Começa a campanha

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O ex-prefeito Ivan Leite (Estância) demonstrou ontem simpatia pela pré-candidatura do professor Anderson Gois a vereador de Aracaju pelo PRB. \"O jovem irrequieto professor Anderson Gois vem conquistando a simpatia e apoio de muitos pela sua forma de
O ex-prefeito Ivan Leite (Estância) demonstrou ontem simpatia pela pré-candidatura do professor Anderson Gois a vereador de Aracaju pelo PRB. \"O jovem irrequieto professor Anderson Gois vem conquistando a simpatia e apoio de muitos pela sua forma de

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 25/05/2016 às 00:34:00

O ex-prefeito Ivan Leite (Estância) demonstrou ontem simpatia pela pré-candidatura do professor Anderson Gois a vereador de Aracaju pelo PRB. "O jovem irrequieto professor Anderson Gois vem conquistando a simpatia e apoio de muitos pela sua forma de ser, inclusive a minha. Gostar de fazer e participar das atividades do povo é sem dúvidas uma boa característica para quem quer se eleger vereador", disse Ivan.

Começa a campanha

O pré-candidato a prefeito Zezinho Sobral (PMDB) vem trabalhando o seu nome como um "bom gestor". Tem mostrado que nos últimos nove anos comandou bem as Secretarias de Estado da Agricultura, Planejamento, Casa Civil e a Saúde.

A Saúde, o calcanhar de Aquiles de qualquer gestor, foi a última pasta que Zezinho administrou antes de se desincompatibilizar do cargo, no final de março deste ano, para disputar a Prefeitura de Aracaju. Ele ficou à frente da pasta por um ano e três meses, ou seja, de janeiro de 2015, quando Jackson Barreto (PMDB) assumiu o novo governo, a março passado.

Esse perfil de bom gestor de Zezinho já está sendo absorvido pela população, assim como o fato de que é uma liderança jovem e que representa o novo na política sergipana.
Os comentários ontem nas rodas políticas eram que o senador Eduardo Amorim (PSC), também pré-candidato a prefeito da capital, quer desmistificar o rótulo de que Zezinho é um bom gestor.

O que gerou esse assunto foi a visita de Eduardo Amorim, anteontem, ao presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Clóvis Barbosa, oportunidade em que pediu cópias das inspeções realizadas na Fundação Hospitalar de Sergipe (FHS). O senador foi acompanhado dos deputados estaduais Antônio dos Santos (PSC) e Georgeo Passos (PTC).
Amorim justificou a sua ida ao TCE dizendo que estava preocupado com as informações que tem recebido sobre a FHS e que precisava formar uma convicção sobre o encaminhamento a dar à questão. "Essa questão nos preocupa demais, não só pelos mais de seis mil funcionários da Fundação Hospitalar, como também pela dívida de mais de R$ 300 milhões".

Ele chegou a questionar como ficará a situação desses trabalhadores com a Fundação Hospitalar de Saúde já "praticamente falida, quebrada". Disse que estará analisando a documentação da inspeção da Corte com os deputados e depois vão marcar audiência com o Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual.
Tem quem acredite que com esses números da FHS, o senador e pré-candidato a prefeito Eduardo Amorim vai querer colocar essa batata quente no colo de Zezinho Sobral, que só ficou 15 meses à frente da Fundação. Vai querer passar que ele não teve competência para resolver a situação crítica em que se encontra e com uma grande dívida.
Vamos aguardar o desenrolar dos acontecimentos... 

Cassado
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu ontem à noite o registro da candidatura do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (PMDB) nas eleições de 2014, cassando o seu mandato. Ele havia sido condenado por improbidade administrativa na época em que foi prefeito de Itabaiana e já havia tido o seu registro negado pelo TRE. O julgamento em Brasília já foi um recurso.

Recurso
Logo após o julgamento, o diretor de imprensa da Assembleia, Marco Aurélio, informou que os advogados já estão devidamente preparados para, assim que a decisão for publicada no Diário Oficial, ingressar com os recursos que a legislação brasileira garantem nestes embates jurídicos. Luciano Bispo mantém-se confiante na sua defesa. Além dos agravos no próprio TSE, ele ainda pode recorrer ao STF.

Assembleia
Caso Luciano seja mesmo afastado da Assembleia, quem assume a presidência é o deputado Garibalde Mendonça, também do PMDB. E a vaga de deputado caberia a Conceição Vieira (PT).
Unidade do bloco
Na conversa que teve na noite da última segunda-feira com o prefeito Heleno Silva (PRB/Canindé) e o deputado federal Jony Marcos (PRB), o governador Jackson Barreto (PMDB) fez uma explanação de como está vendo a política no estado e o seu sonho de manter o grupo unido não só em 2016, mas em 2018. Reafirmou que não é candidato ao Senado em 2018 e que o seu papel é manter o grupo unido para 2018 continuar com o projeto.

No relógio de JB
Com relação as eleições em Aracaju, o governador disse que ainda não tomou nenhuma posição, que vai se decidir no final de maio após a realização de uma nova pesquisa de intenção de votos que encomendará.

Ponto de vista
JB perguntou a Heleno e Jony como eles estavam vendo as eleições em Aracaju. Os dois fizeram a avaliação de que estava aberta e que a população não estava finalizando candidatura porque as pesquisas mostravam muita oscilação.

Avaliação positiva
Heleno Silva avaliou como boa a conversa que teve com o governador Jackson Barreto. "O papo foi para aguardar uma posição sobre candidatura. Sai com a impressão de que ele está sendo muito correto com os partidos aliados visando 2018. Mostrou veracidade nisso. Se Zezinho Sobral tiver chance de vitória acho justo que o governador o apoie. Qualquer partido com um candidato competitivo os líderes devem apoiar".

