Sergipe pronto para encarar o Coruripe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/05/2019 às 07:36:00

 

O treinador Betinho 
teve exatos 15 dias 
para receber os novos jogadores, organizar a equipe e definir um estilo de jogo para a equipe estrear no Brasileiro da Série D. Nesta sexta-feira ao deixar a capital sergipana Betinho disse que estava consciente do trabalho realizado até agora e da expectativa de conquistar uma vitória logo na partida de estreia. O Sergipe passou por uma grande reforma. 
São poucos os jogadores remanescentes do fracassado time do estadual, daí a esperança depositada nesse novo elenco. Pelo menos no provável time titular, só a presença de três atletas, o goleiro Jonatas, que era reserva a ganha uma oportunidade e os experientes Claudio Baiano e Ramalho., os demais são todos estreantes, a exemplo do treinador Betinho. O treinador do Sergipe prevê um jogo muito difícil.
- Fora de casa, a gente espera um adversário nos pressionando. Temos que ter muita atenção, principalmente no início do jogo, para que a gente não sofra um gol e tenha que correr atrás. Vamos buscar criar situações, principalmente procurar sair em velocidade e, tendo a oportunidade, fazer o gol para buscar trazer uma tranquilidade a mais - comenta o treinador.
A delegação do Sergipe deixou Aracaju no início da tarde desta sexta-feira. O time não está definido. Betinho já tem uma equipe provável. Mas pode acontecer alguma modificação antes do jogo em Coruripe. A provável equipe do Sergipe pode ser: Jonatas; Jorge, Claudio Baiano, Pirambu e Matheus; Jair, Ramalho, Acássio e Bruninho (Kiko); Kleber e Etinho.  
Além dos prováveis titulares compõem ainda a delegação do Sergipe os atletas Alexandre, Marcelo, Gaspar, Kiko, Polinho, Cleber Weverton e Paulo Fernando. Neuvaldo Barros é o supervisor e chefe da delegação. Betinho, o treinador, Caio Simões, auxiliar técnico, Victor Souza, analista de desempenho, Carlos Alberto, preparador físico, Paulo, Roupeiro, Neguinho, massagista e Jorge, o Gerente de Futebol.
Betinho sabe que a exemplo do Sergipe, o Coruripe passa por reformulação completa. E muitos dos atletas do time alagoano estão no time rubro.
- Em relação ao time deles, houve um grupo que permaneceu de jogadores que normalmente não eram titulares. Hoje estão tendo a oportunidade. Chegou um treinador novo, estão chegando outros atletas. Estão na mesma situação que estamos aqui. Acho que todas as equipes vão ter um pouco de dificuldade nesse início - avaliou o técnico rubro. 

O treinador Betinho  teve exatos 15 dias  para receber os novos jogadores, organizar a equipe e definir um estilo de jogo para a equipe estrear no Brasileiro da Série D. Nesta sexta-feira ao deixar a capital sergipana Betinho disse que estava consciente do trabalho realizado até agora e da expectativa de conquistar uma vitória logo na partida de estreia. O Sergipe passou por uma grande reforma. 
São poucos os jogadores remanescentes do fracassado time do estadual, daí a esperança depositada nesse novo elenco. Pelo menos no provável time titular, só a presença de três atletas, o goleiro Jonatas, que era reserva a ganha uma oportunidade e os experientes Claudio Baiano e Ramalho., os demais são todos estreantes, a exemplo do treinador Betinho. O treinador do Sergipe prevê um jogo muito difícil.
- Fora de casa, a gente espera um adversário nos pressionando. Temos que ter muita atenção, principalmente no início do jogo, para que a gente não sofra um gol e tenha que correr atrás. Vamos buscar criar situações, principalmente procurar sair em velocidade e, tendo a oportunidade, fazer o gol para buscar trazer uma tranquilidade a mais - comenta o treinador.
A delegação do Sergipe deixou Aracaju no início da tarde desta sexta-feira. O time não está definido. Betinho já tem uma equipe provável. Mas pode acontecer alguma modificação antes do jogo em Coruripe. A provável equipe do Sergipe pode ser: Jonatas; Jorge, Claudio Baiano, Pirambu e Matheus; Jair, Ramalho, Acássio e Bruninho (Kiko); Kleber e Etinho.  
Além dos prováveis titulares compõem ainda a delegação do Sergipe os atletas Alexandre, Marcelo, Gaspar, Kiko, Polinho, Cleber Weverton e Paulo Fernando. Neuvaldo Barros é o supervisor e chefe da delegação. Betinho, o treinador, Caio Simões, auxiliar técnico, Victor Souza, analista de desempenho, Carlos Alberto, preparador físico, Paulo, Roupeiro, Neguinho, massagista e Jorge, o Gerente de Futebol.
Betinho sabe que a exemplo do Sergipe, o Coruripe passa por reformulação completa. E muitos dos atletas do time alagoano estão no time rubro.
- Em relação ao time deles, houve um grupo que permaneceu de jogadores que normalmente não eram titulares. Hoje estão tendo a oportunidade. Chegou um treinador novo, estão chegando outros atletas. Estão na mesma situação que estamos aqui. Acho que todas as equipes vão ter um pouco de dificuldade nesse início - avaliou o técnico rubro.