Ainda o aumento imoral

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/12/2016 às 00:03:00

Rita Oliveira 

 

Ainda o aumento imoral

 

Liminar movida por ação popular suspendeu o aumento salarial de 26,34% aos vereadores de São Paulo, aprovado no último dia 20 pela Câmara Municipal. O salário passaria de aproximadamente R$ 15 mil para R$ 18.991,68 no próximo ano.

A decisão do juiz Alberto Alonso Muñoz determinou a manutenção dos salários nos valores atuais. O magistrado considerou irregular a aprovação de aumento de despesa com pessoal expedido 180 dias antes do fim da legislatura.

Os vereadores aprovaram o reajuste de seus salários a 11 dias do término de seus mandatos. Além disso, o aumento para a próxima legislatura foi aprovado antes mesmo de aprovação do orçamento do município.

Na justificativa apresentada para o Projeto de Resolução (PR) 12/2016, um dos argumentos é que o reajuste é inferior à variação dos índices inflacionários no período entre janeiro de 2013 e setembro de 2016 e que o projeto buscava apenas recompor o valor “corroído pela inflação”.

Os vereadores de Aracaju também aprovaram aumento salarial para 2017 em torno de 26%, elevando seus salários de R$ 15 mil para R$ 19 mil. Fizeram isso na surdina, em maio deste ano, mas somente tendo sido propagado agora no final do ano, causando grande indignação na população que sofre com a falta de reajuste salarial e salário atrasado. Esse é o caso dos servidores públicos do estado e do município de Aracaju.

O vereador Iran Barbosa (PT), que mesmo tendo votado contra o aumento, somente agora, diante da manifestação contrária dos aracajuanos sobre o reajuste, entrou na Justiça para coibir o aumento imoral nesse momento de crise econômica, atraso de salário e desemprego. O que se espera é que a Justiça acate.

O salário de R$ 15 mil que os vereadores recebem já é um salário significativo por um trabalho de apenas três dias na semana (terça a quinta-feira) e na maioria das vezes em um turno só. Sem falar que esse valor corresponde hoje ao mesmo salário de um vereador de São Paulo, que é uma grande metrópole, com cerca de 12 milhões de habitantes e um custo de vida muito alto. A população de Aracaju é em torno de 600 mil habitantes, o correspondente a 5% da capital paulista.

 O ano está terminando e o aumento abusivo e imoral dos vereadores de Aracaju ainda não foi revogado. O que é lamentável ...

........................................................................................................................

 

 

Os poupados

Com o título acima o Correio Braziliense de ontem noticiou a seguinte nota: “Do rol de governadores do Nordeste, apenas Jackson Barreto, de Sergipe, e Camilo Santana, do Ceará, escapam de qualquer citação na lista da Odebrecht”.

 

Na lista 1

De Sergipe, o ainda prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) é um dos que aparece na lista de doações da Odebrecht. O documento, apreendido pela Polícia Federal durante a 23ª etapa da Operação Lava Jato, realizada em 22 de fevereiro deste ano, contém mais de 200 nomes de figuras públicas, como deputados, senadores, prefeitos e líderes partidários.

 

Na lista 2

As planilhas estavam com Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura, e conhecido no mundo empresarial como “BJ''. Nos documentos apreendidos com ele, que se encontra preso, João Alves aparece em três arquivos diferentes. Em um deles, o nome do prefeito aparece ao lado de um valor (30,00), que teria sido repassado pela BRK, que foi uma holding fruto de uma parceria entre a Petrobras e a Odebrecht. Em outra planilha, João é relacionado a um valor maior (500,00), que teria sido repassado em 2014, ano no qual ele não disputou eleição. O valor é anilado numa lista cujo título é “PROJ 2014”.

 

Na lista 3

Em outra página, o nome do prefeito surge ao lado novamente de 500,00, com uma marcação de caneta, que seria uma espécie de confirmação do repasse e uma numeração que sugere uma data (6/9) – 6 de setembro, de 2014. Os documentos relacionam nomes de políticos conhecidos em todo o país como Aécio Neves (PSDB-MG), ACM Neto (DEM-BA), Romero Jucá (PMDB-RR) e Humberto Costa (PT-PE), entre vários outros.

 

Indignado

Na época que a lista foi divulgada, em março deste ano, o prefeito João Alves emitiu uma nota no final da tarde sobre a citação ao seu nome.  Na nota, se mostrou indignado. Disse que nem ele, nem o partido Democratas de Sergipe recebeu nenhum tipo de doação da empresa.

 

Na vizinhança 1

Com a não realização do tradicional réveillon na orla da Atalaia, promovido pela Prefeitura de Aracaju, o governador Jackson Barreto (PMDB) resolveu investir na virada do ano na Atalaia Nova. O Estado, através do Banese, ajudará a Prefeitura da Barra dos Coqueiros a fazer a festa.

 

Na vizinhança 2

Vão ser atrações no réveillon 2017 da Atalaia Nova: Maysa Reis, Ed City e banda OS3. Haverá ainda a tradicional queima de fogos na virada do ano.

 

Na vizinhança 3

O governador Jackson Barreto passará o réveillon na Atalaia Nova, onde tem casa de praia e costuma veranear. Estará na companhia de amigos, familiares e aliados. 

 

Vídeo natalino

Para encerrar o ano de 2016, JB gravou uma mensagem na qual avaliou as conquistas deste ano e mostrou que com muito trabalho os desafios foram enfrentados, garantindo o funcionamento do governo.

 

Sucessão estadual 1

Em conversa com a coluna sobre as eleições 2018, o senador Eduardo Amorim (PSC) disse que estava preparado para concorrer ao governo. “Nunca estive tão determinado e preparado para o governo. Se em 2014 já estava, imagine agora que andei muito pelo estado e sou conhecedor dos problemas de Sergipe”, afirmou, enfatizando que os problemas são “infinitamente maiores” agora devido à crise econômica.

 

Sucessão estadual 2

Apesar de se sentir preparado e determinado para disputar o governo, Eduardo disse que a decisão não é sua, mas do seu agrupamento político. Ressalta que no seu grupo tem ainda os nomes do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e do líder do governo na Câmara, André Moura (PSC).

 

Sucessão estadual 3

Ainda de acordo com o senador, no tempo certo o seu agrupamento vai decidir o nome para disputar o sucessor do governador Jackson Barreto. Defende que seja já no segundo semestre de 2017.

 

Sucessão estadual 4

Ao ser questionado se uma provável candidatura do empresário Ricardo Franco inviabilizaria seu projeto político de disputar o governo, Eduardo disse que isso nunca foi discutido nem dialogado com o seu agrupamento. Mas acredita que não vai inviabilizar o projeto do seu bloco político.

 

Velho Chico 1

O Ministério da Integração Nacional e o governo pernambucano fecharam ontem um acordo para o empréstimo de quatro conjuntos de motobombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para o Projeto de Integração do Rio São Francisco. O objetivo é antecipar a chegada da água do São Francisco aos estados da Paraíba e de Pernambuco.

 

Velho Chico 2

Apesar do Projeto de Integração estar próximo à conclusão, o governo federal quer agilizar a chegada da água à população a ser beneficiada, que amarga o quinto ano seguido de seca. Os equipamentos vão acelerar a passagem da água pelas estruturas do eixo Leste do projeto e permitir que a região de Campina Grande, na Paraíba - um dos estados mais atingidos pela seca - seja beneficiada no começo de 2017.

 

Velho Chico 3

O Projeto de Integração do Rio São Francisco, que ora apresenta 90% de conclusão, beneficiará 12 milhões de pessoas em 390 localidades nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, e ainda as 294 comunidades rurais às margens dos canais. Quando concluídos, os Eixos Norte e Leste captarão a água do Rio São Francisco, que percorrerá 477 quilômetros de canais, abastecendo adutoras e ramais que irão perenizar rios e açudes e beneficiar vários municípios.

 

Veja essa...

Mesmo no período natalino o assunto mais comentado nas famílias foi o vídeo gravado na sede da Prefeitura de Aracaju, em que aparece um homem retirando, na surdina, documentos por uma das janelas da sala da PMA quando faltava uma semana para o encerramento da trágica gestão do prefeito João Alves. O vídeo bombou nas redes sociais. A sociedade espera uma ação da Justiça o mais rápido possível.

 

CURTAS

 

O prefeito eleito Edvaldo Nogueira (PCdoB) anuncia até essa quarta-feira a composição do secretariado que está faltando.

 

O governador Jackson Barreto continua visitando o interior do estado para inaugurar obras ou dar ordem de serviço.

 

Ontem JB foi a Itaporanga D´Ajuda, onde, ao lado da prefeita Gracinha, inaugurou várias obras como a revitalização e implantação do sistema simplificado de abastecimento de água em povoados; inaugurou Unidades Básica de Saúde também em povoados; e um ginásio de esportes.

 

O ex-vereador, o empresário Sandro de Miro, está formando uma rede de rádio. Além da Liberdade FM, já adquiriu uma rádio em São Cristóvão, em Laranjeiras e em Carmópolis.

 

Aos amigos Sandro de Miro tem dito que não quer fazer política, mas jornalismo e música voltados para um público mais jovem.

.............................................. 

Laranjeiras foi um dos municípios beneficiados com emendas parlamentares do líder do governo na Câmara dos Deputados, André Moura (PSC-SE). Para a cidade histórica, o repasse foi no valor de R$ 510.995,10, sendo utilizado na pavimentação de vias públicas, beneficiando diretamente 2.800 famílias.

Segundo André, o investimento foi uma maneira de corroborar sua responsabilidade com os sergipanos que o elegeram. “Nada mais gratificante do que ver nosso trabalho sendo bem desenvolvido. Laranjeiras é uma das cidades mais importantes em nosso estado, principalmente no âmbito histórico-cultural, então, para mim, é uma honra colaborar com o avanço do município”, disse.