Médicos da PMA fazem greve na segunda-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/11/2017 às 00:06:00

Milton Alves Júnior

 

Médicos que atuam no Sistema Único de Saúde administrado pela Prefeitura de Aracaju, prometem cruzar os braços por 24 horas a partir da próxima segunda-feira, 13. A mobilização da categoria ocorre em virtude de a classe trabalhadora não aceitar que os profissionais aposentados recebam os respectivos salários após o quinto dia útil permitido pela Constituição Federal. Apesar de não apresentar perspectiva de greve geral e por tempo indeterminado neste primeiro momento, os manifestantes já informaram que não descartam a possibilidade de suspender as atividades básicas a partir do dia 01 de dezembro.

Conforme anunciado pelo Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed), uma assembleia convidando proficiências ativos e inativos já está agendada para ocorrer no próximo dia 30 de novembro, quando os sindicalistas irão aprovar, ou não, a deflagração da greve. O resultado dessa medida dependerá exclusivamente da Prefeitura de Aracaju. Caso o prefeito Edvaldo Nogueira comunique, mais uma vez, o pagamento salarial de forma atrasada, a probabilidade é de paralisação de até 70% do quadro funcional. Os demais 30% atuantes nas 44 unidades de pronto atendimento e nos dois hospitais regionais darão prioridade aos casos de urgência e emergência.

Em resposta, a administração municipal lamentou a suspensão e informou que o recém atraso imposto aos servidores se tornou necessária diante de a última parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) ter sido depositada com cerca de R$ 3,5 milhões a menos. Essa situação forçou a PMA a atrasar o pagamento salarial de trabalhadores atuantes em várias áreas da gestão, bem como quitar débitos junto a fornecedores e empresas terceirizadas. O Sindimed informou que as atividades serão suspensas na madrugada da segunda-feira, e somente serão reinicia

Já na noite de sexta-feira, a Prefeitura de Aracaju informou que verbas do próprio FPM foram debitados no cofre municipal e que, desde sábado, os salários dos aposentados - antes previsto para ser repassado na segunda-feira, estarão disponíveis para saque em caixas eletrônicos.