Passarela da Orla Pôr do Sol passa por reparos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A passarela foi isolada para passar por reparos. Foto: Divulgação
A passarela foi isolada para passar por reparos. Foto: Divulgação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/01/2018 às 05:49:00

No último dia 28, equipes da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict), da Defesa Civil de Aracaju e da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) realizaram uma vistoria da Orla Pôr do Sol a fim de avaliar as condições estruturais do espaço. Para evitar acidentes e iniciar alguns reparos emergenciais, a passarela foi interditada em um pequeno trecho afim de evitar incidentes.

Sem a devida manutenção em anos anteriores, o espaço sofreu com a ação do tempo. Muitas madeiras que formam a passarela, por exemplo, estavam desgastadas e algumas já nem existiam, causando, assim, risco de acidentes para frequentadores do local. “A intenção é para dar maior segurança aos turistas e frequentadores. A passarela já estava com alguns pedaços de madeira soltos e alguns pequenos acidentes já haviam ocorrido. Interditamos a parte mais crítica da passarela para que as pessoas pudessem transitar apenas nas áreas que estão com segurança”, informou o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, capitão Silvio Prado. 

Após a visita das equipes e a necessária interdição de alguns trechos mais danificados do espaço, equipes começaram a realizar, no último sábado, 30, alguns reparos no local, mas a ideia é fazer um reforma geral na Orla Pôr do Sol. “Já está prevista para janeiro uma licitação de reforma de toda a orla, logicamente, com a revitalização total da passarela que é um dos pontos que mais tem causado transtorno no local”, afirmou o capitão Silvio.

A futura reforma, contudo, será assegurada por meio de parceria com o Governo do Estado no âmbito do Prodetur, assim, os reparos realizados são apenas paliativos, como explicou o secretário da Indústria, Comércio e Turismo de Aracaju, Jorge Santana, no dia da primeira vistoria.  "Infelizmente as questões burocráticas atrasaram o início da ampla reforma que será feita nesse espaço turístico, agora prevista para ser licitada em janeiro próximo, mas não poderíamos deixar de agir, ainda que paliativamente, em favor da segurança de todos que utilizam esse importante espaço que é a Orla Pôr do Sol", ressaltou.