Preso acusado de extorquir comerciantes e fazendeiros em Poço Redondo

Cidades

 

Policiais Militares da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) e da Agência de Inteligência da instituição; com o apoio de agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), prenderam Márcio Vieira dos Santos, conhecido como "Marcinho", acusado de extorsão e formação de quadrilha. A prisão ocorreu no povoado Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo.
De acordo com o delegado Dernival Eloi, diretor do Cope, Márcio era responsável por fazer contatos com os comerciantes e fazendeiros do povoado. Além disso, o acusado também pegava o dinheiro e depositava nas contas de demais integrantes de um grupo criminoso. 
Segundo as informações apuradas no processo investigativo, realizado em conjunto com o Ministério Público da Comarca de Poço Redondo, a quadrilha cobrava das vítimas valores entre R$ 500 e R$ 5 mil para que não ocorressem roubos aos donos das propriedades ou nos locais, intimidando as vítimas. Márcio foi preso e encaminhado ao Cope, onde ficará à disposição da Justiça.

Policiais Militares da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac) e da Agência de Inteligência da instituição; com o apoio de agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), prenderam Márcio Vieira dos Santos, conhecido como "Marcinho", acusado de extorsão e formação de quadrilha. A prisão ocorreu no povoado Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo.
De acordo com o delegado Dernival Eloi, diretor do Cope, Márcio era responsável por fazer contatos com os comerciantes e fazendeiros do povoado. Além disso, o acusado também pegava o dinheiro e depositava nas contas de demais integrantes de um grupo criminoso. 
Segundo as informações apuradas no processo investigativo, realizado em conjunto com o Ministério Público da Comarca de Poço Redondo, a quadrilha cobrava das vítimas valores entre R$ 500 e R$ 5 mil para que não ocorressem roubos aos donos das propriedades ou nos locais, intimidando as vítimas. Márcio foi preso e encaminhado ao Cope, onde ficará à disposição da Justiça.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS