Paraná e São Paulo são campeões brasileiros de Basquete

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A equipe do Colégio Amorim-SP, sagrou-se campeã do Brasileiro Escolar de Basquetebol masculino e vai representar o Brasil no Mundial da Grécia em abril
A equipe do Colégio Amorim-SP, sagrou-se campeã do Brasileiro Escolar de Basquetebol masculino e vai representar o Brasil no Mundial da Grécia em abril

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/03/2019 às 14:43:00

 

A equipe do Colégio Amorim de São Paulo e do Colégio Semeador do Paraná, são respectivamente os campeões brasileiros masculino e feminino escolar de basquetebol. A competição que reuniu 28 equipes masculinas e 25 femininas foi realizada em Brasília-DF. Sergipe foi representado pelas equipes masculina e feminina do Colégio Amadeus. No masculino, Sergipe ficou em 24º. e no feminino foi o 16º. na classificação geral.
Com o título de campeão, o Colégio Amorim-SP e o Colégio Semeador-PR serão os representantes do Brasil no Campeonato Mundial Escolar de Basquetebol, que será disputado no período de 12 a 21 de abril, em Heraclion, na Grécia.
As partidas finais que consagraram os dois campeões invictos, foram realizadas nesta quinta-feira (14) em Brasília. O primeiro jogo final foi o feminino entre São Paulo e Paraná. Vitória da equipe paranaense por 60 a 51. 
No masculino o confronto foi entre São Paulo, também representado por alunos do Colégio Amorim e Pernambuco, representado pelo Colégio Salesiano Sagrado Coração. A equipe pernambucana não conseguiu deter a rapidez e organização dos paulistas e com isso, foi derrotada por 107 a 46.
Na Série Prata, o Centro Educacional de Santa Catarina, enfrentou o Colégio Sinodal Tiradentes, do Rio Grande do Sul, pelo feminino. Numa partida equilibrada definida nos minutos finais, a equipe catarinense venceu o jogo por 51 a 47 e com isso conquistou a medalha de ouro. 
No masculino o confronto foi entre Santa Catarina e Rondônia. Os alunos do Instituto Estadual de Educação-SC fizeram um jogo duríssimo contra a equipe da Escola Estadual Alvares de Azevedo-RO. A equipe de Santa Catarina venceu o jogo por 72 a 58, garantindo assim o ouro na Série Prata. 
Na Série Bronze a equipe do Instituto Batista de Roraima tinha uma árdua missão: enfrentar as donas da casa. Com o fator "torcida" ao lado e com um time de altíssimo nível, o Distrito Federal, representado pelo Colégio Marista venceu o confronto por 48 a 19. Com a vitória, conquistou a medalha de ouro para a alegria da torcida que compareceu e não parou em nenhum momento de incentivá-las. 
Já no masculino a disputa pelo ouro na Série Bronze foi entre o Colégio Batista, de Minas Gerais, contra os alunos do Colégio Estadual Frentino Sackser, do Paraná. O time paranaense não cometia erros, facilitando assim sua vitória e a conquista do ouro ao vencer o jogo por 63 a 41. 

A equipe do Colégio Amorim de São Paulo e do Colégio Semeador do Paraná, são respectivamente os campeões brasileiros masculino e feminino escolar de basquetebol. A competição que reuniu 28 equipes masculinas e 25 femininas foi realizada em Brasília-DF. Sergipe foi representado pelas equipes masculina e feminina do Colégio Amadeus. No masculino, Sergipe ficou em 24º. e no feminino foi o 16º. na classificação geral.
Com o título de campeão, o Colégio Amorim-SP e o Colégio Semeador-PR serão os representantes do Brasil no Campeonato Mundial Escolar de Basquetebol, que será disputado no período de 12 a 21 de abril, em Heraclion, na Grécia.
As partidas finais que consagraram os dois campeões invictos, foram realizadas nesta quinta-feira (14) em Brasília. O primeiro jogo final foi o feminino entre São Paulo e Paraná. Vitória da equipe paranaense por 60 a 51. 
No masculino o confronto foi entre São Paulo, também representado por alunos do Colégio Amorim e Pernambuco, representado pelo Colégio Salesiano Sagrado Coração. A equipe pernambucana não conseguiu deter a rapidez e organização dos paulistas e com isso, foi derrotada por 107 a 46.
Na Série Prata, o Centro Educacional de Santa Catarina, enfrentou o Colégio Sinodal Tiradentes, do Rio Grande do Sul, pelo feminino. Numa partida equilibrada definida nos minutos finais, a equipe catarinense venceu o jogo por 51 a 47 e com isso conquistou a medalha de ouro. 
No masculino o confronto foi entre Santa Catarina e Rondônia. Os alunos do Instituto Estadual de Educação-SC fizeram um jogo duríssimo contra a equipe da Escola Estadual Alvares de Azevedo-RO. A equipe de Santa Catarina venceu o jogo por 72 a 58, garantindo assim o ouro na Série Prata. 
Na Série Bronze a equipe do Instituto Batista de Roraima tinha uma árdua missão: enfrentar as donas da casa. Com o fator "torcida" ao lado e com um time de altíssimo nível, o Distrito Federal, representado pelo Colégio Marista venceu o confronto por 48 a 19. Com a vitória, conquistou a medalha de ouro para a alegria da torcida que compareceu e não parou em nenhum momento de incentivá-las. 
Já no masculino a disputa pelo ouro na Série Bronze foi entre o Colégio Batista, de Minas Gerais, contra os alunos do Colégio Estadual Frentino Sackser, do Paraná. O time paranaense não cometia erros, facilitando assim sua vitória e a conquista do ouro ao vencer o jogo por 63 a 41.