Bombeiros continuam buscas por pescador desaparecido em rio

Cidades

 

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar seguem intensificando as buscas pelo paradeiro do pescador Valmir Barreto, 42 anos, que está desaparecido desde a manhã da última terça-feira, 06, quando a embarcação em que estava com respectiva esposa, Estela dos Santos Santana, 31, virou no Rio Sergipe na região que fica próxima ao Rio Vaza-Barris, em Aracaju. Conforme informações apresentadas por Estrela, no momento do naufrágio Valmir conseguiu conduzir a esposa até o litoral quando decidiu retornar até o local do acidente na perspectiva de salvar a embarcação. Desde aquele instante o pescador sumiu e até o final da tarde de ontem não havia sido encontrado.
Após pausa durante a madrugada, no início da manhã de ontem o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros (Gmar), intensificou as buscas nas intermediações da ponte Aracaju/Barra dos Coqueiros, e do bairro Coroa do Meio. De acordo com o coronel Hector Monteiro, comandante do Gmar, a perspectiva da corporação é permanecer com as buscas por tempo indeterminado. O problema é que a previsão do tempo para os próximos dias tem gerado preocupação aos amigos e familiares. Os últimos registros meteorológicos indicam possibilidade de tempo nublado e chuvas moderadas até o próximo sábado, 10. (Milton Alves Júnior)

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar seguem intensificando as buscas pelo paradeiro do pescador Valmir Barreto, 42 anos, que está desaparecido desde a manhã da última terça-feira, 06, quando a embarcação em que estava com respectiva esposa, Estela dos Santos Santana, 31, virou no Rio Sergipe na região que fica próxima ao Rio Vaza-Barris, em Aracaju. Conforme informações apresentadas por Estrela, no momento do naufrágio Valmir conseguiu conduzir a esposa até o litoral quando decidiu retornar até o local do acidente na perspectiva de salvar a embarcação. Desde aquele instante o pescador sumiu e até o final da tarde de ontem não havia sido encontrado.
Após pausa durante a madrugada, no início da manhã de ontem o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros (Gmar), intensificou as buscas nas intermediações da ponte Aracaju/Barra dos Coqueiros, e do bairro Coroa do Meio. De acordo com o coronel Hector Monteiro, comandante do Gmar, a perspectiva da corporação é permanecer com as buscas por tempo indeterminado. O problema é que a previsão do tempo para os próximos dias tem gerado preocupação aos amigos e familiares. Os últimos registros meteorológicos indicam possibilidade de tempo nublado e chuvas moderadas até o próximo sábado, 10. (Milton Alves Júnior)

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS