Polícia elucida morte de adolescente em Umbaúba

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 23/03/2019 às 06:24:00

 

Policiais civis de Umbaúba e Itabaianinha (Sul) deflagraram ontem uma operação que resultou na prisão de Helenilson Ferreira Lima, um dos autores de um homicídio praticado em 2016. As equipes continuam as buscas para localizar José Alisson Souza Silveira, conhecido como "Alisson Malenguê", que é apontado como mandante de outro crime contra um policial civil.
De acordo com as equipes, Helenilson é apontado como os autores do homicídio que vitimou um adolescente de 16 anos. Segundo as investigações, ele e outros comparsas sequestraram a vítima e a mataram com requintes de crueldade. Nesse crime, José Alisson também é investigado.
Além dessa ação criminosa, José Alisson, que encontra-se foragido, é suspeito de ter ordenado a execução de um policial civil, na cidade de Itabaianinha, no ano de 2016. As buscas continuam para localizá-lo. A população também pode contribuir com informações sobre acusados de crimes e elucidação de crimes por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181; ou pelo aplicativo Disque-Denúncia SE.

Policiais civis de Umbaúba e Itabaianinha (Sul) deflagraram ontem uma operação que resultou na prisão de Helenilson Ferreira Lima, um dos autores de um homicídio praticado em 2016. As equipes continuam as buscas para localizar José Alisson Souza Silveira, conhecido como "Alisson Malenguê", que é apontado como mandante de outro crime contra um policial civil.
De acordo com as equipes, Helenilson é apontado como os autores do homicídio que vitimou um adolescente de 16 anos. Segundo as investigações, ele e outros comparsas sequestraram a vítima e a mataram com requintes de crueldade. Nesse crime, José Alisson também é investigado.
Além dessa ação criminosa, José Alisson, que encontra-se foragido, é suspeito de ter ordenado a execução de um policial civil, na cidade de Itabaianinha, no ano de 2016. As buscas continuam para localizá-lo. A população também pode contribuir com informações sobre acusados de crimes e elucidação de crimes por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181; ou pelo aplicativo Disque-Denúncia SE.