Georgeo: \"bens apreendidos por crime de lavagem devem ir para todos os órgãos de Segurança Pública\"

Política


 

O deputado estadual Georgeo Passos, Rede, usou o pequeno expediente da sessão plenária desta quarta-feira para defender mudanças no Projeto de Lei nº 39/2019, que pretende regulamentar a destinação de bens apreendidos por crimes de lavagem de dinheiro para os órgãos que integram a Polícia Civil de Sergipe.
O PL é de autoria do Poder Executivo. O deputado sugeriu que fosse feita uma emenda ou mesmo um substitutivo ao texto da matéria para que esses bens apreendidos sejam destinados para todos os órgãos da Secretaria de Estado da Segurança Pública. "Não é certo que somente a Polícia Civil seja beneficiada" argumentou.
"A PC faz um grande trabalho e todos nós reconhecemos isso. Mas é mais justo e ideal que esse benefício não fique restrito somente a Civil, sendo repassados para outros órgãos como a Cogerp, Polícia Militar e os Bombeiros Militares. Todos estão envolvidos na área de segurança e merecem esse apoio", analisou.

O deputado estadual Georgeo Passos, Rede, usou o pequeno expediente da sessão plenária desta quarta-feira para defender mudanças no Projeto de Lei nº 39/2019, que pretende regulamentar a destinação de bens apreendidos por crimes de lavagem de dinheiro para os órgãos que integram a Polícia Civil de Sergipe.
O PL é de autoria do Poder Executivo. O deputado sugeriu que fosse feita uma emenda ou mesmo um substitutivo ao texto da matéria para que esses bens apreendidos sejam destinados para todos os órgãos da Secretaria de Estado da Segurança Pública. "Não é certo que somente a Polícia Civil seja beneficiada" argumentou.
"A PC faz um grande trabalho e todos nós reconhecemos isso. Mas é mais justo e ideal que esse benefício não fique restrito somente a Civil, sendo repassados para outros órgãos como a Cogerp, Polícia Militar e os Bombeiros Militares. Todos estão envolvidos na área de segurança e merecem esse apoio", analisou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS