Homem procurado por assalto é preso no Batistão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 16/04/2018 às 23:31:00

 

Um foragido da Justiça foi preso neste sábado dentro da Arena Batistão, em plena final do Campeonato Sergipano de Futebol, acabou virando um pesadelo. Thieres Santos da Rocha, 24 anos, foi encontrado por policiais civis infiltrados na torcida do Sergipe e estava com a prisão preventiva decretada pela Comarca de Nossa Senhora das Dores (Sertão).
Segundo a polícia, o suspeito tinha roubado um veículo, carregado de ovos, no dia 24 de fevereiro, em Siriri. Durante o roubo, eles usaram armas de fogo para retirar o veículo das vítimas e chegaram a trocar tiros com policiais militares. O acusado foi reconhecido por fotografias e identificado no meio de uma torcida organizada do Sergipe. Thierres não reagiu à prisão e colaborou com os policiais. 
A ação da Delegacia da cidade e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior teve o apoio tático da Rádio Patrulha e Batalhão de Choque da Polícia Militar. As investigações continuam sob a coordenação do delegado Marcos Garcia. Informações sobre foragidos ou práticas criminosas podem ser passadas através do telefone 181. 

Um foragido da Justiça foi preso neste sábado dentro da Arena Batistão, em plena final do Campeonato Sergipano de Futebol, acabou virando um pesadelo. Thieres Santos da Rocha, 24 anos, foi encontrado por policiais civis infiltrados na torcida do Sergipe e estava com a prisão preventiva decretada pela Comarca de Nossa Senhora das Dores (Sertão).
Segundo a polícia, o suspeito tinha roubado um veículo, carregado de ovos, no dia 24 de fevereiro, em Siriri. Durante o roubo, eles usaram armas de fogo para retirar o veículo das vítimas e chegaram a trocar tiros com policiais militares. O acusado foi reconhecido por fotografias e identificado no meio de uma torcida organizada do Sergipe. Thierres não reagiu à prisão e colaborou com os policiais. 
A ação da Delegacia da cidade e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior teve o apoio tático da Rádio Patrulha e Batalhão de Choque da Polícia Militar. As investigações continuam sob a coordenação do delegado Marcos Garcia. Informações sobre foragidos ou práticas criminosas podem ser passadas através do telefone 181.