Educação, Saúde e Segurança serão as áreas beneficiadas com a modernização e expansão da TI

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O convênio garantE a modernização da tecnologia de informação em Sergipe
O convênio garantE a modernização da tecnologia de informação em Sergipe

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/03/2019 às 07:26:00

 

Por meio de parceria entre a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA) e o governo do Estado, nesta quinta-feira (28), o governador Belivaldo Chagas recebeu os projetos finais que integram o Plano de Modernização e Expansão da Tecnologia da Informação do estado. A solenidade, que aconteceu no auditório do Palácio dos Despachos, contou com representantes da USTDA, o Cônsul dos Estados Unidos em Recife, John M. Barrett, secretários de Estado e representantes do Banese e Energisa, uma das empresas que já sinalizou interesse em trabalhar conjuntamente para o processo de modernização.
Representando um investimento de cerca de US$ 600 mil (mais de R$ 2,3 milhões), que serão financiados pela USTDA, sem custos para o estado, os projetos preveem a implantação de uma rede de banda larga de alta velocidade e um ambiente mais seguro de armazenamento de dados da Rede Governo (Data Center). "Nós vamos abranger os 75 municípios com o cabo ótico institucional do governo para que possamos levar banda larga para as escolas, para os postos de saúde e na área de segurança pública. É um upgrade em tudo que o governo faz", explicou o diretor-presidente da Emgetis, Ézio Faro.
Ainda de acordo com Ézio, atualmente, o governo de Sergipe, juntamente com os parceiros Tribunal de Justiça e Rede Começo, possui, em Aracaju, 120 km de rede de fibra óptica, levando internet de alta velocidade a 55 unidades governamentais. A partir desses projetos, esta rede será ampliada, alcançando todos os municípios sergipanos, conectados por mais de 800 km de fibra óptica, beneficiando as áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública.
Com o objetivo de promover o desenvolvimento do estado, a modernização garantirá uma melhor qualidade na prestação dos serviços ofertados à população. "O primeiro passo foi dado. A partir de agora, é fazer isso se tornar realidade. Temos equipes buscando projetos existentes para que possamos 'peregrinar' por diversas instituições e por em prática ações concretas, ações de interesse do desenvolvimento de Sergipe. Não é fácil, mas será importante, teremos que investir em torno de R$ 30 milhões para ver todo esse projeto implantado no estado. Estamos num momento de busca constante de otimização e modernização da nossa máquina administrativa, e o passo que tem que ser dado é pensando, planejando para que a gente possa executar. Quero agradecer ao Cônsul pelo apoio. É sempre positivo estreitar, cada vez mais, essa relação", destacou Belivaldo.
Parcerias que geram economia - O Cônsul Geral dos Estados Unidos em Recife, John M. Barrett, ressaltou a boa relação com todos os estados nordestinos e a satisfação em concretizar a parceria com o governo de Sergipe. "O trabalho que Sergipe tem desenvolvido mostra que o estado busca tornar-se uma referência nesse setor. É muito importante que governos estaduais estejam organizados com o objetivo de promover um maior avanço da sua infraestrutura e capacidade técnica nessa área. A cooperação entre a USTDA e a Emgetis é um ótimo exemplo de como nossos governos podem trabalhar em cooperação para avançar projetos de interesse mútuo, que agregam a criação de empregos e qualidade de vida em nossos países".

Por meio de parceria entre a Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA) e o governo do Estado, nesta quinta-feira (28), o governador Belivaldo Chagas recebeu os projetos finais que integram o Plano de Modernização e Expansão da Tecnologia da Informação do estado. A solenidade, que aconteceu no auditório do Palácio dos Despachos, contou com representantes da USTDA, o Cônsul dos Estados Unidos em Recife, John M. Barrett, secretários de Estado e representantes do Banese e Energisa, uma das empresas que já sinalizou interesse em trabalhar conjuntamente para o processo de modernização.
Representando um investimento de cerca de US$ 600 mil (mais de R$ 2,3 milhões), que serão financiados pela USTDA, sem custos para o estado, os projetos preveem a implantação de uma rede de banda larga de alta velocidade e um ambiente mais seguro de armazenamento de dados da Rede Governo (Data Center). "Nós vamos abranger os 75 municípios com o cabo ótico institucional do governo para que possamos levar banda larga para as escolas, para os postos de saúde e na área de segurança pública. É um upgrade em tudo que o governo faz", explicou o diretor-presidente da Emgetis, Ézio Faro.
Ainda de acordo com Ézio, atualmente, o governo de Sergipe, juntamente com os parceiros Tribunal de Justiça e Rede Começo, possui, em Aracaju, 120 km de rede de fibra óptica, levando internet de alta velocidade a 55 unidades governamentais. A partir desses projetos, esta rede será ampliada, alcançando todos os municípios sergipanos, conectados por mais de 800 km de fibra óptica, beneficiando as áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública.
Com o objetivo de promover o desenvolvimento do estado, a modernização garantirá uma melhor qualidade na prestação dos serviços ofertados à população. "O primeiro passo foi dado. A partir de agora, é fazer isso se tornar realidade. Temos equipes buscando projetos existentes para que possamos 'peregrinar' por diversas instituições e por em prática ações concretas, ações de interesse do desenvolvimento de Sergipe. Não é fácil, mas será importante, teremos que investir em torno de R$ 30 milhões para ver todo esse projeto implantado no estado. Estamos num momento de busca constante de otimização e modernização da nossa máquina administrativa, e o passo que tem que ser dado é pensando, planejando para que a gente possa executar. Quero agradecer ao Cônsul pelo apoio. É sempre positivo estreitar, cada vez mais, essa relação", destacou Belivaldo.

Parcerias que geram economia - O Cônsul Geral dos Estados Unidos em Recife, John M. Barrett, ressaltou a boa relação com todos os estados nordestinos e a satisfação em concretizar a parceria com o governo de Sergipe. "O trabalho que Sergipe tem desenvolvido mostra que o estado busca tornar-se uma referência nesse setor. É muito importante que governos estaduais estejam organizados com o objetivo de promover um maior avanço da sua infraestrutura e capacidade técnica nessa área. A cooperação entre a USTDA e a Emgetis é um ótimo exemplo de como nossos governos podem trabalhar em cooperação para avançar projetos de interesse mútuo, que agregam a criação de empregos e qualidade de vida em nossos países".