Semana de embates na Câmara

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/06/2017 às 00:05:00

O clima na Câmara Municipal de Aracaju não é dos melhores. Nesta semana vereadores se confrontaram por questões políticas ainda relacionadas à CPI do Lixo, havendo até provocações e agressões verbais.

 Na quarta-feira, durante discurso na Câmara, o vereador Carlito Alves (PRB) disse que tem oito colegas parlamentares citados por Soraia, da empresa Torre, que se “venderam” e votaram contra a CPÌ do Lixo, e que queria saber quem era esses vereadores. “Muitas vezes um parlamentar tem de vender a alma para o diabo para garantir outro mandato”, declarou.

 Na quinta-feira, durante a sessão, o vereador Cabo Amintas fez um discurso duro.  Começou dizendo que não queria a solidariedade nem apoio de ninguém envolvido em maracutaias. “Se alguém aqui está preocupado com alguma coisa, esse não sou eu. Cada um responde por si, cada um escolhe seu caminho e o caminho da corrupção vai levar alguns à cadeia. Não tenho dúvidas disso”, afirmou.

 Ressaltou: “Quando disse que não quero solidariedade me referi a Anderson de Tuca. Eu sou homem, não tenho medo de dá nomes não. Ninguém aqui me viu com medo e nem vai me ver. Me acusem do que for, menos de desviar dinheiro público, de ser ladrão e  corrupto.  Isso ninguém vai dizer, não tenho medo”.

 O vereador acusou o colega Anderson de Tuca de ter colocou suspeição contra os vereadores da oposição de ter recebido dinheiro. “Se outros vereadores de oposição quiserem se calar problema deles. Não me calo, não sou patrocinado por empresa de lixo, sou empregado do povo e não estou em campanha. Já tive várias acusações na minha vida de pancada e tiro em vagabundo, mas de ser ladrão e corrupto não tive, nunca fui acusado. Quem quiser acusar alguma coisa contra mim vou pular de dois pés em cima vereador Anderson de Tuca.  Não sou eu que responde a algum processo nem foi indiciado em operação da polícia”, alfinetou

 Prosseguiu Cabo Amintas: “Volto a dizer: a casa dos corruptos vai cair e não vai demorar não. Façam o que fizer, ninguém vai segurar essa bomba quando estourar. Não pego leve, cada um que responda pelos seus atos. Não quero solidariedade de ninguém porque não sou envolvido  em atos de corrupção. Abram do olho, hora de separar o jóio do trigo. A oposição tem quatro vereadores e já teve 16. Ninguém tá enxergando nada nessa casa? Cada um faz sua opção política.  É um direito de cada um ir para o grupo que quiser, agora dizer que esses quatro vereadores são suspeitos de alguma coisa não acredito, em nenhum momento acusei nenhum colega, ao contrário, me solidarizei com todos, oposição e situação”. 

 O presidente da Câmara, Nitinho (PSD), disse que Cabo Amintas precisa respeitar os colegas da Câmara Municipal.

 Ainda na Câmara, esta semana, o líder do prefeito Antônio Bittencourt (PCdoB) reagiu à crítica da oposição com relação a um áudio divulgado pela imprensa sobre uma ‘conversa’ dele com o ex-presidente da Emsurb, Mendonça Prado, em que Mendonça perguntou quantos assinaram o pedido da CPI do Lixo e queria o contato de todos.  “O que me causa espanto é que algum vereador possa insinuar que isso seria indício de que estaríamos negociando com vereadores, de modo escuso, a possibilidade de barrar a CPI. Acho isso um desrespeito, ilação, irresponsabilidade”, pontua.

 Para Bittencourt, todo barulho feito por dois vereadores da oposição reflete o desequilíbrio de propósitos. “Muitos desses que se arvoram a ser paladinos da moralidade são verdadeiros ventrílocos de algumas figuras que não estão na Câmara de Vereadores. O objetivo é exclusivamente político. As pessoas que tentaram construir essa CPI nunca pediram à Prefeitura de Aracaju, via CMA, qualquer documento para esclarecimentos. Há uma necessidade sistemática em construir factoides políticos na tentativa para desestabilizar a atual administração”, enfatizou o líder.

Bittencourt chegou a declarar que a colega Emília Correa tem agido como verdadeiro “sepulcro caiado”.

O clima não é dos melhores na Câmara e deve esquentar ainda mais na próxima semana.

.....................................................................................................................

 Nepotismo

Não é só entre vereadores da oposição e situação que o clima não está bom no município de Aracaju. Também tem um embate entre a oposição e o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), com o líder da oposição, vereador Elber Batalha (PSB), tendo protocolado ontem no Ministério Público Estadual  denúncia de suposta prática de nepotismo na administração municipal.

 

Caixa 2

 Edvaldo também enfrentará uma investigação criminal por suspeita de utilização de Caixa 2 na campanha eleitoral de 2016. Ela partiu do Ministério Público Eleitoral, pela suspeita de que o prefeito tenha recebido recursos na campanha da empresa Torre ou do seu proprietário José Antônio Torre Neto, sem registro de doação.  

 

Planejamento estratégico 1

 Mesmo com todos esses contratempos, Edvaldo se reuniu ontem com a equipe para discutir o planejamento estratégico da gestão na Prefeitura de Aracaju. Disse que os primeiros seis meses da gestão foram de prioridades: regularizar salários, melhorar serviço de limpeza e retomar funcionamento Saúde/Educação e que os próximos passos envolvem a reconstrução da cidade. “Em um ano, queremos alcançar nossas metas neste sentido”, afirmou.

 

Planejamento estratégico 2

 Ressaltou o prefeito que o terceiro momento da gestão tem a ver com “os anos do avanço”, quando será implantado o Programa de Cidade Inteligente, Humana e Criativa.  “Vamos melhorar a vida das pessoas. Aracaju vai voltar a sorrir. Este é o nosso sonho. Tenho certeza que iremos realizá-lo!”, acredita.

 

Pedindo socorro

Agora quem foi atrás do líder do governo no Congresso, André Moura, para ajudar Sergipe foi o setor hoteleiro. Em Brasília, na conversa com André, gerentes de hotéis demonstraram preocupação com o fluxo turístico no estado e pediram ajuda em algumas questões. Disseram que está em baixa o turismo corporativo, por conta da redução de atividades da Petrobras, e de eventos, em razão da reforma do Centro Administrativo, e que a saída é viabilizar recursos junto ao Ministério do Turismo para incentivar e alavancar o turismo de lazer no estado.

 

 

Portas abertas

 Para descontentamento de aliados, André Moura afirmou: “Nosso gabinete está à disposição do governo do Estado, por meio do secretário de Turismo, Fábio Henrique, para encontrarmos soluções viáveis e levá-las ao ministro Marx Beltrão. O pedido é importante para Sergipe e acredito que não haverá problemas para conseguirmos incentivos e fomentos ao crescimento do setor, o que beneficiará toda a rede hoteleira”.

 

Situação de emergência

 O Diário Oficial do Estado do último dia 06 de junho publicou decreto nº 30.689, de 05 de junho 2017, de homologação de situação de emergência em mais um município de Sergipe: Amparo do São Francisco. O estado de emergência é por insuficiência de chuva do inverno para formação de grande estoque de água nos principais reservatórios, açudes, tanques, barreiros e cisternas.

 

Forró-Caju 2017

Até o início de ontem a Prefeitura de Aracaju não tinha nenhuma posição do líder do governo no Congresso, André Moura (PSC), sobre a liberação de recursos de emenda federal para a realização do Forró-Caju nos dias 23, 24 e 25 de junho. O prazo está se afunilando, mas há um sentimento de que se toda a questão burocrática for resolvida até a próxima terça-feira ainda dá tempo de fazer a festa. É o que afirma o secretário adjunto da Comunicação, Elton Coelho.

 

Servidores recebem hoje

O Governo do Estado paga hoje os salários de maio dos servidores públicos do estado que ainda não receberam seus vencimentos referentes ao mês passado. No próximo dia 14 receberão os aposentados e pensionistas.

 

Vereador assassinado

Foi assassinado ontem o presidente da Câmara Municipal de Carira, vereador Jailton Martins (PP), o Preá. Ele respondia na 2ª Vara Criminal de Mauá, interior de São Paulo, a acusação de roubo de cargas de caminhão, e sequestro.  O Preá estava incurso no artigo 157, parágrafo 2º incisos I e II combinado com o artigo 148 do CPP Código do Processo Penal.

 

Veja essa...

De vereador Cabo Amintas (PTB) ainda em discurso inflamado na Câmara Municipal: “Não aceito piadinhas, estou pouco me lixando se sou isolado. Não me convidem para festinhas, onde corruptos estão se deleitando com whisks pagos pelo povo. Não me chamem”.

 

 

CURTAS

 

Na tarde de ontem, o deputado federal Fábio Reis (PMDB) entregou novos equipamentos ao Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Lagarto, adquiridos pela unidade de saúde através de suas emendas parlamentares correspondente a R$ 800 mil. O parlamentar já destinou ao hospital R$ 6 milhões em emendas.

 

A Prefeitura de Pirambú estará realizando os festejos juninos no período de 16 a 18 de junho, na praça de Eventos, a partir das 21h. Mantendo a tradição do município em realizar eventos em datas específicas, o prefeito Elinho Martins (PSC), conseguiu atrações de renomes como nacional: Samyra Show e Saia Rodada.

 

O PSDB em Sergipe comemora aprovação popular da gestão do prefeito tucano de Campo do Brito, Marcell Souza.  Dados do Padrão Pesquisas Científicas apontam 78,01% de aprovação, que apenas 8,6% desaprovam e 11,03% não souberam responder. Foram entrevistados 558 no dia 4 de maio, em diversos povoados do município.

 

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados promoveu ontem, em Sergipe, um seminário para discutir políticas públicas para os territórios quilombolas do estado. O evento foi realizado na Assembleia Legislativa, a partir das 9 horas, por iniciativa do deputado João Daniel (PT-SE).

 

Já era esperado que o pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolvesse a chapa Dilma/Temer da acusação de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014, possibilitando que o presidente Temer permaneça no Planalto.  Também não foi surpresa o placar de 4 x 3, com o presidente Gilmar Mendes desempatando.