Maio das decisões políticas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Uma nova aliança para as eleições deste ano está se consolidando: PSB, PSD, PRB e possivelmente PDT. Ontem, em um restaurante de Aracaju, almoçaram o pré-candidato a prefeito Valadares Filho, os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Jony Marcos (PRB)
Uma nova aliança para as eleições deste ano está se consolidando: PSB, PSD, PRB e possivelmente PDT. Ontem, em um restaurante de Aracaju, almoçaram o pré-candidato a prefeito Valadares Filho, os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Jony Marcos (PRB)

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/05/2016 às 00:02:00

Uma nova aliança para as eleições deste ano está se consolidando: PSB, PSD, PRB e possivelmente PDT. Ontem, em um restaurante de Aracaju, almoçaram o pré-candidato a prefeito Valadares Filho, os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Jony Marcos (PRB), além do prefeito Heleno Silva (PRB-Canindé).
Para Fábio Mitidieri, no almoço o "futuro de Aracaju estava em Pauta". Chegou a dizer "agora é renovar".

Maio das decisões políticas

Finalmente chegou maio, o mês das definições políticas para prefeito de Aracaju na base aliada do governador Jackson Barreto (PMDB). JB fixou este mês como o prazo para que defina o seu candidato entre os três pré-candidatos: Zezinho Sobral (PMDB), Valadares Filho (PSB) e Edvaldo Nogueira (PCdoB).
Mesmo as convenções partidárias acontecendo em julho e não mais em junho, como era antes, é muito provável que as outras lideranças partidárias também definam neste mês de maio os seus pré-candidatos a prefeito.

É que o tempo de campanha foi reduzido para apenas 45 dias e haverá dificuldade de recursos por conta do escândalo da Operação Lava Jato, que levou à prisão grandes empreiteiros do país por pagamento de propina a políticos na campanha eleitoral.   
Com a grana curta e o tempo de campanha insignificante, os pré-candidatos a prefeito precisam correr contra o tempo. A melhor opção é definir logo os nomes, conquistar a maior quantidade possível de aliados e correr atrás do apoio dos eleitores.

Na base aliada do governo é muito provável que Jackson Barreto sacramente o nome de Zezinho Sobral como seu pré-candidato. Isso ficou claro na noite da quinta-feira passada, quando aconteceu o lançamento da sua pré-candidatura com as presenças do próprio governador, deputados e vereadores peemedebistas, entre outras lideranças do partido.
A opção de JB por um candidato próprio do seu partido não vai inviabilizar as pré-candidaturas de Valadares Filho e Edvaldo Nogueira. Eles só vão ter que ir em busca de outros aliados dentro mesmo do arco de aliança.

Valadares Filho tanto tem a opção de buscar aliança no bloco governista, a exemplo de PDT e PRB, cujas lideranças externaram simpatia ao seu nome, quanto na oposição, com o bloco liderado pelos irmãos Amorim. Hoje ele tem oficializado o apoio do PSD, do deputado federal Fábio Mitidieri.
Fora da base governista existem duas outras pré-candidaturas: a do prefeito João Alves Filho (DEM) e a do senador Eduardo Amorim (PSC). Tem muita gente apostando que nenhum dos dois será candidato.
A coluna avalia que a pré-candidatura de Eduardo pode ser pra valer, pelo fato dele já aparecer bem nas pesquisas para consumo interno. E que a de João Alves pode não vingar, por não estar bem nas pesquisas e ter a maior rejeição entre os cinco pré-candidatos.
Certo mesmo é que até 30 de julho, fim do prazo das convenções, tem muita água para rolar por debaixo da ponte...

Café da manhã
Os deputados federais Valadares Filho (PSB) e Fábio Mitidieri (PSD) tomaram ontem café da manhã. No cardápio, a sucessão municipal em Aracaju, em que Valadares Filho já conta com o apoio do PSD desde janeiro, mas foi surpreendido com a declaração de Mitidieri de que o partido pode não apoiá-lo se fizer uma composição com o senador Eduardo Amorim (PSC) ou o prefeito João Alves (DEM). Fábio defende que a composição seja entre os 11 partidos da base aliada do governador.

