Projeto Realizadores destaca Centenário de Nascimento do ex-deputado Pedro Barreto de Andrade

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Aspecto da homenagem pelo centenário do ex-deputado Pedro Barreto de Andrade
Aspecto da homenagem pelo centenário do ex-deputado Pedro Barreto de Andrade

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/04/2018 às 06:31:00

 

Durante Sessão Especial no final da tarde segunda-feira,  o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado Luciano Bispo (MDB), realizou em parceria com a Academia Sergipana de Letras, mais uma edição do Projeto Realizadores Marcando História, prestando homenagem póstuma pela passagem do Centenário de Nascimento do ex-deputado Pedro Barreto de Andrade.
Conhecido como "Cidadão Realizador", o homenageado se destacou pela sua atuação nos cargos e funções que exerceu e desempenhou, bem como, pelo seu caráter, pela sua conduta moral e pela sua postura ética e política.
"Hoje aqui estou a me incluir no tempo, para lembrar do homem que foi o meu pai, de suas lições sobre seriedade e honestidade. Foi um homem que ensinou o caminho certo aos seus filhos. Estamos aqui a testemunhar o reconhecimento público ao seu trabalho e para nós, o nosso especial agradecimento à esta Casa e ao querido e carismático deputado Luciano Bispo", destaca Pedrito Barreto.
O presidente Luciano Bispo falou sobre a satisfação em prestar a homenagem pelo centenário de nascimento de Pedro Barreto de Andrade.
"A Assembleia criou junto com a Academia de Letras, esse projeto visando homenagear as pessoas que muito fizeram por Sergipe e os políticos. Pedro Barreto de Andrade, que dá nome ao plenário desta Casa, foi um homem de várias posições, tinha posição política e palavra empenhada. Antes de dar a palavra pensava e fazia isso com muito entusiasmo. Nós estamos felizes em homenagear Pedro Barreto de Andrade. A vocês que fazem a família, meus parabéns", ressalta.
Pedro Barreto de Andrade nasceu em Simão Dias, fez o curso primário no Colégio Santa Inês em Capela, o curso ginasial, no Colégio Salesiano em Aracaju, transferindo-se para Salvador. Retornou a Sergipe, trabalhando com representante de remédios; ingressou na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.
Foi promotor público de Itabaiana,  chefe da Polícia do Estado de Sergipe, professor de Direito da Faculdade de Ciências Econômicas de Sergipe, deputado estadual por três legislaturas, sócio do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) e secretário de Estado da Segurança Pública no Governo de Augusto Franco. Morreu no dia 14 de setembro de 1984.

Durante Sessão Especial no final da tarde segunda-feira,  o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), deputado Luciano Bispo (MDB), realizou em parceria com a Academia Sergipana de Letras, mais uma edição do Projeto Realizadores Marcando História, prestando homenagem póstuma pela passagem do Centenário de Nascimento do ex-deputado Pedro Barreto de Andrade.
Conhecido como "Cidadão Realizador", o homenageado se destacou pela sua atuação nos cargos e funções que exerceu e desempenhou, bem como, pelo seu caráter, pela sua conduta moral e pela sua postura ética e política.
"Hoje aqui estou a me incluir no tempo, para lembrar do homem que foi o meu pai, de suas lições sobre seriedade e honestidade. Foi um homem que ensinou o caminho certo aos seus filhos. Estamos aqui a testemunhar o reconhecimento público ao seu trabalho e para nós, o nosso especial agradecimento à esta Casa e ao querido e carismático deputado Luciano Bispo", destaca Pedrito Barreto.
O presidente Luciano Bispo falou sobre a satisfação em prestar a homenagem pelo centenário de nascimento de Pedro Barreto de Andrade.
"A Assembleia criou junto com a Academia de Letras, esse projeto visando homenagear as pessoas que muito fizeram por Sergipe e os políticos. Pedro Barreto de Andrade, que dá nome ao plenário desta Casa, foi um homem de várias posições, tinha posição política e palavra empenhada. Antes de dar a palavra pensava e fazia isso com muito entusiasmo. Nós estamos felizes em homenagear Pedro Barreto de Andrade. A vocês que fazem a família, meus parabéns", ressalta.
Pedro Barreto de Andrade nasceu em Simão Dias, fez o curso primário no Colégio Santa Inês em Capela, o curso ginasial, no Colégio Salesiano em Aracaju, transferindo-se para Salvador. Retornou a Sergipe, trabalhando com representante de remédios; ingressou na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.
Foi promotor público de Itabaiana,  chefe da Polícia do Estado de Sergipe, professor de Direito da Faculdade de Ciências Econômicas de Sergipe, deputado estadual por três legislaturas, sócio do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) e secretário de Estado da Segurança Pública no Governo de Augusto Franco. Morreu no dia 14 de setembro de 1984.