Crime na serra

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 14/11/2017 às 06:17:00

O crescimento da violência no país e em Sergipe é assustador. Hoje o cidadão é assaltado não somente na rua ou na sua residência, mas dentro da farmácia, do supermercado, do bar, do restaurante, do hospital, da clínica, no estacionamento do shopping, na chegada em casa, ou seja, em qualquer lugar do dia e da noite.

No último final de semana, dos 29 corpos que deram entrada no IML 15 foram de vítimas de disparos de arma de fogo e três de arma branca. Os crimes ocorreram em Aracaju, Estância, Nossa Senhora do Socorro, Lagarto, Tobias Barreto, Ribeirópolis, São Cristóvão, São Domingos e Tobias Barreto.

A insegurança é gritante e o medo de ser a próxima vítima é terrível. O aumento dos roubos e furtos, muitos com agressividade física e até com a retirada da vida, tem muito a ver com a falta de políticas públicas para conter o tráfico de drogas e armas, uma vez que a maioria desses crimes é praticado por usuários de drogas.

No último domingo, um crime chocou os sergipanos. Foi o assalto ao Parque dos Falcões, na Serra de Itabaiana, praticado por seis homens armados que fizeram os funcionários reféns, espancaram , ameaçaram de morte, trancaram em uma sala, tentaram estuprar uma mulher e levaram a renda do final de semana originaria da visita de turistas.

Como se não bastasse, os bandidos levaram cinco aves, sendo dois filhotes de gaviões, um papagaio e dois passarinhos. E ainda mataram um filhote de gavião pedrês, conhecido popularmente como gavião prateado.

A classe política se solidarizou com o ocorrido. “Me solidarizo com todas as pessoas que foram vítimas deste crime. E como biólogo, me sensibilizo pelo filhote de gavião morto, e pelas demais aves que foram levadas pelos suspeitos. O Parque dos Falcões é reduto destes animais e é um dos poucos locais do Brasil com autorização do Ibama para a realização deste tipo de trabalho”, disse o vice-presidente nacional do PT, ex-deputado federal Márcio Macedo.

Márcio disse esperar que a polícia possa encontrar as pessoas responsáveis por agredir funcionários, roubar objetos e levar a renda local, e que estes respondam pelos crimes cometidos. “Também torço pela recuperação dos animais”, frisou.

Postou o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), nas redes sociais: “Vergonha, covardia, violência gratuita e desnecessária... difícil explicar o que leva alguém a invadir um parque que devotado à preservação de aves. Mais ainda, a agredir pessoas e matar animais. Aonde vamos parar? Lamentável!”.

O senador Eduardo Amorim (PSDB) também se manifestou. “Nem mesmo uma das mais conhecidas atrações turísticas de Sergipe, o Parque dos Falcões, ficou de fora da violência que predomina no Estado. Durante o assalto acontecido ontem, 12, uma ave foi morta, cinco outras aves e dinheiro foram roubados, e funcionários foram espancados”, lamentou.

Disse ainda o senador: “O Parque dos Falcões fica localizado no Parque Nacional da Serra de Itabaiana e é o único centro de criação, multiplicação e preservação de aves de rapina da América do Sul. Lamentável o fato que aconteceu. A insegurança está em todos os lugares de Sergipe”.

Que a polícia consiga prender logo esses criminosos e que a Justiça não solte, pois, infelizmente, para agravar ainda mais o índice de violência no país a polícia está “enxugando gelo” já que a justiça manda soltar boa parte dos bandidos presos pelos policiais.

...............................................................................................................

 

Cobrando providências

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luciano Bispo (PMDB), disse ontem que já esteve com o secretário João Eloy (Segurança Pública), com o comandante da Polícia Militar e policiais encarregados das investigações tratando do crime ocorrido no domingo no Parque dos Falcões. “A sociedade sergipana exige providências imediatas para prender esses marginais. Um coisa absurda fizeram com o Percílio [fundador do Parque dos Falcões, Percílio Mendonça] e todos que trabalham ali”, disse.

 

Eleição no TCE 1

Apesar da unanimidade, a eleição da nova mesa diretora do Tribunal de Contas do Estado, na última quinta-feira, teve disputa para o cargo de corregedor. Os conselheiros Ulices Andrade e Carlos Alberto Sobral são os novos presidente e vice-presidente respectivamente.

 

Eleição no TCE 2

O cargo de corregedor era disputado pelos conselheiros Carlos Pinna e Susana Azevedo. Como não houve consenso, Susana disse que só abriria mão da disputa se a indicada fosse a conselheira Angélica Guimarães. Pinna terminou retirando a sua candidatura, permitindo a eleição de Angélica.

 

Desafio pela frente

Eleito no último sábado presidente estadual do PSDB, durante Convenção do Diretório Estadual, o senador Eduardo Amorim terá pela frente o desafio de amenizar a imagem desgastada do partido pelos atos do seu presidente afastado, senador Aécio Neves, envolvido na lava jato ao ter sido flagrado cobrando R$ 2 milhões de propinas a empresários da JBS para pagar advogados.

 

Ponto de vista

Como presidente eleito, Eduardo Amorim disse à coluna que não acredita no desgaste do PSDB por conta do episódio Aécio Neves. “Cada um é responsável pelas suas atitudes. Ninguém pode ser responsabilizado pelas atitudes dos outros. Tem gente que deu sua vida para construir o partido. Foram mais de 30 anos de luta para construir o partido. O momento agora é de reconstrução, de um novo norte. Não temo desgaste”, frisou.

