Mulher espanca o filho com vassoura por causa de R$ 4

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/05/2018 às 05:28:00

 

Uma mulher de 27 anos foi presa nesta segunda-feira no Conjunto Fernando Collor, emNossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), depois de espancar o próprio filho de 10 anos com golpes de uma vassoura de palha. O caso foi denunciado à polícia pelos vizinhos, que ficaram chocados tanto com a violência das agressões quanto pelo motivo alegado pela acusada: o sumiço de R$ 4 em dinheiro. A mulher, que trabalha em um restaurante, acusava o filho de ter pego o dinheiro e o perdido na rua. 
O menino foi atendido com várias escoriações na cabeça, nas costas, no rosto e no braço, tendo levado ainda chutes e tapas. De acordo com a delegada Maria Socorro Carvalho, do Departamento de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV) a mulher ainda estava batendo no filho quando uma equipe da Polícia Militar chegou ao local. Ela chegou a tentar fugir, mas foi alcançada. A delegada confirmou que, segundo testemunhas, a criança de 10 anos já apanhava da mãe por outras vezes e as surras também costumavam ser violentas. 
A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Nossa Senhora do Socorro, depois de ter passado por atendimento médico e exames de corpo delito no Instituto Médico-Legal (IML). A mulher detida foi autuada em flagrante por maus-tratos e poderá perder a guarda definitiva do menino, a depender de uma decisão do juízo da Comarca de Socorro. Ela tem outras duas filhas pequenas e o pai, segundo informações da polícia, cumpre pena em um presídio. 

Uma mulher de 27 anos foi presa nesta segunda-feira no Conjunto Fernando Collor, emNossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju), depois de espancar o próprio filho de 10 anos com golpes de uma vassoura de palha. O caso foi denunciado à polícia pelos vizinhos, que ficaram chocados tanto com a violência das agressões quanto pelo motivo alegado pela acusada: o sumiço de R$ 4 em dinheiro. A mulher, que trabalha em um restaurante, acusava o filho de ter pego o dinheiro e o perdido na rua. 
O menino foi atendido com várias escoriações na cabeça, nas costas, no rosto e no braço, tendo levado ainda chutes e tapas. De acordo com a delegada Maria Socorro Carvalho, do Departamento de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV) a mulher ainda estava batendo no filho quando uma equipe da Polícia Militar chegou ao local. Ela chegou a tentar fugir, mas foi alcançada. A delegada confirmou que, segundo testemunhas, a criança de 10 anos já apanhava da mãe por outras vezes e as surras também costumavam ser violentas. 
A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Nossa Senhora do Socorro, depois de ter passado por atendimento médico e exames de corpo delito no Instituto Médico-Legal (IML). A mulher detida foi autuada em flagrante por maus-tratos e poderá perder a guarda definitiva do menino, a depender de uma decisão do juízo da Comarca de Socorro. Ela tem outras duas filhas pequenas e o pai, segundo informações da polícia, cumpre pena em um presídio.