O bloco almejado
Na concepção do prefeito de Canindé do São Francisco, Jackson está dando um tempo para o PMDB viabilizar o nome de Zezinho. E tem o desejo de manter unido os partidos PMDB, PT, PDT e PRB.  

Subvenção social
Entrou na pauta de julgamento de ontem do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o processo contra o deputado estadual afastado Augusto Bezerra (DEM) pela acusação de caixa 2 com dinheiro das subvenções da Assembleia Legislativa, cujo uso irregular foi a razão do seu afastamento da Alese e cassação do mandato. Quando no julgamento Augusto perdia por 1 x 0, com o relator, o desembargador Edson Ulisses, votando pela procedência da representação do Ministério Público Eleitoral, ou seja, pela cassação do seu mandato, o juiz Jorge Luis Almeida Fraga pediu vistas dos autos.
Registro
Antes do início do julgamento, o TRE superou duas questões de ordem: uma atinente ao pedido de adiamento do julgamento formulado pelo advogado de Augusto Bezerra, Fabiano Feitosa,  pelo falecimento do seu cliente e amigo, o ex-prefeito Valdione Sá (Itabi), e outra referente à impossibilidade de julgamento do feito face à ausência de um membro da classe jurista. Na questão de ordem do advogado, foi colocado que ele podia ser representado no julgamento por outros advogados que acompanham o processo.

Procon
O diretor do Procon Estadual, Luiz Roberto Azevedo Júnior,  está se desincompatibilizando do cargo após mais de 3 anos de gestão para ser pré-candidato a prefeito em Santa Rosa de Lima. Júnior Macarrão, como é conhecido, é filiado ao PSD e tem apoio da base do governo Jackson Barreto nas eleições municipais deste ano.

Turismo
Quem também já está arrumando as gavetas para deixar o cargo para disputar a Prefeitura de São Cristóvão é o secretário de Turismo, Adilson Júnior. O prazo acaba no dia 02 de junho, o correspondente a quatro meses antes das eleições municipais.

O foco
Para o deputado federal André Moura (PSC) a sua principal missão como líder do governo Michel Temer na Câmara é destravar a pauta e levar à votação o maior número possível de propostas do interesse da Nação, com os problemas políticos após aprovação da admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa.

Festejando
Ele comemora o fato de em pouco menos de uma semana na liderança do governo, teve a habilidade política para encaminhar à discussão e aprovar matérias engavetadas, em alguns casos há 18 meses, a exemplo de três Medidas Provisórias fundamentais que trancavam a pauta, entre as quais a da Zica e a do Setor Elétrico.

No Senado
Com uma indicação dos senadores Ricardo Franco (DEM) e Eduardo Amorim (PSC), o empresário José Augusto Vieira (Grupo Maratá) recebeu na manhã de ontem o Diploma José Ermírio de Moraes, um reconhecimento a empresários de destaque que contribuíram para a economia nacional e o progresso do país. Entre os presentes o ex-governador Albano Franco (PSDB), o deputado federal Fábio (PMDB) e a deputada estadual Goretti Reis (PMDB).

Perda de bens
O deputado estadual Antonio dos Santos (PSC) disse ontem que mediante a dívida elevada da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) - cerca de R$ 300 milhões - o seu patrimônio pode ser requisitado por aqueles que tem algo a receber. Acredita que isso pode acontecer porque a FHS é de direito privado e que o que o estado repassa não dar para pagar despesas operacionais, credores e serviços.

Veja essa...
Contrariado porque o vereador Bigode (PMDB) tinha votado contra uma emenda de sua autoria no plenário da Câmara, o vereador Bertulino Menezes (PSB) chegou para o colega parlamentar na sala de reunião da Câmara Municipal de Aracaju, na semana passada, dizendo: "Vereador, vou lhe torar no Santa Maria". Bigode reagiu dizendo: "Vereador, que palavra é essa? e Bertulino respondeu: "eu vou torar".

...e essa...
Disse Bigode: "Se você tem dinheiro e acha que vai comprar os votos do povo está enganado. O Santa Maria não se vende, pois não é mercadoria, não é cavalo, nem boi nem vaca. E se for fazer isso vou lhe prender". Bertulino, sem nenhum pudor, pediu dinheiro emprestado ao colega vereador para "comprar os votos daquele povo todo". O tempo esquentou com a discussão acirrada dos dois.

Curtas
A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou na manhã de ontem Projeto de Lei do deputado Fábio Reis (PMDB), que obriga concessionárias federais e permissionárias que exploram serviços públicos, como telefonia, água, luz e esgoto, a oferecer ao usuário final pelo menos seis opções de datas de vencimento das faturas. Atualmente, apenas as concessionárias dos Estados e do Distrito Federal têm essa obrigação.

Na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Georgeo Passos (PTC) alertou que as contas públicas do Governo do Estado podem ser bloqueadas a qualquer momento, pelo atraso no pagamento dos valores que se referem às sentenças judiciais com trânsito em julgado.

Disse que tem precatórios inscritos desde 2002 aguardando para serem pagos e que segundo dados da Secretaria de Estado da Fazenda, em dezembro de 2015, essa dívida chegou ao montante de R$ 845 milhões, levando em consideração a administração direta e indireta.

O governador Jackson Barreto assinou decreto para reduzir gastos com custeios na administração pública. Definiu que será criada uma Comissão Especial visando rever todos os contratos de aluguéis mantidos com o governo e ainda colocar à venda imóveis pertencentes ao Estado que não são usados.

Segundo JB, a medida foi adotada para controle dos gastos públicos e, consequentemente, poder implantar o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos servidores estaduais e pagamento do 13º salário dos.