Pré-candidatos sem vice

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O deputado federal Valadares Filho (PSB) foi ontem à tribuna da Câmara protestar contra os preços dos combustíveis. Enfatizou que os aumentos desencadeiam uma série de aumentos para o contribuinte como medicamentos, alimentos e utensílios domésticos, em r
O deputado federal Valadares Filho (PSB) foi ontem à tribuna da Câmara protestar contra os preços dos combustíveis. Enfatizou que os aumentos desencadeiam uma série de aumentos para o contribuinte como medicamentos, alimentos e utensílios domésticos, em r

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 24/05/2018 às 06:05:00

 

Nas eleições deste ano o atual cená-
rio político mostra definições de 
pré-candidatos ao governo e ao Senado, mas nada sobre os pré-candidatos a vice-governador.
Já temos hoje sete pré-candidatos a governador: Belivaldo Chagas (PSD), Eduardo Amorim (PSDB), Dr. Emerson  (Rede), João Tarantella (Patriota), Márcio Souza (Psol), Mendonça Prado (DEM) e Valadares Filho (PSB).
Para o Senado, apenas alguns desses pré-candidatos já fecharam os dois nomes.  Na chapa de Belivaldo os nomes ao Senado são Jackson Barreto (MDB) e Rogério Carvalho (PT); na chapa de Eduardo os nomes são André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB); são os pré-candidatos de Márcio a senador Jossimário Mick e Sônia Meire, ambos do Psol.
Dr. Emerson, até o momento, só tem um nome definido para o Senado: o delegado Alessandro Vieira, que também é da Rede. O seu nome foi lançado na última segunda-feira, durante evento no auditório da CDL. Tarantella também tem uma pré-candidata ao Senado, a vereadora Emília Correia (Patriota).
Valadares Filho ainda não fechou nenhum nome na chapa majoritária, mas as conversas continuam ocorrendo. Tudo caminha para que tenha como um dos candidatos ao Senado o presidente da OAB/SE, Henry Clay, que anteontem se licenciou do cargo para poder trabalhar seu nome nesse novo projeto.  Não está descartada, ainda, que o senador Valadares vá para a reeleição.
Mendonça Prado também está sem definição de nomes na chapa majoritária, tanto para o Senado quanto para a vice.
A única coisa em comum desses sete pré-candidatos a governador, faltando pouco mais de quatro meses para as eleições, é que nenhum deles tem definido o seu vice.
Belivaldo Chagas sonha em ter Eliane Aquino (PT) como vice e Eduardo Amorim em ter Valadares Filho como vice. A deputada estadual Silvia Fontes (PDT) ainda empolgada em ser vice, mediante o interesse de alguns pré-candidatos, a exemplo de Belivaldo e Eduardo, já terem externado a vontade de ter uma mulher como vice.
Com a definição de quase todo o time, com a escalação dos pré-candidatos ao governo e ao Senado, o foco agora nessa reta final de pré-campanha será a escolha do vice que pode fazer a diferença quando começar o campeonato eleitoral. É por isso que o vice não pode e não deve ser qualquer um, tem que chegar para somar.
Resta saber agora se haverá algum "racha" na escolha do vice, como ocorreu na do Senado no agrupamento político de Belivaldo Chagas, quando o PRB deixou os aliados de sempre para ir para a oposição por uma vaga de senador.

Nas eleições deste ano o atual cená- rio político mostra definições de  pré-candidatos ao governo e ao Senado, mas nada sobre os pré-candidatos a vice-governador.
Já temos hoje sete pré-candidatos a governador: Belivaldo Chagas (PSD), Eduardo Amorim (PSDB), Dr. Emerson  (Rede), João Tarantella (Patriota), Márcio Souza (Psol), Mendonça Prado (DEM) e Valadares Filho (PSB).
Para o Senado, apenas alguns desses pré-candidatos já fecharam os dois nomes.  Na chapa de Belivaldo os nomes ao Senado são Jackson Barreto (MDB) e Rogério Carvalho (PT); na chapa de Eduardo os nomes são André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB); são os pré-candidatos de Márcio a senador Jossimário Mick e Sônia Meire, ambos do Psol.
Dr. Emerson, até o momento, só tem um nome definido para o Senado: o delegado Alessandro Vieira, que também é da Rede. O seu nome foi lançado na última segunda-feira, durante evento no auditório da CDL. Tarantella também tem uma pré-candidata ao Senado, a vereadora Emília Correia (Patriota).
Valadares Filho ainda não fechou nenhum nome na chapa majoritária, mas as conversas continuam ocorrendo. Tudo caminha para que tenha como um dos candidatos ao Senado o presidente da OAB/SE, Henry Clay, que anteontem se licenciou do cargo para poder trabalhar seu nome nesse novo projeto.  Não está descartada, ainda, que o senador Valadares vá para a reeleição.
Mendonça Prado também está sem definição de nomes na chapa majoritária, tanto para o Senado quanto para a vice.
A única coisa em comum desses sete pré-candidatos a governador, faltando pouco mais de quatro meses para as eleições, é que nenhum deles tem definido o seu vice.
Belivaldo Chagas sonha em ter Eliane Aquino (PT) como vice e Eduardo Amorim em ter Valadares Filho como vice. A deputada estadual Silvia Fontes (PDT) ainda empolgada em ser vice, mediante o interesse de alguns pré-candidatos, a exemplo de Belivaldo e Eduardo, já terem externado a vontade de ter uma mulher como vice.
Com a definição de quase todo o time, com a escalação dos pré-candidatos ao governo e ao Senado, o foco agora nessa reta final de pré-campanha será a escolha do vice que pode fazer a diferença quando começar o campeonato eleitoral. É por isso que o vice não pode e não deve ser qualquer um, tem que chegar para somar.
Resta saber agora se haverá algum "racha" na escolha do vice, como ocorreu na do Senado no agrupamento político de Belivaldo Chagas, quando o PRB deixou os aliados de sempre para ir para a oposição por uma vaga de senador.

 

Opção pelo PSB

O presidente licenciado da OAB/SE, Henry Clay (PPL), vem conversando com a Rede e o PSB sobre a possibilidade de concorrer ao Senado na chapa dos dois partidos. Mas, como a coluna já informou, ele deve mesmo fechar entendimento com o pré-candidato a governador Valadares Filho (PSB) desde quando o senador Valadares não concorra à reeleição. Agora é aguardar os acontecimentos.

 

Mais uma

No último dia 17 de maio o Instituto Única entrou com pedido de registro de pesquisa eleitoral no TRE, para governador, senador, deputado federal e deputado estadual. A pesquisa, com data de divulgação para o dia 23, entrevistou 1.600 pessoas na capital e interior. Foi a quarta pesquisa realizada no tribunal neste mês. Haja pesquisa!  

 

Calendário de pagamento 

Ontem, durante Papo Reto, o governador Belivaldo Chagas (PSD) disse que está trabalhando com a expectativa de ter um calendário de pagamento do servidor público, aposentado e pensionista que não passe do dia 12, sempre antecipando quando puder.  Enfatizou que também trabalha para efetuar até o meio do ano a primeira parcela do 13º salário.

 

Fafen

Reuniões com relação a hibernação da Fafen em Sergipe e na Bahia continuam ocorrendo com atores dos dois Estados e representantes da Petrobras. Hoje mesmo, em Salvador, o secretário José Augusto (Desenvolvimento Econômico) e o presidente da Codise, José Matos Lima Filho, estarão participando de reuniões com representantes do governo da Bahia e da Petrobras.

 

Em Sergipe

O ministro Sérgio Sá Leitão (Cultura) estará em Sergipe nessa sexta-feira para cumprir uma vasta agenda a convite do deputado federal André Moura (PSC), líder do governo no Congresso.  Entre os compromissos, a assinatura do termo de liberação das verbas asseguradas pelo parlamentar junto ao Governo Federal para a realização dos festejos juninos em vários municípios sergipanos no valor de R$ 16 milhões, sendo R$ 4 milhões somente para o Forró Caju e forró nos bairros.

 

Albano com PRB 1

O ex-governador Albano Franco (PSDB), que já declarou apoio a André Moura (PSC) para o Senado deve votar também em Heleno Silva (PRB) para senador. Heleno está divulgando vídeo nas redes sociais com o tucano declarando que ele e o deputado federal Jony Marcos são pessoas que ajudam Sergipe.  

