Os principais roteiros da festa em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Na sexta-feira, o movimento na rodoviária ainda era pequeno
Na sexta-feira, o movimento na rodoviária ainda era pequeno

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/02/2018 às 12:07:00

Interior oferece opções para o Carnaval

Milton Alves Júnior

Durante este período de carnaval os terminais rodoviários Governador José Rollemberg Leite, zona Norte, e Governador Luiz Garcia, no Centro de Aracaju, devem registrar movimento semelhante de passageiros se comparado ao mesmo período do ano passado. Conforme perspectivas da Socicam, grupo empresarial que administra os terminais rodoviários da capital, durante os cinco dias de folia entre 35 e 40 mil pessoas devem passar por estes locais com destino a cidades do interior sergipano, bem como a estados vizinhos a exemplo da Bahia, Pernambuco e Alagoas. Para atender a alta demanda de passageiros, as empresas necessitaram incluir na escala 159 novas linhas extras.

Os principais destinos são as cidades baianas de Salvador e Paulo Afonso, Maceió (AL), além de Recife (PE). Dentro de Sergipe o paradeiro mais procurado segue sendo os municípios de Neópolis - tradicional em termos de festejos carnavalescos, Simão Dias, e as regiões litorâneas: Praias de Abaís e Saco, em Estância, Praia da Caueira em Itaporanga d'Ajuda, e Pirambu. Somente no Terminal Rodoviário Luiz Garcia (Rodoviária Velha), a direção da Socicam acredita que o aumento da procura por passagens deve subir de forma tímida; em 2016, por exemplo, registrou a emissão de 13.790 bilhetes. Esse ano a perspectiva gira em torno dos 15 mil passagens comercializadas até a próxima quarta-feira, 14.

De acordo com a promotora de vendas, Mônica Bandeira dos Santos, o movimento tem registrado evolução desde a tarde da última quinta-feira, 08, quando centenas de aracajuanos começaram a deixar a cidade com destino à capital baiana. Neste final de semana o grande fluxo de passageiros deve permanecer, e apenas amenizar entre a segunda e terça-feira. Para evitar possíveis transtornos e perdas de viagem, a Socicam solicita que todos os clientes possam se direcionar para o ponto de partida com pelo menos uma hora e meia de antecedência. Diante do aumento de pessoas circulando pelos terminais de embarque e desembarque, chegar faltando poucos minutos para a partida pode resultar em contratempos.

 "Apesar das dificuldades financeiras de muitos trabalhadores e o próprio índice de desempregados, o carnaval parece ser uma situação aquém do que podemos imaginar. Milhares de pessoas, mesmo na dificuldade, se organizam com bastante antecedência para curtir esse período e as rodovias seguem sendo o principal elo entre o aracajuano e esses polos culturais. Assim como nos aeroportos, chegar com pouco mais de uma hora de antecedência é primordial", garantiu. Paralelo aos guichês de venda de passagens, as companhias que promovem este serviço ainda dispõem da opção em realizar a compra das passagens pela internet. Neste canal é possível, inclusive, escolher o local do acento e a forma de pagamento.

Policiamento - O Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), escalou um efetivo superior a dois mil agentes da Polícia Militar para atuar durante o carnaval. Serão pelo menos 900 profissionais na capital - atuando principalmente nos locais de maior aglomeração de foliões, em especial na área do Festival Brasileiro de Ritmos Rasgadinho; e mais 1.137 policiais distribuídos no interior, com destaque maior para as praias do litoral Sul e o município de Neópolis. Durante este período as corporações: Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) e Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) estarão intensificando as fiscalizações em rodovias estaduais, com a promoção de blitzes, bloqueio e patrulhamento intensivos.

 "Nossa meta não é atrapalhar os festejos de ninguém, é apenas de evitar que motoristas imprudentes possam justamente prejudicar aqueles que estão respeitando acima de tudo as leis de trânsito. A fiscalização começou antecipadamente e segue até o próximo final de semana quando muitos foliões optam por estender o período de carnaval e somente em seguida retornar para casa", declarou a capitã Manuela, comandante do BPTran. O trabalho do policial estadual conta ainda com o apoio de agentes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, e agentes do Corpo de Bombeiros. Além de evitar acidentes, a operação visa ainda combater o tráfico de entorpecentes, transporte ilegal de armas e demais atos inconstitucionais.