Desafio na crise

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 07/11/2017 às 06:05:00

O governador Jackson Barreto (PMDB) vem sendo muito criticado pela oposição. As maiores críticas estão na saúde, no crescimento da violência no estado, nas rodovias esburacadas e pelo atraso no pagamento do salário dos servidores públicos.

Segundo Jackson, diante desta conjuntura política e econômica do país e do Governo, ele vem fazendo todo o esforço para tocar a máquina pública, levando até para casa problemas do Estado, como pagamento do salário do servidor.

JB revela que vem fazendo o que pode nesse momento de crise. Afirma que ao invés de obras estruturantes, decidiu emplacar uma emenda impositiva do Orçamento da União do exercício de 2018, na ordem de R$ 81 milhões, para a saúde. Enfatiza que os recursos serão para custeio dos hospitais.

Recorda que a sua gestão já conseguiu três tomógrafos históricos, ampliou o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) em 100 leitos; está melhorando os serviços nos hospitais de Propriá e Nossa Senhora do Socorro; está ampliando o hospital de Nossa Senhora da Glória, com ortopedia; e iniciou a reforma da Hildete Batista.

Com relação à violência, recorda que realizou concurso para polícia civil e militar e já nomeou todos os aprovados. Já sobre o atraso de salário, enfatiza que outros estados, como Alagoas, Piauí e Minas Gerias, estão pagando salário dos servidores entre os dias 10 e 12 do mês subsequente e os governadores não veem isso como atraso no vencimento do funcionalismo.

Já em razão das críticas relacionadas às estradas esburacadas, o governador revela que resolverá o problema com o Finisa, já aprovado pela Assembleia Legislativa. Ressalta que é o primeiro financiamento que pegará no seu governo, na ordem de R$ 560 milhões, para recuperação das rodovias estaduais.      

“Uma coisa é governar o Estado sem crise, no momento de facilidades e no país sem crise, como ocorreu no governo Marcelo Déda com Lula presidente, que ajudava Sergipe. Outra coisa é governar em crise. O desafio é governar na crise e sem dinheiro”, afirmou à coluna JB, que viaja hoje à tarde para Brasília visando assegurar a liberação de recursos do financiamento de R$ 560 milhões junto a CEF para recuperação das estradas.

.................................................................................................................

 

Finisa 1

O governador Jackson Barreto (PMDB) tem amanhã audiência com o líder do governo no Congresso, deputado federal André Moura (PSC), para tratar da liberação do Finisa, o financiamento de R$ 560 milhões junto a Caixa Econômica Federal (CEF) para recuperação de rodovias estaduais e já aprovado pela Assembleia legislativa. Será às 9h, em seu gabinete em Brasília.

 

Finisa 2

O deputado federal Fábio Reis (PMDB) viajou ontem à tarde a Brasília para reassumir o mandato parlamentar após procedimento cirúrgico de emergência mês passado. Acompanha o governador na audiência que terá nessa quarta-feira com André Moura.

 

Finisa 3

Segundo Fábio, ele já pediu ao Palácio do Planalto uma audiência de JB com o presidente Michel Temer, para tratar do Finisa. Revela que no voo de ontem para Brasília, já conversou com André sobre o financiamento e acredita no seu empenho para a liberação dos recursos o mais rápido possível. “Ele sabe da importância para o Estado diante da situação crítica das rodovias e da necessidade da sua recuperação, que beneficiará o povo sergipano”, avalia.

 

Finisa 4

Segundo o líder do governo, ele vai tentar agilizar a liberação dos recursos. Ressaltou que é preciso não só o aval da Caixa Econômica, mas, também, do Tesouro Nacional, uma vez que tem de ser avaliado o poder de endividamento do Estado já que o financiamento será pago com recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE), que paga o salário dos servidores.

 

13º parcelado 1

Já chegou na Assembleia Legislativa projeto de lei do Poder Executivo propondo o parcelamento do 13º salário dos servidores públicos do estado. O projeto foi lido ontem, em plenário, e deve ser votado nessa quarta-feira em plenário junto com outros projetos e proposituras.

 

13º parcelado 2

Pelo projeto, o valor da gratificação natalina será parcelado em seis vezes a partir de janeiro, mas o servidor poderá receber o 13º salário integral se pegar um empréstimo bancário e, como compensação, o governo pagará um abono especial de caráter indenizatório com percentual de 12,42% incidente sobre o valor líquido da parcela do 13º.

 

13º parcelado 3

Ontem, durante o pequeno expediente, o líder da oposição na Assembleia, deputado Georgeo Passos (PTC), criticou o projeto dizendo que o governo vem fazendo isso desde 2015 e devia ter se preparado para esse compromisso com o servidor. “É mais uma mostra da falta de respeito do Governo com os servidores públicos, aposentados e pensionistas”, frisou.

 

Deu no 247 (1)

O empresário Ricardo Barreto Franco, primeiro suplente da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), teve o seu nome incluído na lista dos Paradise Papers, investigação jornalística internacional sobre paraísos fiscais.

