Movimento Pró-Diretas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/06/2017 às 00:17:00

Com um provável placar de 4 x 3, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) caminha para não aprovar a cassação da chapa Dilma/Temer, acusada de abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014.

Mesmo tendo essa convicção e reconhecendo que são mínimas as chances de aprovação da emenda constitucional que antecipa as eleições para a Presidência da República para este ano, partidos de oposição e centrais sindicais lançaram, na Câmara dos Deputados, a campanha pelas eleições diretas por conta do agravamento da crise política com as delações de empresários da JBS contra o presidente Michel Temer.

Encabeçam a campanha Pró-Diretas os partidos PT, PSB, PTB, PDT, PCdoB, PSOL e Rede Solidariedade. O movimento conta com o apoio isolado de parlamentares ditos independentes do PMDB, como o senador Roberto Requião (PR), tem ainda o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

A coordenação nacional do movimento pretende criar comitês em todas as capitais e grandes cidades para organizar manifestações populares pró-eleição direta. O entendimento é que somente o voto popular pode superar a atual crise política enfrentada pelo governo e que deixou indignado o povo brasileiro, não só pelo aval de Temer ao pagamento de propina ao ex-deputado cassado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, mas a compra de informações sobre investigações a procurador e juiz, assim como o pagamento de R$ 500 mil semanal de mesada para o presidente nos próximos 20 anos. Tudo revelado em delação da JBS, que ainda gravou um vídeo com o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), conhecido como o “homem da mala” por ter sido flagrado carregando uma mala com R$ 500 mil de propina.

O coordenador da frente Pró-Diretas, senador João Capiberibe (PSB-AP), disse ontem que “só a eleição direta pode conciliar o povo brasileiro”.  Os deputados federais por Sergipe Valadares Filho (PSB), Fábio Mitidieri (PSD), João Daniel (PT) e Adelson Barreto (PR) são favoráveis a eleições diretas. Avaliam que Temer perdeu o apoio popular e a governabilidade e o melhor caminho para o país é “Diretas Já”.

Vale ressaltar que a emenda constitucional por eleições diretas chegou a ser aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado, mas precisa ser aprovada em votação em dois turnos pelos plenários do Senado e da Câmara. Mas, mesmo que venha a ser aprovada, a lei só pode ser implementada no próximo ano, que já é ano de eleição.

...............................................................................................................

Efeito crise 1

A reforma da Previdência empacou na Câmara dos Deputados. O agravamento da crise política e o desgaste eleitoral com a eventual aprovação da proposta levou até deputados da base aliada, que apoiam a mudança nas atuais regras de aposentadoria, a admitirem que a votação deverá ser adiada até a poeira baixar. A PEC 287, que opera as alterações nas regras previdenciárias, está pronta para análise em plenário há mais de um mês.

 

Efeito crise 2

Já no Senado, a oposição pressionou e governo adiou calendário da reforma Trabalhista, que foi aprovada na terça-feira na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Ontem seria votada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, mas foi remarcada para a próxima terça-feira.

 

Ponto de vista

Do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) sobre justificativa de governistas de que a saída de Temer do governo só piora a crise econômica no país: “É falho o argumento que é melhor para a economia que um presidente que prevaricou permaneça. Melhor para o Brasil é passarmos o país a limpo!”.

 

Mais um ministro

Quem esteve ontem em Aracaju foi o ministro Leonardo Picciani (Esportes). Recepcionado pelo governador Jackson Barreto (PMDB) e o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o ministro veio participar da abertura oficial do Campeonato Mundial de Triatlhon Escolar, que acontece na capital até o próximo dia 12, com as presenças de atletas do Brasil, Chile, França, Hungria e Alemanha.

 

Festejos juninos

O líder do Governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC), conseguiu assegurar ontem, junto ao presidente da Caixa Econômica,  Gilberto Occhi, a confirmação do apoio da instituição para a continuidade dos festejos juninos dos municípios de Itaporanga D’Ajuda, Estância e Areia Branca e para a micareta de Boquim. “Sabemos da importância dessas festas e nosso esforço junto ao banco foi no sentido de conseguir o apoio para complementar a realização das festas. A valorização da cultura sergipana é uma das nossas prioridades”, afirmou André, que ainda hoje pode confirmar a liberação de recursos para o Forró-Caju.

 

Prestando contas

 

O secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, participou ontem  de uma audiência pública na Câmara Municipal, onde prestou contas da situação financeira da Prefeitura de Aracaju do primeiro quadrimestre deste ano. Explicou as metas fiscais para 2017 e disse que nos primeiros meses de gestão o município conseguiu reduzir despesas, colocar os salários dos servidores em dia e adequar algumas pendências deixadas pela administração passada.

 

Albano na OIT 1

O ex-governador Albano Franco (PSDB) viaja nesse sábado para Genebra, na Suíça. Como empresário, vai participar da 106ª Conferência Internacional do Trabalho, órgão máximo de deliberação da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que debate e delibera as principais questões trabalhistas no mundo.

 

Albano na OIT 2

Albano participa como conselheiro técnico representando a Confederação Nacional da Indústria, portanto, integrando a bancada patronal. De Sergipe, participam também os deputados federais Laércio Oliveira (PSD), representando a Confederação Nacional do Comércio e Valadares Filho (PSB), representando a Câmara dos Deputados. A 106ª Conferência da OIT acontece até o próximo dia 16.

 

Centro das atenções 1

Ontem, vários políticos comemoraram a inauguração de um novo shopping em Sergipe, o Shopping Peixoto, em Itabaiana. O governador Jackson Barreto (PMDB), que marcou presença, falou sobre a melhoria na oferta de serviços do governo com a implantação de unidades do Ciretran e Ceac no Shopping e que “Itabaiana dá um chute na crise e dá um exemplo ao Brasil, que crise se vence com trabalho”. Estavam com JB: o vice Belivaldo Chagas (PSB); o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB); o ex-governador Albano Franco (PSDB); e o ex-vice-prefeito José Carlos Machado (PSDB). 

 

Centro das atenções 2

O senador Eduardo Amorim (PSC) não pode comparecer a inauguração do shopping, mas pediu para sua mãe representá-lo. “Itabaiana terá uma guinada no desenvolvimento econômico e de geração de empregos”, afirmou. A senadora Maria do Carmo (DEM) disse que com a chegada do novo shopping, “toda a região do agreste sergipano dá um salto de desenvolvimento”. A deputada Maria Mendonça (PP), que prestigiou a inauguração, ressaltou a coragem da Família Peixoto em investir  no desenvolvimento econômico do agreste,  apesar do cenário de instabilidade econômica.

 

Trabalhando por uma CPI

A vereadora Maria Brasilina, que faz parte do bloco de oposição ao prefeito de Laranjeiras, Paulão da Varzinhas (DEM), pode entrar com pedido de abertura de CPI para investigar o gestor por não responder e nem considerar as várias solicitações feitas pelos vereadores a respeito dos vários contratos feitos pela sua administração e por não abastecer o portal da transparência com as informações devidas.

 

Veja essa...

Do ex-prefeito de Capela, Sukita (PTN), ontem no programa de Gilmar Carvalho, após condenação a um ano, dois meses e 23 dias de detenção (revertida a prestação de serviços à comunidade e pagamento de multa de R$ 3 mil) pelos crimes de calúnia, difamação e injúria praticados contra o senador Valadares (PSB), ao tê-lo acusado de ter mandado falsificar sua assinatura no termo de renúncia da candidatura de deputado estadual em 2014: “Vou pegar a filmagem do advogado Jorge Rabelo dizendo à Justiça que falsificou a minha assinatura a pedido do PSB e exibir na televisão. Vou provar para Sergipe todo quem é o suplente de Deus Valadares, a reserva moral Valadares, que tomou o meu mandato de deputado estadual e ainda me processou”.

 

CURTAS

 

Do ex-deputado federal João Fontes sobre julgamento da chapa Dilma/Temer: “O julgamento no TSE da cassação da chapa Dilma/Temer está sendo transmitido pela TV. Impressionante o festival de vaidades dos ministros para aparecer na televisão! Uma suruba chata! No Brasil, o diabo não veste Prada, veste Toga”;

 

O atraso no julgamento da chapa Dilma/Temer pelo TSE adiou a reunião da Executiva Nacional do PSDB com os governadores e parlamentares da legenda para decidir como o partido vai se relacionar com o governo Temer em meio à sua mais grave crise. A reunião, marcada para ontem, ficou para a próxima segunda-feira.

 

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou ontem projeto de lei de autoria do senador Eduardo Amorim, que propõe que trabalhador com câncer pode conquistar garantia no emprego, por um ano, no mínimo.

 

A TV Aperipê de Sergipe, em parceria com a Cultura de São Paulo, transmite hoje, com exclusividade, a partida amistosa entre a Seleção Brasileira de Futebol e a seleção Argentina. O jogo, que acontece às 7h, será o primeiro teste para a implementação do novo sistema HD (Alta Definição) para a TV pública do estado.