Assembleia do Fisco decide manter a greve

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A assembléia do Fisco decidiu manter a paralisação
A assembléia do Fisco decidiu manter a paralisação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 09/02/2018 às 10:55:00

Em assembleia extraordinária com ato público, os auditores e auditoras de tributos decidiram manter a greve nos serviços da Secretaria da Fazenda do Estado de Sergipe (Sefaz). A assembleia foi realizada na manhã desta quinta-feira(8) no pátio da Central de Atendimento ao Cidadão (Ceac), uma das unidades da Sefaz, localizada em frente ao Ceasa Aracaju.
A categoria deflagrou greve geral no último dia 02 para cobrar do governo pagamento da folha no mês trabalhado, o fim do parcelamento de salários e ainda recomposição de índices da inflação sobre os salários.
Segundo o presidente do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco), Paulo Pedroza, "o movimento grevista está mantido porque o governo estadual não apresentou contraproposta satisfatória às reivindicações e ainda voltou a atrasar e parcelar os salários dos aposentados". Uma nova assembleia está agendada para logo depois do Carnaval, dia 15, (quinta-feira), às 15h.
Do anúncio oficial do calendário de pagamento dos salários do mês trabalhado, os servidores ativos receberão os salários no Carnaval, dia 10. Já os aposentados receberam até o valor de até R$ 4.500, também no dia 10, e o restante só no dia 22 de fevereiro. Nessa primeira parcela, para aqueles servidores que foram obrigados a contrair empréstimos do 13º salário, o Banese fará os descontos do empréstimo.