 

Mais simpatia 1

Com relação a disputa pelo comando da presidência nacional do PSDB, cuja eleição acontecerá no dia 9 de dezembro, na convenção nacional do partido, entre o senador Tasso Jereissati e o governador Marconi Perillo (Goias), disse que espera um entendimento. “Mas se não tiver faz parte da democracia, onde prevalece a vontade da maioria”, afirmou, demonstrando simpatia por Jereissati por ser seu colega no Senado.

 

Mais simpatia 2

Já com relação a disputa entre o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito de São Paulo, João Dória, para a presidência da República em 2018 pelo PSDB, o presidente eleito do partido em Sergipe disse ter uma boa relação com os dois. Todavia, demonstrou preferência por Alckmin por ser médico anestesista como ele.

 

 Tobias Barreto 1

Um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado no dia 7 de novembro entre o Ministério Público do Estado e a Prefeitura de Tobias Barreto para regularização de salários atrasados não agradou muito os servidores. Isso porque ficou acordado que o salário de dezembro terá de ser pago até 10 de março de 2018.

 

Tobias Barreto 2

Pelo TAC, o município de Tobias Barreto se comprometeu a efetuar o pagamento dos salários de setembro até 30 de novembro, com os comissionados recebendo até 30 de dezembro; pagar os vencimentos de outubro e novembro até 30 de dezembro, ressalvada a folha dos comissionados, que será paga em janeiro de 2018. Também foi firmado o compromisso de efetuar o pagamento integral dos salários de 2017 até março do ano que vem.

 

Tobias Barreto 3

Ficou acordado ainda que a Promotoria de Justiça de Tobias Barreto vai fiscalizar o TAC e adotar providencias legais cabíveis, como multa diária de R$ 30,00 por pessoa se o prefeito Diógenes Almeida não efetuar o pagamento do salário dos servidores e comissionados no prazo estabelecido.

 

As barras da justiça 1

O presidente da Assembleia, Luciano Bispo, saiu ontem com nota explicando que não alugou um imóvel na zona norte da cidade (Santo Antônio) por R$ 50 mil como foi divulgado na imprensa e nas redes sociais, mas por R$ 20.550,00 para colocar as antenas das TV´s comerciais do Estado.

 

As barras da justiça 2

“Lamentavelmente essa não é a primeira e nem será a última armação que sofro e alerto a sociedade que, com a proximidade das eleições de 2018, muitas noticiais falsas, ou como são conhecidas nas redes sociais, as ‘Fake News’, irão invadir os celulares, produzidas por pessoas inescrupulosas, afirmou Luciano, enfatizando que já autorizou ao departamento jurídico da Alse que tome as medidas judiciais necessárias para que as “pessoas responsáveis por criarem e difundirem a notícia falsa sejam devidamente responsabilizadas judicialmente”.

 

Ainda o Finisa

 Depois de uns dias de silêncio, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) voltou a alfinetar o governador Jackson Barreto (PMDB) por ter ido procurar o líder do governo no Congresso, André Moura, e o próprio presidente Temer para liberação do financiamento de R$ 560 milhões para recuperação das rodovias estaduais. Postou: “Alguém procurar um padrinho forte pra liberar um empréstimo é dar a mão à palmatória de que o seu cadastro não garante a quitação da dívida. É bom o governador entender-se com o presidente pelo interesse do Estado. Estranho é transformar Temer num pistolão pra liberar empréstimo”.

 

Veja essa...

Da ex-presidente Dilma Rousseff, em viagem a Alemanha, durante entrevista a imprensa: “O meu governo sofreu um golpe, mas é hora de perdoar aquele que bateu panela achando que estavam salvando o Brasil e que depois se deu conta de que não estava”.

 

 

 

CURTAS

 

Na convenção do PSDB, no último sábado, o ex-prefeito Zé Franco foi eleito vice-presidente e o ex-deputado federal José Carlos Machado eleito secretário-geral.

 

Prestigiaram a convenção o ex-governador Albano Franco; os prefeitos tucanos Otávio Sobral (Itaporanga), Everton Lima (São Miguel do Aleixo), Marcell Souza (Campo do Brito) e Painho (Feira Nova); além de vereadores, filiados e lideranças. O presidente do PSC, deputado federal André Moura, também prestigiou o evento tucano.

 

Em todos os eventos políticos e entrevistas que concede a imprensa André tem declarado que sempre trabalhará com o senador Eduardo Amorim e o que a maioria do seu agrupamento decidir sobre as eleições majoritárias de 2018 ele respeitará. Tem ressaltado que é candidato a reeleição, mas que seu nome está à disposição do agrupamento.

 

Na manhã de ontem, durante inauguração do Fórum Eleitoral Euclides Goes, o prefeito Anderson de Zé das Canas (Frei Paulo) presenteou o colunista do O Globo, Ancelmo Gois, com um quadro. Ancelmo é um dos filhos do homenageado que dá nome ao prédio inaugurado.

 

Foto legenda  

Serviu de chacota nas redes sociais a prisão de um cavalo, no último domingo, após ter dado um coice em um carro durante a realização de uma vaquejada em Nossa Senhora Aparecida.  A chacota prosseguiu mesmo a polícia tendo explicado que o animal foi levado até ser estabelecido um acordo do seu proprietário com o dono do veículo amassado com o coice, que queria o pagamento pelo prejuízo.