Três mortos em três acidentes nas estradas sergipanas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O acidente mais grave aconteceu por volta das 7h, quando um caminhão-guincho perdeu o controle e atingiu outros cinco veículos na BR-235, na entrada de Aracaju
O acidente mais grave aconteceu por volta das 7h, quando um caminhão-guincho perdeu o controle e atingiu outros cinco veículos na BR-235, na entrada de Aracaju

O acidente provocou o fechamento da entrada de Aracaju
O acidente provocou o fechamento da entrada de Aracaju

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 06/05/2019 às 23:18:00

 

Gabriel Damásio
Três acidentes graves re
sultaram em três mortes 
nesta segunda-feira, sendo dois na capital e um no interior do estado. O pior deles aconteceu por volta das 7h, quando um caminhão-guincho que seguia em direção à Avenida Osvaldo Aranha perdeu o controle e atingiu outros cinco veículos no quilômetro 5 da BR-235, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), próximo à saída de Aracaju. Segundo as primeiras informações apuradas, o condutor do caminhão teria perdido os freios e não conseguiu diminuir a velocidade, mesmo passando por uma lombada eletrônica. 
O guincho literalmente passou por cima de um Corsa Classic que vinha à frente e acabou praticamente destruído. O motorista morreu na hora e ficou com o corpo preso às ferragens. O outro veículo envolvido foi um Fiat Pálio que tinha diminuído a velocidade por causa da lombada, mas acabou atingido por trás pelo caminhão e foi atirado contra um micro-ônibus da Coopertalse. Outros dois carros que estavam no entorno do coletivo toram atingidos, mas sofreram danos materiais. 
Já entre os ocupantes do Pálio e do micro-ônibus, pelo menos seis pessoas ficaram feridas e foram resgatadas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros. Três pacientes foram levados ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), sendo um deles, de 27 anos, internado em estado grave. Outras duas vítimas, com ferimentos mais leves, foram socorridas ao Hospital Municipal Nestor Piva e a sexta vítima foi atendida no Hospital Primavera. 
O motorista da caçamba, que não se feriu, permaneceu no local e foi levado até um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde prestou esclarecimentos. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. O trânsito no trecho, que fica junto à interligação das BRs 101 e 235, ficou interditado por cerca de três horas, até a retirada do corpo do motorista que morreu no acidente. O fluxo de carros que chegavam a Aracaju foi desviado para a Avenida Santa Gleide, no Bugio, que ficou congestionada até a liberação da BR. 
Atropelado - Os outros dois acidentes aconteceram no começo da tarde. Por volta das 12h, um estudante de 11 anos foi atropelado por uma caçamba, enquanto saída da Escola Municipal Mariana Prado Vasconcelos, no Loteamento Parque dos Faróis, em Socorro. Testemunhas informaram que a caçamba estava em alta velocidade e acertou a bicicleta no momento em que ela atravessava a rua. O menino morreu no local e o motorista do caminhão não foi encontrado, tendo fugido sem prestar socorro. 
Revoltados, os moradores do bairro tentaram colocar fogo na caçamba, mas foram impedidos por policiais militares que chegaram ao local e isolaram a cena do acidente, até a chegada do Instituto de Criminalística. Muitos deles conheciam o menino, que era bastante querido pela comunidade. Os pais do estudante chegaram ao local assim que souberam do acidente e ficaram em estado de choque.  
O terceiro acidente aconteceu no meio da tarde: foi o capotamento de um caminhão na rodovia SE-361, entre as cidades de Poço Verde e Simão Dias (Centro-Sul). O veículo, que vinha de Simão Dias, perdeu o controle depois de uma saída de pista e capotou até parar em um descampado, na altura do povoado Rompe Gibão, em Poço Verde. O motorista, José Valdir dos Santos, 38 anos, morreu na hora. Já o passageiro, Rodrigo Andrade Santana, 28, foi resgatado por uma equipe dos Bombeiros e internado no Hospital Municipal de Simão Dias. O caso será investigado pela Delegacia de Poço Verde.

Gabriel Damásio

Três acidentes graves re sultaram em três mortes  nesta segunda-feira, sendo dois na capital e um no interior do estado. O pior deles aconteceu por volta das 7h, quando um caminhão-guincho que seguia em direção à Avenida Osvaldo Aranha perdeu o controle e atingiu outros cinco veículos no quilômetro 5 da BR-235, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), próximo à saída de Aracaju. Segundo as primeiras informações apuradas, o condutor do caminhão teria perdido os freios e não conseguiu diminuir a velocidade, mesmo passando por uma lombada eletrônica. 
O guincho literalmente passou por cima de um Corsa Classic que vinha à frente e acabou praticamente destruído. O motorista morreu na hora e ficou com o corpo preso às ferragens. O outro veículo envolvido foi um Fiat Pálio que tinha diminuído a velocidade por causa da lombada, mas acabou atingido por trás pelo caminhão e foi atirado contra um micro-ônibus da Coopertalse. Outros dois carros que estavam no entorno do coletivo toram atingidos, mas sofreram danos materiais. 
Já entre os ocupantes do Pálio e do micro-ônibus, pelo menos seis pessoas ficaram feridas e foram resgatadas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros. Três pacientes foram levados ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), sendo um deles, de 27 anos, internado em estado grave. Outras duas vítimas, com ferimentos mais leves, foram socorridas ao Hospital Municipal Nestor Piva e a sexta vítima foi atendida no Hospital Primavera. 
O motorista da caçamba, que não se feriu, permaneceu no local e foi levado até um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde prestou esclarecimentos. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. O trânsito no trecho, que fica junto à interligação das BRs 101 e 235, ficou interditado por cerca de três horas, até a retirada do corpo do motorista que morreu no acidente. O fluxo de carros que chegavam a Aracaju foi desviado para a Avenida Santa Gleide, no Bugio, que ficou congestionada até a liberação da BR. 

Atropelado - Os outros dois acidentes aconteceram no começo da tarde. Por volta das 12h, um estudante de 11 anos foi atropelado por uma caçamba, enquanto saída da Escola Municipal Mariana Prado Vasconcelos, no Loteamento Parque dos Faróis, em Socorro. Testemunhas informaram que a caçamba estava em alta velocidade e acertou a bicicleta no momento em que ela atravessava a rua. O menino morreu no local e o motorista do caminhão não foi encontrado, tendo fugido sem prestar socorro. 
Revoltados, os moradores do bairro tentaram colocar fogo na caçamba, mas foram impedidos por policiais militares que chegaram ao local e isolaram a cena do acidente, até a chegada do Instituto de Criminalística. Muitos deles conheciam o menino, que era bastante querido pela comunidade. Os pais do estudante chegaram ao local assim que souberam do acidente e ficaram em estado de choque.  
O terceiro acidente aconteceu no meio da tarde: foi o capotamento de um caminhão na rodovia SE-361, entre as cidades de Poço Verde e Simão Dias (Centro-Sul). O veículo, que vinha de Simão Dias, perdeu o controle depois de uma saída de pista e capotou até parar em um descampado, na altura do povoado Rompe Gibão, em Poço Verde. O motorista, José Valdir dos Santos, 38 anos, morreu na hora. Já o passageiro, Rodrigo Andrade Santana, 28, foi resgatado por uma equipe dos Bombeiros e internado no Hospital Municipal de Simão Dias. O caso será investigado pela Delegacia de Poço Verde.