Início das conversas sobre 2018

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/09/2017 às 00:12:00

Rita Oliveira – 

 

Início das conversas sobre 2018

 

Na próxima semana o governador Jackson Barreto (PMDB) começará a discutir com os aliados a sucessão estadual 2018. Vai ouvir as pretensões, já conhecidas, de cada partido aliado, mas as definições só deverão ocorrer mesmo no próximo ano.

Pelo andar da carruagem, duas das quatro vagas na chapa governista estão praticamente definidas e são do PMDB. No cenário político de hoje o vice-governador Belivaldo Chagas será o candidato a governador e o próprio JB concorrerá a uma das duas vagas do Senado.

Falta definir o nome do candidato a vice e da outra vaga para o Senado. Na base governista, como já é do conhecimento de todos, o PRB quer indicar o ex-deputado federal Heleno Silva como candidato ao Senado e o PSD o deputado estadual Luiz Mitidieri para vice.

Já o PT quer o presidente estadual, o ex-deputado federal Rogério Carvalho, na chapa majoritária. O entendimento é que Rogério dispute o Senado, mas ele próprio tenta viabilizar sua candidatura ao governo.

Um aliado do governador, em conversa ontem com a coluna, avalia que Rogério e o PT estavam se cacifando na força do ex-presidente Lula em 2018 e na sua passagem por Sergipe, durante a Caravana da Esperança, no mês passado.

Acredita que a delação do ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda) na Operação Lava Jato, pode acabar com os planos do PT e do próprio Lula no sentido de que venha a ser candidato a presidente da República no ano que vem.

Avalia que a delação de Palocci acusando Lula, durante depoimento ao juiz Sérgio Moro, de ter recebido propina de R$ 4 milhões e que houve um “pacto de sangue” entre o Partido dos Trabalhadores e a construtora Odebrecht, enfraquecerá muito o PT e a candidatura de Rogério Carvalho ao Senado e pior ainda para o governo.

“Rogério queria ser candidato ao Senado e até mesmo ao governo apostando na força de Lula, mas agora o ex-presidente está mais complicado com a denúncia de Palocci. Rogério disputaria o governo com o apoio de quais partidos?”, questionou.

Na sua concepção, o PT, enfraquecido sem Lula, pode ficar fora da chapa majoritária e a chapa seria formada sem grandes problemas com a presença do PRB e PSD.

Como tem muita água para rolar por debaixo da ponte até as convenções partidárias, agora é esperar para ver.

................................................................................................................  

Caindo em campo  

Segundo o vice-governador Belivaldo Chagas (PMDB) a partir de 1º de outubro ele se comportará como pretenso candidato a governador em 2018. Ressalta que ele terá outro comportamento, visitará o interior e manterá contato com lideranças e a população.

 

Disputa pelo Senado 1

O presidente de honra do PRB, ex-deputado federal Heleno Silva, disse ontem à coluna que o seu partido mantém a posição de pleitear uma vaga para o Senado na chapa governista. “São cinco nomes para quatro vagas. Temos que fechar essa equação. Tem muita novidade para acontecer. O jogo só será fechado no próximo ano. Estamos tranquilos e sem muita ansiedade, pois sabemos da importância do nosso grupo no pleito”, garante. 

 

Disputa pelo Senado 2

De Heleno ao ser questionado se o PRB pode ir para a oposição se for preterido da chapa majoritária governista: “Isso não está em discussão. Só vamos falar com a oposição quando esgotar todos os recursos com o governo. Não somos de fazer jogo, só colocamos nossa situação com os outros partidos aliados”, garante.

 

A fonte secou

A coluna recebeu a informação de que o empresário Edivan Amorim já disse ao irmão, o senador Eduardo Amorim (PSC), que não tem recursos para bancar sua campanha ao Governo do Estado em 2018.

 

Débito de campanha

Em 2014 quando Eduardo Amorim disputou o governo e perdeu para Jackson Barreto contraiu um débito de campanha de mais de R$ 4 milhões. Foi um dos maiores débitos de campanha de governador do país naquele ano e que ainda não foram completamente pagos.

 

Finisa

Até o final deste mês o Governo do Estado encaminhará para a Assembleia Legislativa um projeto de lei propondo empréstimo de cerca de R$ 380 milhões junto a Caixa Econômica Federal para recuperação da malha viária do Estado. É o Finisa.

 

Defesa do Velho Chico 1

O governador Jackson Barreto (PMDB) participará, nessa sexta-feira, em Penedo-AL, de um ato público em defesa do Rio São Francisco ao lado dos governadores Renan Filho (PMDB-AL), Rui Costa (PT-BA) e Paulo Câmara (PSB-PE).  Às 10h30, os governadores vão conceder entrevista coletiva à imprensa na Casa da Aposentadoria.

Defesa do Velho Chico 2

O objetivo do ato público é fortalecer o grupo de gestores da região para defender, junto ao Governo Federal, a implementação de ações voltadas à revitalização do São Francisco, bem como o aporte de recursos para o saneamento básico em municípios ribeirinhos dos quatro estados nordestinos.

 

Defesa do Velho Chico 3

O encontro, proposto por Renan Filho, acontece na véspera do aniversário de 200 anos da emancipação política do Estado de Alagoas, comemorados no sábado (16).  Para ele, é muito importante, no Bicentenário de Alagoas, reunir os governadores do Nordeste para falar em alto e bom som que é preciso garantir a revitalização do rio.  Avalia que é preciso reunir esforços de vários Estados do Nordeste e cobrar da União um posicionamento em defesa do Velho Chico.

