Governo realiza ações de alerta sobre a dengue em canteiros de obras

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/05/2019 às 23:06:00

 

O Núcleo de Endemias da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, na manhã desta segunda-feira (06), no município de Aracaju, trabalho de informação e conscientização sobre a dengue em canteiros de obras, locais que produzem muitos resíduos e que têm grande potencial de se transformarem em criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. A ação consiste na realização de palestras informativas para os trabalhadores da construção civil.
"É feita uma conversa muito informal com eles, dialogando sobre cuidados, a prevenção em relação à dengue, os sintomas da doença, tirando dúvidas. É uma conversa dinâmica com uma integração bastante proveitosa entre palestrante e trabalhador. Como o tempo desses profissionais é reduzido, em virtude das suas tarefas, a palestra precisa ser bem informal e muito rápida. É um trabalho gratificante porque vemos resultado, esse trabalhador que está em um canteiro de obras é um cidadão comum que retorna para sua residência, para seu local de moradia, e pode ser um grande multiplicador de informação para nós", comentou a gerente do Núcleo de Endemias da Vigilância Epidemiológica do Estado, Sidney  Sá.
Nesta segunda, a palestra aconteceu no bairro Santa Maria. Na quarta-feira (08), haverá outra no bairro Siqueira Campos, com um público diferente, moradores de outras regiões e, possivelmente novas agendas serão geradas. De acordo com Sidney, é importante a constante divulgação e diálogo com a população, principalmente quando, no país, o número de casos de dengue é crescente. 
"Salientamos a importância desses profissionais conhecerem os cuidados e serem alertados, já que um ambiente como um canteiro de obras tem toda uma condição favorável para que se tenha foco do Aedes e com isso haja aumento na proliferação do mosquito. Por isso, é importante que eles sejam alertados sobre os cuidados básicos para que possam estar observando isso, não só no canteiro de obras, mas também em suas residências e vizinhança", reforçou Sidney.

O Núcleo de Endemias da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou, na manhã desta segunda-feira (06), no município de Aracaju, trabalho de informação e conscientização sobre a dengue em canteiros de obras, locais que produzem muitos resíduos e que têm grande potencial de se transformarem em criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. A ação consiste na realização de palestras informativas para os trabalhadores da construção civil.
"É feita uma conversa muito informal com eles, dialogando sobre cuidados, a prevenção em relação à dengue, os sintomas da doença, tirando dúvidas. É uma conversa dinâmica com uma integração bastante proveitosa entre palestrante e trabalhador. Como o tempo desses profissionais é reduzido, em virtude das suas tarefas, a palestra precisa ser bem informal e muito rápida. É um trabalho gratificante porque vemos resultado, esse trabalhador que está em um canteiro de obras é um cidadão comum que retorna para sua residência, para seu local de moradia, e pode ser um grande multiplicador de informação para nós", comentou a gerente do Núcleo de Endemias da Vigilância Epidemiológica do Estado, Sidney  Sá.
Nesta segunda, a palestra aconteceu no bairro Santa Maria. Na quarta-feira (08), haverá outra no bairro Siqueira Campos, com um público diferente, moradores de outras regiões e, possivelmente novas agendas serão geradas. De acordo com Sidney, é importante a constante divulgação e diálogo com a população, principalmente quando, no país, o número de casos de dengue é crescente. 
"Salientamos a importância desses profissionais conhecerem os cuidados e serem alertados, já que um ambiente como um canteiro de obras tem toda uma condição favorável para que se tenha foco do Aedes e com isso haja aumento na proliferação do mosquito. Por isso, é importante que eles sejam alertados sobre os cuidados básicos para que possam estar observando isso, não só no canteiro de obras, mas também em suas residências e vizinhança", reforçou Sidney.