Novo encontro entre JB e André

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/04/2017 às 00:37:00

No último dia 15 de março, o governador Jackson Barreto (PMDB) e a bancada federal aliada participaram de uma reunião com o líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC). O encontro ocorreu em Brasília, na liderança do governo no Congresso, tão logo André assumiu o tão importante posto.

O encontro teve como objetivo pedir o apoio de André na construção do Canal de Xingó, que será a redenção de Sergipe no grave problema da seca; reivindicar o apoio das obras do aeroporto Santa Maria, relacionadas à ampliação da pista, assim como a conclusão das obras de duplicação da BR 101 em Sergipe, no lado norte e no trecho entre Maruim e Aracaju, uma vez que no mês passado o presidente Temer autorizou a licitação do trecho entre Propriá e Capela, um investimento de R$ 140 milhões.

Acompanharam o governador na reunião com André os deputados federais Laércio Oliveira (OS), Fábio Reis (PMDB), Fábio Mitidieri (PSD), João Daniel (PT), Jony Marcos (PRB) e Adelson Barreto (PR); os deputados estaduais pastor Antônio dos Santos (PSC), Jairo de Glória (PRB) e capitão Samuel (PSL), além do representante do governo de Sergipe em Brasília, Heleno Silva (PRB).

Esse encontro gerou muita polêmica e deu muito o que falar, pelo fato de Jackson e André serem adversários políticos. Chegou-se a especular se o primeiro passo não tinha sido dado para o líder do governo no Congresso passar a fazer parte da base aliada do governo.

O encontro, inclusive, desagradou bastante a oposição, que tem como os principais líderes os senadores Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSDB). Valadares, inclusive, teria chegado a pedir ao líder do governo que não recebesse o governador.

As especulações sobre a proximidade administrativa e política entre JB e André vão continuar, assim como o descontentamento da oposição. É que já na próxima terça-feira, 11, está marcado um novo encontro entre os dois e a bancada federal.

A reunião, que será no Ministério dos Transportes, terá a presença do ministro Maurício Quintella. Na pauta, as obras no Aeroporto de Aracaju e nas BR 101 e BR 235. André levou até o ministro as demandas da bancada sergipana, em conjunto com o governador do Estado, e solicitou que fossem encontradas soluções para melhorar a vida dos sergipanos.

A expectativa é que, nesta reunião, toda a bancada federal de Sergipe esteja presente. A união de todos resultará em benefícios para o estado, ganhando a população sergipana.  Essa união de parlamentares e governo tem sido colocada por Jackson, André e a própria presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, quando esteve recentemente em Aracaju, em reunião no Palácio dos Despachos.

A união é quem faz a força!

............................................................................................

Sobre os pleitos do governo

O líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal André Moura (PSC), já informou ao governador Jackson Barreto (PMDB), por telefone, que conseguiu viabilizar, através de remanejamento, os R$ 16 milhões que faltam para fazer o projeto executivo do Canal de Xingó e, consequentemente, iniciar o processo de licitação da obra.  A resposta ao pleito sobre o aeroporto e as BR - 101 e BR - 235 será dada na reunião da próxima terça-feira, no Ministério dos Transportes.

 

Nada de política

Do governador Jackson Barreto ao ter sido questionado, mais uma vez, se existe possibilidade de aliança política entre ele e André Moura para 2018: “Nunca conversei com André sobre política. Só tratamos de assuntos de ordem administrativa”. 

 

Protelando prazo

Informações chegadas à coluna dão conta que o secretário Almeida Lima (Saúde) prorrogou de 31 de março para 31 de abril o prazo para exoneração dos mais de 150 dos 300 comissionados da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) que ainda não tinham sido exonerados no mês passado. E que vai criar novas gratificações para contemplar assessores e servidores que ele mesmo acabou com a gratificação.

 

Voltando atrás

Para um servidor da FHS, esse gesto do secretário é uma constatação de que ele reconheceu que tomou decisão equivocada e que uma pessoa não tem condições de trabalhar em cargo de chefia sem uma gratificação. 

 

Mirando a oposição

Nos três primeiros meses de sua administração o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) vem sendo muito criticado pela oposição, mas, especificamente, pelo deputado federal Valadares Filho (PSB) e o senador Eduardo Amorim (PSDB). Ontem, durante entrevista no programa de George Magalhães, EN não perdeu a oportunidade de alfinetar os dois parlamentares.

 

Réplica ao senador

Em resposta a Amorim, que declarou várias vezes que seu mandato é decepcionante, Edvaldo afirmou: "Decepcionante é o mandato de Eduardo Amorim. Nem liderar a oposição ele sabe. Deveria se preparar melhor. Em quase sete anos no Senado, o que ele fez para Sergipe? Eduardo Amorim deveria se preocupar com o mandato dele de senador antes de falar da minha gestão de apenas três meses na Prefeitura”.

 

Réplica ao deputado 1

Sobre as críticas de Valadares Filho à sua gestão, Edvaldo afirmou que o deputado faz uma oposição raivosa e não se conforma com a derrota. “É lamentável a posição de Valadares Filho, que não se conforma com a derrota. Peço que ele seja menos raivoso porque Aracaju precisa de nós. Queria que ele colocasse no twitter por que se ausentou na votação sobre a terceirização”.

 

Réplica ao deputado 2

Disse ainda o prefeito: “Valadares Filho torce para que dê tudo errado em Aracaju. Torce pelo caos e não demonstra nenhum amor pela nossa cidade. Eu não vou continuar debatendo com Valadares Filho porque ele já demonstrou que não quer o bem de Aracaju e só vem a cada dois anos para a eleição. Mas quero agradecer ao deputado pela emenda de R$ 1 milhão destinada para Aracaju. Se puder enviar mais, será muito bom”.

 

Tréplica de Valadares Filho 1

Pelo twitter, Valadares Filho respondeu ao prefeito: “Edvaldo Nogueira, em entrevista hoje pela manhã, dedicou boa parte do tempo para mais uma vez mentir ao povo aracajuano. Infelizmente, a cidade precisa lidar com um homem público inseguro, frágil e sem personalidade”.

 

Tréplica de Eduardo Amorim 2

Eduardo Amorim também rebateu Edvaldo pelo twitter. Disse o senador: “Em resposta ao que disse o prefeito de Aracaju hoje reafirmo que o mandato dele é decepcionante, sim, e quem diz isso é o povo”.

 

Mais um em estado de emergência

O Ministério da Integração Nacional reconheceu ontem situação de emergência em 40 cidades atingidas por desastres naturais no Amapá, Bahia, no Maranhão, Pará, Paraná, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, em Minas Gerais, Sergipe e São Paulo. No estado, Ribeirópolis é o 30º município a entrar em estado de emergência pelo prolongado período de seca e estiagem.

 

Agora é correr atrás

A medida, publicada no Diário Oficial da União de ontem, permitirá que as prefeituras solicitem apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas.

 

Agenda de inauguração

O governador Jackson Barreto vai hoje ao interior do estado inaugurar obras. Em Nossa Senhora do Socorro e Telha vai inaugurar reforma e ampliação de duas escolas respectivamente. Já em Nossa Senhora de Lourdes, participará da solenidade de implantação do Centro Integrado em Segurança Pública (Cisp) do município.

 

 Veja essa...

Informações chegadas à coluna dão conta que um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, com negócios no Rio de Janeiro, aproveitou a ida a cidade maravilhosa para prestar solidariedade aos cinco conselheiros presos do TCE do Rio por recebimento de propina.

 

 

Curtas

 

O novo secretário da Seplag, Rosman Pereira, e o ex-secretário da pasta João Augusto Gama se reuniram ontem. Na oportunidade, Gama passou para seu sucessor os recursos existentes na secretaria e projetos em andamentos.

 

Em discurso ontem na Câmara Federal, o deputado Adelson Barreto falou sobre o Dia Mundial da Saúde, comemorado hoje. Demonstrou preocupação com a situação da saúde pública, cobrou providências do governo federal e destacou que em 2016 quase dois milhões de brasileiros perderam seus planos de saúde, passando a utilizar a rede pública.

 

O presidente da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra), deputado Valadares Filho (PSB), presidiu ontem duas audiências públicas na Cindra.

 

Uma para discutir e debater a redução da rede de atendimentos e de serviços dos Correios, incluindo a demissão de funcionários. Outra para discutir o Decreto nº 8.424/2015, que trata da concessão do benefício de seguro-desemprego, durante o período de defeso, ao pescador profissional artesanal que exerce sua atividade exclusiva e ininterruptamente. 

 

Nos dias 15 e 16 de abril acontecerão as convenções do PSDB nos municípios de Salgado, Estância, Malhador, Pacatuba e Campo do Brito. Até o final deste mês, os demais diretórios municipais do partido também estarão realizando suas convenções. Em Sergipe, o PSDB já está com 65 diretórios municipais estabelecidos.