Frei Paulistano é campeão pela primeira vez

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
De quase rebaixados, jogadores do Frei Paulistano se uniram e sob o comando do treinador Betinho chegaram à conquista do título estadual
De quase rebaixados, jogadores do Frei Paulistano se uniram e sob o comando do treinador Betinho chegaram à conquista do título estadual

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/04/2019 às 08:06:00

 

O Frei Paulistano é o 
novo campeão ser-
gipano de futebol profissional. A equipe do interior venceu o Itabaiana nas duas partidas finais e conquistou no seu quarto ano de fundação o título inédito de campeão sergipano de futebol profissional. A conquista leva o time do Frei Paulistano a um calendário completo na próxima temporada como representante estadual nas Copas do Nordeste e do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série D.      
O Frei Paulistano foi um exemplo de força, dedicação e principalmente de superação. Para uma equipe que no início da temporada não sequer um campo para treinar. 
"Nós tínhamos que caminhar quatro quilômetros para treinar. Lutamos contra o rebaixamento na primeira fase. Mas no momento que nos unimos como família e com a chegada do professor Betinho o time cresceu, encerrou o hexagonal invicto e superou o Itabaiana brilhantemente nas duas partidas finais, comemorou o meia Baco, um dos grandes destaques da equipe.    
O Paulistano teve ainda o artilheiro da competição. O atacante Luan não participou do último jogo, teve que cumprir suspensão automática, mas esteve presente nas comemorações do título. 
O Frei Paulistano deve muito a três treinadores. O Edilson que organizou e montou essa equipe campeã. Deixou a equipe e foi substituído por Gil, que com duas vitorias seguidas, conseguiu toirar a equipe do rebaixamento e classificar para o hexagonal. Betinho se encaixou como uma luva na equipe. Dispensado como responsável pela péssima campanha do Confiança, Betinho chegou ao frei Paulistano, ajustou a equipe, encaixou as peças em seus devidos lugares, culminando com a conquista do título estadual.       
Agora, segundo os dirigentes da equipe do Frei Paulistano, o time dá uma parada, libera alguns jogadores para outras equipes e marca para o mês de novembro a reapresentação do elenco quando começa a preparar a equipe para a próximas temporada. O treinador Betinho vai dirigir o Sergipe, mas não sabe ainda se retorna na próxima temporada ao time de Frei Paulistano. 

O Frei Paulistano é o  novo campeão ser- gipano de futebol profissional. A equipe do interior venceu o Itabaiana nas duas partidas finais e conquistou no seu quarto ano de fundação o título inédito de campeão sergipano de futebol profissional. A conquista leva o time do Frei Paulistano a um calendário completo na próxima temporada como representante estadual nas Copas do Nordeste e do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série D.      
O Frei Paulistano foi um exemplo de força, dedicação e principalmente de superação. Para uma equipe que no início da temporada não sequer um campo para treinar. 
"Nós tínhamos que caminhar quatro quilômetros para treinar. Lutamos contra o rebaixamento na primeira fase. Mas no momento que nos unimos como família e com a chegada do professor Betinho o time cresceu, encerrou o hexagonal invicto e superou o Itabaiana brilhantemente nas duas partidas finais, comemorou o meia Baco, um dos grandes destaques da equipe.    
O Paulistano teve ainda o artilheiro da competição. O atacante Luan não participou do último jogo, teve que cumprir suspensão automática, mas esteve presente nas comemorações do título. 
O Frei Paulistano deve muito a três treinadores. O Edilson que organizou e montou essa equipe campeã. Deixou a equipe e foi substituído por Gil, que com duas vitorias seguidas, conseguiu toirar a equipe do rebaixamento e classificar para o hexagonal. Betinho se encaixou como uma luva na equipe. Dispensado como responsável pela péssima campanha do Confiança, Betinho chegou ao frei Paulistano, ajustou a equipe, encaixou as peças em seus devidos lugares, culminando com a conquista do título estadual.       
Agora, segundo os dirigentes da equipe do Frei Paulistano, o time dá uma parada, libera alguns jogadores para outras equipes e marca para o mês de novembro a reapresentação do elenco quando começa a preparar a equipe para a próximas temporada. O treinador Betinho vai dirigir o Sergipe, mas não sabe ainda se retorna na próxima temporada ao time de Frei Paulistano.