 

Deu 247 (2)

Segundo o Poder360, Barreto e a irmã Adélia Barreto são os únicos acionistas da Guararapes Entreprises and investments Ltd, que é uma offshore registrada nas Bahamas. Revela Ricardo, que a empresa foi criada para "diversificar os investimentos".

 

Deu no 247 (3)

De acordo com o Poder360, Ricardo declarou a existência da offshore às autoridades brasileiras, mas não apresentou comprovantes referentes às movimentações financeiras para o Banco Central. As movimentações registradas nos documentos da offshore apontam uma movimentação de cerca de US$ 41,4 milhões entre os anos de 2012 e 2015.

 

Decisões do Psol 1

O VI Congresso Estadual do Psol, realizado anteontem, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da UFS, decidiu que o partido terá candidato próprio ao governo em 2018. O nome ficará entre Sônia Meire, ex-candidata a prefeita de Aracaju e a governadora, e Márcio Souza, ex-candidato a prefeito de Estância.

 

Decisões do Psol 2

Durante o Congresso, o partido reafirmou sua posição no campo da oposição de esquerda aos governos Jackson Barreto e Michel Temer. E reelegeu Carlito Lemos como presidente do Psol para 2018 e Agatha Cristie para 2019.

 

Domínio dos Reis

A Juventude FM divulgou ontem pesquisa que mostra liderança da família Reis em Lagarto. Pela pesquisa, o deputado federal Fábio Reis (PMDB) aparece com 7,8% das intenções de votos para disputar a reeleição; e a deputada estadual Goretti Reis (PMDB) com 3% para concorrer também à reeleição. A surpresa é o ex-deputado federal Sérgio Reis (PMDB) contar com 12,8% para disputar o Senado.

 

Registro

Pela legislação eleitoral, só a partir de 1º de janeiro do próximo ano as pesquisas eleitorais somente poderão ser divulgadas mediante registros no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). 

 

Resgate da cultura

Nesta terça-feira o prefeito Marcos Santana (PMDB-São Cristovão) apresentará a programação do 34º Festival de Artes de São Cristovão, que será realizado no início de dezembro. Será durante café da manhã, a partir das 8h, no Centro Administrativo da Prefeitura de São Cristóvão (na praça São Francisco).

 

Veja essa...

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (PRP) e o secretário de Comunicação de Lagarto, Prefeitinho, tiveram a maior discussão ontem em razão da Juventude FM ter contratado, e divulgado, uma pesquisa de intenção de voto para deputado federal em que Gustinho aparece com menos de 3% e Fábio Reis com mais de 7%. Isso porque Prefeitinho é sócio da rádio e secretário do prefeito Valmir Monteiro (PSC)), de quem Gustinho é aliado

 

... e essa...

De Prefeitinho alfinetando Gustinho: “Vemos ai a Globo divulgando pesquisa, a TV Sergipe. A Juventude FM é a corajosa, é a diferente, é a que veio para fazer a diferença. Nós não criamos dados não, muito pelo contrário, a pesquisa nos foi entregue dentro de um envelope fechado. Foi marcada para ser divulgada hoje [ontem] sem muita divulgação até para não ter pressão de a ou de b para não ser divulgada. Então, se alguém tiver criticando e achando ruim, deveria estar olhando o resultado. Se quiser dou mais detalhada para saber onde estão bom, ruim. Vai servir até para ajudar os candidatos inteligentes, que aceitam resultado da pesquisa”.

 

 

 

CURTAS

 

Desde o final de semana que vem repercutindo nas redes sociais a denúncia feita pelo prefeito Valmir de Francisquinho (PR) de que foram encontradas escutas clandestinas em seu gabinete na prefeitura, em sua residência e no seu carro.

 

O primeiro prefeito de Cumbe, Antonio Gomes de Moraes, faleceu no domingo, aos 89 anos. Ele foi prefeito do município por quatro mandatos.

 

Representando a Câmara dos Deputados e como presidente da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra), o deputado federal Valadares Filho (PSB), participou ontem da abertura da COP 23 – Conferência das Nações Unidas Sobre Mudanças Climáticas, em Bonn, Alemanha. Estava ao lado do embaixador do José Antônio Marcondes de Carvalho.

 

O líder do governo no Congresso, André Moura, presidiu ontem os trabalhos de abertura do II Congresso Internacional de Contas Públicas, promovido pelo Tribunal de Contas do Estado. O evento, que vai até essa quarta-feira, discute a “Governança e Gestão das Cidades”.

 

 

 

Foto legenda

 

O coordenador da bancada federal, deputado Jony Marcos (PRB), visitou ontem o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Na oportunidade, Jony disse que irá atuar na reunião da Comissão Mista do Orçamento para garantir recursos das emendas parlamentar para Aracaju. O parlamentar fez a visita acompanhado do superintendente do escritório de Sergipe em Brasília, Heleno Silva, e do vereador Pastor Alves.