Suspeito de crimes morre em confronto com policiais em Pedrinhas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/04/2019 às 09:58:00

 

Equipes das polícias Civil e Militar deflagraram uma operação conjunta para cumprir mandado de prisão contra Maique Alves Limas. Ele vinha ostentando fotos portando armas de fogo em redes sociais. A ação ocorreu ontem de manhã em Pedrinhas (Centro-Sul). Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), agentes da Polícia Civil chegaram até o acusado na última sexta-feira, em Itabaianinha, mas ele atirou contra os policiais e conseguiu fugir do cerco. 
Diante do ocorrido, Maique se escondeu em Pedrinhas, onde foi localizado durante a operação realizada ontem. Na ação, o acusado, em conjunto com outro homem, dispararam contra os policiais. Houve confronto, ambos foram atingidos, socorridos, mas não resistiram ao ferimentos e morreram logo em seguida. A ação foi coordenada pelo delegado de Boquim, Marcelo Hercos.
Ainda segundo a polícia, Maique respondia a crimes como latrocínio, homicídio e tráfico de drogas. Em um deles, o suspeito é apontado como autor da morte de Muriel da Conceição Vieira Galvão, parceiro de crimes do acusado, no inicio deste ano. "Maique cometeu homicídio contra Muriel, em 17 de janeiro deste ano. Segundo as investigações, Muriel e Maique teriam vindo para Boquim praticar assaltos e se supõe que houve uma desavença entre ambos. Então Maique assassinou Muriel", detalhou Hercos.
O delegado acrescentou que, com Maique e Normândio Lima Silva, além das armas, também foram encontrados entorpecentes. "Cada um dos acusados estava com um revólver calibre 32, também uma pequena quantidade de maconha e uma pequena quantidade de dinheiro dentro da casa". (com SSP)

Equipes das polícias Civil e Militar deflagraram uma operação conjunta para cumprir mandado de prisão contra Maique Alves Limas. Ele vinha ostentando fotos portando armas de fogo em redes sociais. A ação ocorreu ontem de manhã em Pedrinhas (Centro-Sul). Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), agentes da Polícia Civil chegaram até o acusado na última sexta-feira, em Itabaianinha, mas ele atirou contra os policiais e conseguiu fugir do cerco. 
Diante do ocorrido, Maique se escondeu em Pedrinhas, onde foi localizado durante a operação realizada ontem. Na ação, o acusado, em conjunto com outro homem, dispararam contra os policiais. Houve confronto, ambos foram atingidos, socorridos, mas não resistiram ao ferimentos e morreram logo em seguida. A ação foi coordenada pelo delegado de Boquim, Marcelo Hercos.
Ainda segundo a polícia, Maique respondia a crimes como latrocínio, homicídio e tráfico de drogas. Em um deles, o suspeito é apontado como autor da morte de Muriel da Conceição Vieira Galvão, parceiro de crimes do acusado, no inicio deste ano. "Maique cometeu homicídio contra Muriel, em 17 de janeiro deste ano. Segundo as investigações, Muriel e Maique teriam vindo para Boquim praticar assaltos e se supõe que houve uma desavença entre ambos. Então Maique assassinou Muriel", detalhou Hercos.
O delegado acrescentou que, com Maique e Normândio Lima Silva, além das armas, também foram encontrados entorpecentes. "Cada um dos acusados estava com um revólver calibre 32, também uma pequena quantidade de maconha e uma pequena quantidade de dinheiro dentro da casa". (com SSP)