Correndo atrás da História

Opinião

 

* Rômulo Rodrigues
O Brasil está mergulhado numa crise de tal monta que quem nasceu lá pelo final da segunda guerra mundial para cá, já não acreditava que poderia vivenciar o atual estágio de nossa História.
Mesmo vivendo em um País onde é quase normal movimentos e escaramuças golpistas e sabido da ditadura de 1937 a 1945 e vivido a de 1964 a 1985; parece que a sociedade civil que pensava estar caminhando pelas estradas bucólicas da consolidação de uma  Democracia de caráter permanente, está correndo atrás da História por sido pega de surpresa com o golpe jurídico, político, militar e midiático de 2016 que; pelos azares da vida se deu vinte e um anos depois de superada uma ditadura militar que durou vinte e um anos.
Parece até praga de Urubu choco, mas não é. É sim; mais um golpe doutrinário e a doutrina é a Monroe e quem quiser saber o que significa é só estudar o sentido de : América para os americanos que o Presidente Lula diagnosticou assim: americano pensa em primeiro lugar em americano; pensa em segundo lugar em americano; pensa em terceiro lugar em americano; em quarto e quinto lugar em americano e se sobrar um tempinho, pensa em americano e tem que ser muito subserviente para bater continência para a bandeira americana e também declarar, de calcanhares juntos, que amam os Estados Unidos pensando que eles vão reconhecer as puxadas de saco.
No entanto, mesmo com todo o alerta do melhor Presidente da História do Brasil, respeitado e reverenciado em todo o mundo, a Coisa imposta pelo consócio do golpe, sob a supervisão da Lava Jato, envergonha todas essas gerações ao ser rechaçado de pisar o solo de Nova York para receber uma comenda de araque, de uma sociedade de párias que tenta dar a ele um destaque internacional que servir de consolo ante toda a repulsa que é demonstrada em todos os Países em que seu nome é pronunciado.
A situação vergonhosa que o nosso País vive é a de ter um Presidente eleito por Fake News e que, por isso mesmo, governa com o mesmo instrumento que lhe deu a vitória porque negociou a prisão do favorito indiscutível com um Juiz, cuja Conge, aparece em gravações comprometedoras de ter praticado alguns dos delitos imputados ao candidato favorito que mesmo preso, quando deixaram falar, desnudou todo o consórcio dos Lesa-Pátria e que; de tão respeitado deu entrevista para a BBC, atualmente censurada aqui, e vai dar entrevista para o The New York Times.
Nas disputadíssimas entrevistas Lula está fazendo sua própria História, mas não está fazendo sob as circunstâncias que tenha escolhido e sim sob aquelas com que se defrontou diretamente ditadas pelas determinações da CIA, como o sequestro de 04 de Março de 2016 e o encarceramento de 07 de Abril de 2018.
O que o passado lhe recomendava era que sua heroica missão de elevar a autoestima do povo brasileiro e libertá-lo do complexo de vira lata, já tinha sido cumprida com êxito.
 Como ele próprio profetizou: pisaram no rabo da Jararaca, mas não esmagaram a cabeça e aí, o Gigante começou a rugir e seu rugido está aos pouco fazendo eco em todas as camadas da população e os golpistas já começam a não ter tranquilidade de caminhar pelas ruas.
Paulatinamente, com toda paciência que as grandes transformações exigem, a sociedade civil organizada está construindo o momento de conclamar o Brasil para se libertar e ela própria assumir o pertencimento do Estado Democrático de Direito.
Independência, mesmo que tardia, há de chegar e será exigido, de uma vez por todas que golpista, Lesa-Pátria, torturador e entreguista, de todas as castas, respondam pelos seus crimes.
E aí, a conjunção de democratas, patriotas, progressistas e verdadeiros cidadãos e cidadãs de bem, vão saber fazer a hora e não esperar acontecer como foi no último arranjo de redemocratização.
É certo que o estrago na Economia já é quase irreparável. É inexplicável e imperdoável que um País que exportava Aviões, Serviços de Alta tecnologia, Políticas de Inclusão Social e Respeito aos Direitos Fundamentais do Ser Humano, seja transformado num mero exportador de Abacates e seja oferecido como Paraíso do Turismo Sexual.
Não podemos mais tolerar que um Governo subalterno ao já enfraquecido império econômico e militar que tem sua cara estampada numa Ministra que não tem mais o encanto de ver Jesus trepado num goiabeira, um Ministro da Justiça suspeito de ser agente da CIA, e  outro que plantou o maior laranjal do País, todos eles orientados por um falso Astrólogo de fancaria que se esconde nos Estados Unidos para não pagar impostos aqui, jogue uma Nação no precipício.
É por demais preocupante que Oficiais Generais tenham patrocinado o golpe para ganhar boquinhas no alto escalão do Governo e destilarem ódio de classe ao Presidente que mais os respeitou, dando dignidade aos Recrutas que tinham que almoçar em casa, comprar seus próprios coturnos e que passaram a receber Soldo de um Salário Mínimo e profissionalização; a Aeronáutica que recebeu Aviões para substituir os sucatas e a Marinha que passou a receber R$ 30 milhões por mês para desenvolver tecnologia; tudo dito por Lula na entrevista e eles não vieram a público rebater, porque acham mais patriótico bater boca com Olavo de Carvalho.
Como dizia aquele antigo Príncipe dos Sociólogos: assim não pode, assim não dá.
* Rômulo Rodrigues é militante político