 

Albano com PRB 2

Enfatiza Albano no vídeo: "Heleno e Jony são pessoas que ajudam Sergipe. Sou testemunha, pois tive a honra de ter Heleno como secretário da Agricultura. O Pró-Leite foi ideia dele, nenhum secretário da Agricultura fez o que Heleno fez. Se credencia nessa eleição pelo trabalho prestado a Sergipe, pela imagem de homem digno e competente. E o deputado Jony é respeitado pelo trabalho que faz na Câmara dos Deputados".

 

Efeito do protesto 1

A correta greve dos caminhoneiros autônomos, que chega hoje ao quarto dia em protesto contra os recentes aumentos nos preços dos combustíveis, já está tendo impactos na oferta de produtos e serviços comuns no dia a dia dos brasileiros, como alimentos, combustíveis, cartas e transporte público. Em alguns estados já está faltando etanol, teve a suspensão de voos nos aeroportos e redução de ônibus coletivo circulando.

 

Efeito do protesto 2

Já ocorreu a redução na produção de veículo por falta de componentes para montagem e foi paralisado o processamento de carnes de frango e suína do em 78 unidades pelo país, de acordo com a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal). A população pode ficar sem carne, frutas e verduras pela falta de transporte para levar esses alimentos até o consumidor. E os paneleiros continuam sem bater panelas contra os constantes aumentos dos combustíveis no governo Temer!   

 

Licença

O governador Belivaldo Chagas irá afastar-se do governo, entre os dias 30 de maio e 04 de junho, para fazer exames de revisão de um procedimento cirúrgico realizado em abril de 2017. Os exames serão realizados em São Paulo e o governador reassume a função no dia 04 de junho. Em abril de 2017, Belivaldo retirou três sinais de carcinoma basocelulares benignos e deveria ter se submetido a exames revisionais de rotina após seis meses, o que não ocorreu. Agora, passado pouco mais de um ano, ele irá realizar o exame denominado 'Dermatoscopia Digital do corpo total', em São Paulo, pois esse procedimento não é realizado em Sergipe. 

 

Interino

Durante esse período, assume interinamente a administração estadual o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, o desembargador Cezário Siqueira Neto, já que o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo, não poderá assumir o comando do Executivo Estadual por motivos eleitorais.

 

Veja essa...

Do vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, com relação aos abusivos aumentos no preço dos combustíveis no governo Michel Temer: "Temer em dois anos de golpe aumentou a gasolina 121 vezes e tornou nosso país com a segunda gasolina mais cara do mundo. Esse é o modelo que serve o mercado e não olha para o povo, basta comparar os 12 anos de Lula e Dilma para notar a diferença". Ressalta que nos 12 anos de governo Lula/Dilma a gasolina subiu apenas 28% e nos dois anos de Temer 69%.

 

...e essa...

Do presidente estadual do PT, Rogério Carvalho: "Temer em dois anos de golpe aumentou a gasolina 121 vezes e tornou nosso país com a segunda gasolina mais cara do mundo. Esse é o modelo que serve o mercado e não olha para o povo, basta comparar os 12 anos de Lula e Dilma para notar a diferença".

 

Curtas

Vários prefeitos de Sergipe participam em Brasília da 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

 

Na pauta desta edição a atualização dos programas federais pelo índice oficial de inflação; as novas regras para os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS); o debate sobre os pisos salariais do magistério e dos agentes comunitários de saúde e combate a endemias; obras paralisadas.

 

Nos últimos dois dias o deputado André Moura atendeu uma comitiva de 16 prefeitos sergipanos que estão em Brasília para a Marcha dos Prefeitos. Eles procuraram o parlamentar pleiteando a liberação de recursos e elaboração de propostas para os municípios.

 

Belivaldo Chagas garantiu ontem a realização do Forró da Orla de Atalaia, visando manter a tradição dos festejos juninos em Aracaju.

 

Foi lançada ontem à tarde, no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar Mista de Enfrentamento às Fake News. Coordenada pelo deputado Márcio Marinho (PRB-BA), a frente já reúne 218 deputados e 11 senadores.