos sociais e trabalhistas. A partir da 9h30, ocorrerá uma palestra sobre a Previdência Social e o impacto econômico e social de uma política de ganho real do salário mínimo, com o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos  em Sergipe - Dieese/SE, Luiz Moura.
Em seguida, à 10h30, acontecerá uma análise de conjuntura política, com o deputado federal João Daniel (PT/SE). Haverá, ainda, eleição para nova diretoria da UGT/SE. 
O 4º Congresso da UGT/SE homenageia a militante Janete Alves Macedo, que faleceu em abril. Janete teve papel determinante na construção do movimento sindical em Sergipe, especialmente o da categoria dos comerciários, e nas lutas gerais do Estado.

Como o tema "Qual papel do movimento sindical no contexto atual?", a União Geral dos Trabalhadores em Sergipe - UGT/SE, realizará nessa sexta-feira, 10, o 4º Congresso Estadual - Janete Alves Macedo, presente!. O evento acontecerá na sede do Sindicato dos Comerciários, no Centro de Aracaju, a partir das 8 horas.
Segundo Ronildo Almeida, presidente da UGT/SE, o congresso será um momento de debate, encaminhamento e fortalecimento das lutas dos trabalhadores.  "Estamos vivendo uma situação de desmonte e de retirada dos diretos da classe trabalhadora nunca vista na história recente do país. O movimento sindical precisa estar preparado para enfrentar todas as adversidades impostas pelo atual cenário político", avalia o dirigente sindical.
Na programação do 4º Congresso da UGT/SE haverá discussões sobre o atual momento histórico e a retirada de direitos sociais e trabalhistas. A partir da 9h30, ocorrerá uma palestra sobre a Previdência Social e o impacto econômico e social de uma política de ganho real do salário mínimo, com o economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos  em Sergipe - Dieese/SE, Luiz Moura.
Em seguida, à 10h30, acontecerá uma análise de conjuntura política, com o deputado federal João Daniel (PT/SE). Haverá, ainda, eleição para nova diretoria da UGT/SE. 
O 4º Congresso da UGT/SE homenageia a militante Janete Alves Macedo, que faleceu em abril. Janete teve papel determinante na construção do movimento sindical em Sergipe, especialmente o da categoria dos comerciários, e nas lutas gerais do Estado.