* Rômulo Rodrigues

O Brasil está mergulhado numa crise de tal monta que quem nasceu lá pelo final da segunda guerra mundial para cá, já não acreditava que poderia vivenciar o atual estágio de nossa História.
Mesmo vivendo em um País onde é quase normal movimentos e escaramuças golpistas e sabido da ditadura de 1937 a 1945 e vivido a de 1964 a 1985; parece que a sociedade civil que pensava estar caminhando pelas estradas bucólicas da consolidação de uma  Democracia de caráter permanente, está correndo atrás da História por sido pega de surpresa com o golpe jurídico, político, militar e midiático de 2016 que; pelos azares da vida se deu vinte e um anos depois de superada uma ditadura militar que durou vinte e um anos.
Parece até praga de Urubu choco, mas não é. É sim; mais um golpe doutrinário e a doutrina é a Monroe e quem quiser saber o que significa é só estudar o sentido de : América para os americanos que o Presidente Lula diagnosticou assim: americano pensa em primeiro lugar em americano; pensa em segundo lugar em americano; pensa em terceiro lugar em americano; em quarto e quinto lugar em americano e se sobrar um tempinho, pensa em americano e tem que ser muito subserviente para bater continência para a bandeira americana e também declarar, de calcanhares juntos, que amam os Estados Unidos pensando que eles vão reconhecer as puxadas de saco.
No entanto, mesmo com todo o alerta do melhor Presidente da História do Brasil, respeitado e reverenciado em todo o mundo, a Coisa imposta pelo consócio do golpe, sob a supervisão da Lava Jato, envergonha todas essas gerações ao ser rechaçado de pisar o solo de Nova York para receber uma comenda de araque, de uma sociedade de párias que tenta dar a ele um destaque internacional que servir de consolo ante toda a repulsa que é demonstrada em todos os Países em que seu nome é pronunciado.
A situação vergonhosa que o nosso País vive é a de ter um Presidente eleito por Fake News e que, por isso mesmo, governa com o mesmo instrumento que lhe deu a vitória porque negociou a prisão do favorito indiscutível com um Juiz, cuja Conge, aparece em gravações comprometedoras de ter praticado alguns dos delitos imputados ao candidato favorito que mesmo preso, quando deixaram falar, desnudou todo o consórcio dos Lesa-Pátria e que; de tão respeitado deu entrevista para a BBC, atualmente censurada aqui, e vai dar entrevista para o The New York Times.
Nas disputadíssimas entrevistas Lula está fazendo sua própria História, mas não está fazendo sob as circunstâncias que tenha escolhido e sim sob aquelas com que se defrontou diretamente ditadas pelas determinações da CIA, como o sequestro de 04 de Março de 2016 e o encarceramento de 07 de Abril de 2018.
O que o passado lhe recomendava era que sua heroica missão de elevar a autoestima do povo brasileiro e libertá-lo do complexo de vira lata, já tinha sido cumprida com êxito.
 Como ele próprio profetizou: pisaram no rabo da Jararaca, mas não esmagaram a cabeça e aí, o Gigante começou a rugir e seu rugido está aos pouco fazendo eco em todas as camadas da população e os golpistas já começam a não ter tranquilidade de caminhar pelas ruas.
Paulatinamente, com toda paciência que as grandes transformações exigem, a sociedade civil organizada está construindo o momento de conclamar o Brasil para se libertar e ela própria assumir o pertencimento do Estado Democrático de Direito.
Independência, mesmo que tardia, há de chegar e será exigido, de uma vez por todas que golpista, Lesa-Pátria, torturador e entreguista, de todas as castas, respondam pelos seus crimes.E aí, a conjunção de democratas, patriotas, progressistas e verdadeiros cidadãos e cidadãs de bem, vão saber fazer a hora e não esperar acontecer como foi no último arranjo de redemocratização.
É certo que o estrago na Economia já é quase irreparável. É inexplicável e imperdoável que um País que exportava Aviões, Serviços de Alta tecnologia, Políticas de Inclusão Social e Respeito aos Direitos Fundamentais do Ser Humano, seja transformado num mero exportador de Abacates e seja oferecido como Paraíso do Turismo Sexual.
Não podemos mais tolerar que um Governo subalterno ao já enfraquecido império econômico e militar que tem sua cara estampada numa Ministra que não tem mais o encanto de ver Jesus trepado num goiabeira, um Ministro da Justiça suspeito de ser agente da CIA, e  outro que plantou o maior laranjal do País, todos eles orientados por um falso Astrólogo de fancaria que se esconde nos Estados Unidos para não pagar impostos aqui, jogue uma Nação no precipício.
É por demais preocupante que Oficiais Generais tenham patrocinado o golpe para ganhar boquinhas no alto escalão do Governo e destilarem ódio de classe ao Presidente que mais os respeitou, dando dignidade aos Recrutas que tinham que almoçar em casa, comprar seus próprios coturnos e que passaram a receber Soldo de um Salário Mínimo e profissionalização; a Aeronáutica que recebeu Aviões para substituir os sucatas e a Marinha que passou a receber R$ 30 milhões por mês para desenvolver tecnologia; tudo dito por Lula na entrevista e eles não vieram a público rebater, porque acham mais patriótico bater boca com Olavo de Carvalho.
Como dizia aquele antigo Príncipe dos Sociólogos: assim não pode, assim não dá.

* Rômulo Rodrigues é militante político


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS