Escalando o time

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/12/2016 às 00:01:00

Rita Oliveira

 

Escalando o time

 

O prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) anuncia hoje os demais membros da sua equipe de governo. Como a coluna já informou ontem, será às 8h, no auditório do Sindicato dos Bancários, durante entrevista coletiva à imprensa.

A coluna antecipa que a vice-prefeita eleita Eliane Aquino (PT) não mais assumirá uma coordenadoria de política social, mas a Secretaria Municipal de Ação Social. Eliane já tem experiência na área, pois já comandou a Secretaria de Estado da Inclusão Social.

Além da Assistência Social, o PT também vai emplacar um nome na Funcaju. O novo presidente da Funcaju ficará entre o ex-presidente do partido e ex-superintendente do Ibama, Silvio Santos, e o assessor de Márcio Macedo, Cassio Murilo.

As duas indicações do PT é do agrupamento político do secretário nacional de Finanças do partido, o ex-deputado federal Márcio Macedo.

O PSD do deputado federal Fábio Mitidieri deve ficar com a Fundat e Secretaria da Juventude e Esporte. Para a Fundat, o nome que Edvaldo deve anunciar hoje é o de Luiz Roberto, gerente de marketing da Petrobras e ex-presidente do Confiança. Para Juventude e Esporte o nome é o de Jorginho Araújo, filho do ex-deputado estadual Jorge Araújo.

O PRB do deputado federal Jony Marcos e do ainda prefeito de Canindé do São Francisco, Heleno Silva, vai indicar a SMTT. O nome a ser confirmado hoje pelo prefeito eleito pode ser o de Aristóteles Fernandes, conhecido como Dr. Ari, que foi diretor de Operações do Detran na gestão de Chico Dantas.

Para a Secretaria de Comunicação o nome é o do jornalista Luciano Correia, que já foi superintendente da TV Aperipê e da TV Alese. A indicação seria do próprio prefeito eleito, que também já definiu, pela sua quota pessoal e do PCdoB, os nomes de Carlos Cauê para o Governo, Sérgio Sotero para a Saúde e Jefferson Passos para Fazenda. 

No comando da Guarda Municipal, o nome especulado é o do coronel Paiva. Para a Secretaria do Meio Ambiente, que está com a gestão do lixo, o nome deve ser também uma indicação do prefeito eleito ou do PCdoB. Sérgio Ferrari, que trabalhou com Edvaldo na Agência Reguladora de Sergipe, deve ser o nome para comandar a Infraestrutura e Emurb por indicação do futuro prefeito.

A dúvida ontem ainda estava nos nomes para a Secretaria da Educação, do Planejamento, e Indústria e Comércio. Para Educação o nome mais forte é do vereador eleito Antônio Bittencourt (PCdoB), mas ele deseja exercer o mandato de vereador. Cecília Leite também é citada. Bittencourt deverá ser, inclusive, o líder do prefeito na Câmara.

Para Indústria e Comércio, o prefeito queria Jorge Santana, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, que está relutante; e para o Planejamento, o Dulcival Santana, funcionário da CEF e ex-secretário municipal de Planejamento, que não aceitou voltar a comandar a pasta. Já para o Planejamento, Jefferson Passos sugeriu a técnica Ana Cristina, superintendente Executiva da Secretaria de Estado da Fazenda. 

O governador Jackson Barreto e o PMDB já indicaram o ex-deputado federal e ex-secretário da SSP, Mendonça Prado, para a Emsurb.

Agora é aguardar hoje a escalação oficial do time completo de Edvaldo Nogueira, que terá pela frente o grande desafio de reconstruir Aracaju, uma cidade hoje totalmente destruída nesta gestão do ainda prefeito João Alves Filho (DEM)...

.............................................................................

Enxugando a máquina

Em conversa com a coluna, o prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) disse que vai mesmo extinguir a Secretaria de Articulação Política e fazer a fusão da Secretaria de Infraestrutura com a Emurb. EN também pensa em não nomear ninguém para a Secretaria da Defesa Social e Cidadania, deixando que responda pela pasta um outro secretário, que pode ser o de Governo.

 

Ligados a Defesa Social

Estão vinculadas a Defesa Social e Cidadania os órgãos SMTT, Guarda Municipal e Procon. Para isso, será preciso aprovação da Câmara Municipal. 

 

Eleição da Câmara 1

A disputa para a presidência da Câmara Municipal de Aracaju está entre os vereadores reeleitos Nitinho (PSD) e Vinícius Porto (DEM). Segundo uma fonte, se a eleição fosse hoje Vinícius ganharia, com 13 votos.

 

Eleição da Câmara 2

Ainda de acordo com a fonte, na última terça-feira Vinícius se reuniu com 13 vereadores eleitos que fecharam com ele. Alguns que vão apoiar a gestão de Edvaldo Nogueira preferem votar em Vinícius insatisfeito com a sua simpatia por Nitinho, que acham a cara do DEM do ainda prefeito João Alves e da senadora Maria do Carmo Alves.

 

Eleição da Câmara 3

Ressalta a fonte que o nome que pode agregar hoje e ganhar de Vinícius Porto, atual presidente da Câmara, é o de Juvêncio Oliveira (DEM), que tem a simpatia do governador Jackson Barreto (PMDB). Juvêncio, que já declarou apoio à gestão de Edvaldo e a eleição de JB para o Senado, deve se filiar ao PMDB.

 

Eleição da Câmara 4

O entendimento de um vereador é que Nitinho tem de abrir para Juvêncio, para que o agrupamento político do prefeito possa derrotar Vinícius, que deve ter na sua chapa como 1º secretário o vereador Elber Batalha (PSB). Segundo ele, JB consegue para Juvêncio os votos dos dois vereadores do PMDB – Bigode e Dr. Gonzaga -, Jason Neto (PDT), Manuel Marcos (PSDB) e Seu Marcos (PHS). 

 

Eleição da Câmara 5

O problema é que existe um compromisso de Edvaldo Nogueira com o deputado federal Fábio Mitidieri para que ele apoie um candidato do PSD para presidente da Câmara.  Agora é aguardar as negociações até 1º de janeiro, quando acontece a votação da nova Mesa Diretora do Poder Legislativo Municipal. 

 

Posse na Alese 1 

O presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (PMDB), marcou para o dia 02 de janeiro a posse dos suplentes de deputados estaduais Adelson Barreto Filho (PR), o Tijói, e Moritos Matos (PDT). Os dois vão ser empossados nas vagas dos deputados que foram eleitos prefeitos de Nossa Senhora do Socorro e Lagarto, padre Inaldo (PCdoB) e Valmir Monteiro (PSC) respectivamente.

 

Posse na Alese 2

Por opção do também suplente de deputado estadual, Gilmar Carvalho, a sua posse ocorrerá somente no dia 09 de janeiro. Gilmar assumirá a vaga do terceiro deputado eleito prefeito de Estância, Gilson Andrade (PTC).

 

Posse na Alese 3

Segundo Luciano Bispo, a posse dos suplentes Gilmar Carvalho, Adelson Barreto Filho e Moritos Matos acontecerá no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, em horário ainda a ser definido.

 

Justificando a posse 1

O presidente da Alese explica as dúvidas sobre a possibilidade de Tijói não assumir a vaga aberta com a eleição do padre Inaldo como prefeito de Socorro, devido a processos junto à Justiça Eleitoral referente à Operação Indenizar-se. Ele é um dos 10 vereadores de Aracaju que foi afastado da Câmara por decisão judicial, mediante acusação de uso indevido das verbas indenizatórias da Câmara Municipal. Na decisão judicial o juiz diz que todos os vereadores afastados estão proibidos de exercer função pública.

 

Justificando a posse 2

Segundo Luciano, o Tijói vai assumir mandato na Assembleia por não ter nada cassando o diploma de deputado. “No dia 2, ele chegando com o diploma e se apresentando, a Assembleia Legislativa de Sergipe tem a obrigação de nomear. Só Gilmar pediu para o dia 9, apesar de que eles têm 30 dias para assumir”, explicou.

 

Porque Moritos

O suplente de Valmir Monteiro era Diógenes Almeida, mas como ele foi eleito prefeito de Tobias Barreto sua cadeira na Assembleia vai para o segundo suplente, que é o ex-vereador Moritos Matos. Moritos não conseguiu ser eleito novamente vereador.

 

Aparecida

Três aliados da prefeita reeleita de Nossa Senhora Aparecida, Vera Souza (PMDB), disputam o comando do legislativo municipal a partir de fevereiro de 2017. Estão no páreo os peemedebistas professor Nal e Totô, e correndo por fora Erinaldo da Cruz (PT). As negociações do grupo apontam para uma vitória de Totô, que além de ser primo da gestora é pessoa de extrema confiança e um possível sucessor para 2020.

 

No vermelho em 2017 (1)

Mesmo após um socorro bilionário do governo federal, com o alívio no pagamento da dívida com a União, a crise nos Estados deve ter um novo capítulo em 2017. Doze governos estaduais projetam um déficit primário em seus orçamentos no ano que vem, segundo levantamento feito pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, e outros admitem a possibilidade de frustração de receitas, o que levaria a uma lista maior de resultados negativos.

 

No vermelho em 2017 (2)

Sergipe está entre os 12 estados que projetam um déficit primário em seus orçamentos em 2017. Desses 12 estados, a situação mais crítica são do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

 

Último dia

Quem não votou no segundo turno das eleições municipais de 2016 tem até hoje para justificar a sua ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, o eleitor deve preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral (disponível na internet) e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral, onde deve apresentar também um documento oficial original com foto, como carteira de identidade (RG), carteira de habilitação ou carteira de trabalho.

 

 

CURTAS

 

Na convocação extraordinária dos deputados estaduais, cuja sessão foi realizada ontem, dois projetos de lei do Executivo foram aprovados por unanimidade em sete sessões consecutivas.

 

São eles: o que trata da instituição do Fundo de equilíbrio fiscal do estado e da suplementação orçamentária para a Secretaria de Educação no valor de R$ 20 milhões oriundos dos recursos da repatriação.

 

Os deputados não receberão remuneração extra pela convocação extraordinária neste recesso parlamentar. O início dos trabalhos legislativos de 2017 está marcado para o dia 15 de fevereiro.

 

A nova legislatura na Câmara Municipal começa também dia 15 de fevereiro. Os novos vereadores tomam posse no dia 1º de janeiro, às 15h, no Tribunal de Justiça, e logo depois elegem a nova Mesa Diretora para o biênio 2017/2018.

 

Às 17h empossam o prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e a vice Eliane Aquino (PT), também no Tribunal de Justiça.

...................................................... 

O presidente estadual do PSD, deputado federal Fábio Mitidieri, disse à coluna que está tranquilo com relação à eleição do vereador Nitinho (PSD) para presidente da Câmara. “Sei que toda eleição é difícil, mas estamos confiantes na vitória de Nitinho, que é o candidato também do prefeito eleito Edvaldo Nogueira e do governador Jackson Barreto”, disse.

Ao ser questionado sobre a reunião que Vinícius teve com 13 vereadores, Fábio disse que teve conhecimento e que alguns que participaram da reunião vão votar com Nitinho.