 

Calote

Uma grande empresa de fora do Estado que está se instalando em Sergipe dá um calote de mais de meio milhão de reais em uma empresa sergipana. A empresa de Sergipe está preparando toda a documentação para entrar com ação judicial, bem como denúncia de cometimento de crime ambiental pela contratada. Em breve a coluna divulga todos os detalhes e, inclusive, dará nome aos bois.

 

Tempo fechou 1

Vetos do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) as emendas apresentadas a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) geraram muita polêmica ontem na Câmara Municipal. Vereadores tanto da oposição quanto da situação chegaram a deixar o plenário para evitar quorum e teve troca de farpas.

 

Tempo fechou 2

Entre os que deixaram o plenário os vereadores do G5: Isac Silveira (PCdoB), Tiaguinho Batalha (PMB), Seu Marcos (PHS), Fabio Meireles (PPS) e Anderson de Tuca (PRTB). Isso provocou a revolta do vereador  aliado do prefeito, Carlito Alves (PRB), que afirmou em alto e bom som que esses vereadores devem definir se são situação ou oposição, o que não podem é ser as duas coisas.

 

Tempo fechou 3

Seu Marcos declarou que o G5 é da base aliada do prefeito, mas como votou a favor das emendas a LDO não tinha como votar a favor do veto às emendas. “Somos aliados do prefeito, mas não somos alienados. Votamos com o povo”, disse o vereador à imprensa.

 

Tempo fechou 4

Depois de muita discussão e polêmica, os vetos de Edvaldo Nogueira às emendas apresentadas a LDO foram aprovados.

 

Os que mais se destacaram 1

O Congresso em Foco divulgou mais uma parcial da votação do Prêmio Congresso em Foco 2017 para a escolha dos melhores parlamentares do ano. Ao todo 73 profissionais de imprensa que cobrem as atividades da Câmara e do Senado ou se dedicam à cobertura política em Brasília foram consultados entre os dias 4 e 11 de setembro. Só são votados os senadores e deputados federais que não respondem a processos no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Os que mais se destacaram 2

Com 103 votos, Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) aparece na 24º posição como melhor senador de 2017. Os três primeiros mais votados são: Magno Malta (PR-ES), com 3.577 votos; Randolfe Rodrigues (REDE-AP), com 3.418 votos; e Paulo Paim (PT-RS), com 2.766 votos.

 

Os que mais se destacaram 3

Na escolha dos melhores deputados federais, cinco sergipanos foram votados: Fábio Reis (PMDB) aparece na 101º colocação com 46 votos, Jony Marcos (PRB) na 178º colocação com 17 votos, Fábio Mitidieri (PSD) na 186º posição com 15 votos, Valadares Filho (PSB) na 223º posição com 10 votos e Laércio Oliveira (SD) na 226º colocação com nove votos. Os três primeiros mais votados: Chico Alencar (Psol-RJ), com 3.087 votos; Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) com 2.884 votos e Jean Wyllys (Psol-RJ) com 2.815 votos.

 

 

Os que mais se destacaram 4

Também foram votados como os que se destacaram no combate à corrupção e ao crime organizado os parlamentares sergipanos: Valadares e Laércio Oliveira com quatro votos, Jony Marcos com dois votos e Valadares Filho com um voto. Os três mais votados são os deputados federais: Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), com 2.578 votos; Chico Alencar (Psol-RJ), com 1.867 votos; e Alessandro Molon (REDE-RJ), com 1.465 votos.

 

Veja essa...

O deputado estadual Capitão Samuel (PSL) apresentou ontem, na Assembleia Legislativa, indicação para entrega do título de cidadão sergipano para o deputado federal Jair Bolsonaro(PEN), o mesmo que fez apologia ao estupro de uma colega parlamentar e ao torturador da ex-presidente Dilma Rousseff. A justificativa é “projeção do político no cenário nacional, com uma carreira ilibada e por ser da família militar brasileira, componente do exército brasileiro”.

 

CURTAS

 

Segundo o deputado federal Valadares Filho (PSB), nos últimos oito meses Aracaju recebeu mais de R$ 1 milhão de emendas de sua autoria destinadas a saúde pública.

 

O senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) esteve ontem com o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), em Brasília, durante reunião almoço da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), do qual é membro.

 

Eduardo - que estava acompanhado do prefeito Valmir de Francisquinho (PR-Itabaiana) e do presidente da Federação dos Municípios de Sergipe (Fames), Marcos da Acauã -  formulou um convite para que Alckmin esteja em Itabaiana nos próximos meses, para um encontro com prefeitos e vereadores.

 

Nesta quarta-feira, o PT exibe sua propaganda partidária em rede nacional. Será destacada a Caravana da Esperança, em que o ex-presidente Lula visitou vários municípios do Nordeste no período de 17 de agosto a 5 de setembro.

 

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprovou ontem, com ressalvas, a prestação de contas do PSB do exercício financeiro de 2012, que tem como presidente o deputado federal Valadares Filho.

 

 -------------------------------------------------

Na tarde de ontem o governador Jackson Barreto foi homenageado pelo governo de Minas Gerais com a Medalha JK. A comenda faz parte das comemorações em homenagem ao ex-presidente Juscelino Kubitscheck e é uma das mais importantes condecorações conferidas pelo Estado de Minas Gerais.

Após a entrega da medalha, em Diamantina, JB participou de reunião com o governador Fernando Pimentel e outros governadores homenageados. Na pauta, discussão sobre a Lei Kandir (Lei Complementar 87/1996).  Na oportunidade, Jackson sugeriu uma mobilização dos chefes de Executivo para cobrar mais efetividade do governo Federal na segurança pública.