Sessão das academias homenageia Ranulpho Prata

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/06/2017 às 00:01:00

Sessão conjunta da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (SOBRAMES),  da Academia  Sergipana de Letras e da Academia Sergipana de Medicina, que acontece nesta segunda-feira,(19), às 20 horas, na SOMESE, vai homenagear o médico e escritor sergipano Ranulpho Hora Prata ( 1896-1942).  O evento integra a programação que acontece em Lagarto e Aracaju durante toda dia.

Em Lagarto, será inaugurado o Instituto de Prevenção “Anna Hora Prata” e à tarde, em Aracaju, haverá  uma sessão da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe para outorga de Medalhas da Ordem do Mérito Parlamentar a integrantes da família Prata. Entre os homenageados,  Henrique Prata, diretor presidente do grupo mantenedor do Hospital do Câncer de Barretos (SP). Henrique vem a ser neto de Ranulpho Prata e tem presença confirmada no evento promovido pela SOBRAMES e Academias de Letras e de Medicina no auditório da SOMESE.

Autor de ‘A Longa Estrada’, ‘O Lírio na Torrente’, ‘Lampião’  e ‘Navios iluminados’ ( a sua obra de maior sucesso), Ranulpho Prata, que viveu a maior parte de sua existência em São Paulo, será saudado pelos acadêmicos Antônio Samarone, da Academia Sergipana de Medicina e por José Anderson Nascimento, presidente da Academia Sergipana de Letras.

Lúcio Prado Dias, presidente da SOBRAMES de Sergipe, que coordena o evento, ressalta o grande valor intelectual do escritor Ranulpho Prata, não só no campo da medicina, mas, e principalmente, os seus méritos literários, reconhecido pela crítica paulista em meados do século XX. “Ranulpho é fundador da Cadeira 7 da Academia Sergipana de Letras e foi membro da Academia Santista de Letras e mesmo não tendo uma vasta obra, teve livros premiados pela Academia Brasileira de Letras. Vamos tentar reeditar os seus livros, para que todos  possam conhecer melhor  a sua obra literária.”, destaca Lúcio Prado.