Teleférico impulsionará o turismo e o densenvolvimento econômico e social do Estado, aponta Maria

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/05/2019 às 00:01:00

 

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa de Sergipe aprovou Indicação 25/19, de autoria da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), sugerindo a implantação de um teleférico no Parque Nacional da Serra de Itabaiana. "A nossa propositura visa a construção do teleférico, não apenas como um atrativo turístico, mas como um catalisador do desenvolvimento, através da geração de emprego e renda e do incremento da economia", justificou a parlamentar, ao apelar ao governador Belivaldo Chagas (PSD) que, junto a parceiros e órgãos competentes, busque forma de viabilizá-la.     
Maria salientou que a Indicação está justificada em questões que, no seu entender, são fundamentais, como o fomento do turismo como instrumento de inclusão e de combate às desigualdades sociais por meio da geração do emprego e renda. Ela citou que as obras de infraestrutura que foram iniciadas na gestão do então governador Marcelo Déda e que têm possibilitado o deslocamento bem mais fácil dos turistas da capital ao interior, estimulando o turismo local, é outro fator a ser considerado.

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa de Sergipe aprovou Indicação 25/19, de autoria da deputada estadual Maria Mendonça (PSDB), sugerindo a implantação de um teleférico no Parque Nacional da Serra de Itabaiana. "A nossa propositura visa a construção do teleférico, não apenas como um atrativo turístico, mas como um catalisador do desenvolvimento, através da geração de emprego e renda e do incremento da economia", justificou a parlamentar, ao apelar ao governador Belivaldo Chagas (PSD) que, junto a parceiros e órgãos competentes, busque forma de viabilizá-la.     
Maria salientou que a Indicação está justificada em questões que, no seu entender, são fundamentais, como o fomento do turismo como instrumento de inclusão e de combate às desigualdades sociais por meio da geração do emprego e renda. Ela citou que as obras de infraestrutura que foram iniciadas na gestão do então governador Marcelo Déda e que têm possibilitado o deslocamento bem mais fácil dos turistas da capital ao interior, estimulando o turismo local, é outro fator a ser considerado.