Almoço
Nessa direção, Valadares Filho e Fábio Mitidieri almoçaram ontem com o deputado federal Jony Marcos (PRB) e o prefeito Heleno Silva (PRB-Canindé do São Francisco). Os dois buscam o apoio do PRB à pré-candidatura de Valadares Filho em Aracaju.
PDT
Segundo Valadares Filho, ele também vai voltar a conversar com o PDT do prefeito Fábio Henrique (Nossa Senhora do Socorro), que estava de licença e chegou ontem a Sergipe. Nas conversas entre as lideranças do PSB, PSD e PRB, além da aliança dessas três legendas, se discutiu a importância de uma composição com o PDT.

Com JB
Está pré-agendado para hoje, em Brasília, uma conversa de Valadares Filho com o governador Jackson Barreto sobre a sucessão municipal em Aracaju. O parlamentar, que solicitou audiência na quinta-feira passada, quer saber se JB já tem uma definição do seu candidato a prefeito, uma vez que ele mesmo falou que isso ocorreria em maio.
Cautela
De Valadares Filho ao ser questionado se seguirá os conselhos do senador Valadares no sentido do PSB entregar os cargos que tem no governo e ele, na conversa com JB, não só agradecer pelos cargos, mas dizer que continua aliado: "Não foi surpresa o que o senador falou. Essa questão já vem sendo discutida internamente no partido, mas só vou me manifestar após conversa com o governador", afirmou.

Conselho político  
Nas rodas políticas do cafezinho no shopping o que vem rolando é que o prefeito João Alves (DEM) vem sendo aconselhado a fazer uma composição com o senador Eduardo Amorim (PSC), indicando a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) como sua vice. Esse entendimento passaria por 2018, com JAF disputando o senado e EA o governo.
O primeiro a apoiar
Esse entendimento teria o apoio do ex-governador Albano Franco (PSDB). Isso porque Maria do Carmo sendo eleita vice, com chance de assumir a prefeitura em 2018 com a saída de Amorim para disputar o governo, o seu filho Ricardo Franco (DEM) deixaria a condição de suplente de D. Maria para ser titular da cadeira do senado.

Socorro
Mais da metade dos vereadores de Nossa Senhora do Socorro foi ao café da manhã promovido pelo ex-prefeito e pré-candidato a prefeito do município, José Franco (PSDB), no sábado, em sua residência. Na oportunidade, Zé Franco apresentou certidões da CGU e TSE de que não há impedimentos para ser candidato a prefeito já em 2016 e pediu apoio.

Propriá 1
O presidente do Sindiserv de Propriá, Cláudio Barros Herculano, denunciou ontem à coluna que os servidores municipais estão há quase dois meses sem receber salários e os terceirizados há quatro meses. Segundo ele, só estão com salários em dia os funcionários das Secretarias Municipais de Saúde e da Educação.
Propriá 2
De acordo com o líder sindical, o prefeito José Américo (PSC) vem perseguindo os dirigentes do Sindiserv por denunciar seu descaso com os servidores. Baixou decreto nº 051/2016, de 12 de abril de 2016, revogando decreto nº 639, de 7 de novembro de 2013, proibindo a cessão de servidores, o que impede que os dirigentes da entidade fiquem à disposição do sindicato.

Própria 3
Ainda segundo Cláudio Barros, o prefeito quer acabar com o Sindiserv de Propriá ao exigir carta sindical. "O sindicato não tem essa carta, somente registro em cartório e CNPJ", disse.

Alvo de críticas
O juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto, foi muito criticado ontem nas redes sociais por ter determinado o bloqueio do aplicativo de mensagens WhatsApp por 72 horas, a partir desta segunda-feira, às 14h. O magistrado foi o mesmo que em março expediu medida cautelar determinando a prisão do vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan.

Na Câmara 1
A Frente Parlamentar Mista pela Internet Livre e Sem Limites divulgou nota de repúdio à determinação de bloqueio do aplicativo Whatsapp. Formada por 220 parlamentares, a frente informou que vai entrar com mandado de segurança no Tribunal de Justiça de Sergipe com pedido de liminar contra a decisão do juiz Marcel Montalvão.

Na Câmara 2
Na nota de repúdio, a frente parlamentar critica o atraso das instituições brasileiras e ressalta que é fundamental a democratização do acesso à informação. "A sociedade brasileira está no digital, enquanto as instituições permanecem no analógico", diz o presidente da frente, deputado JHC (PSB-AL), que assina a nota.

Registro
O bloqueio do Whatsapp abarca todo território nacional, atingindo mais de 100 milhões de brasileiros. O juiz quer o repasse de dados do Whatsapp sobre uma quadrilha interestadual de drogas para uma investigação da Polícia Federal. Os executivos do Whatsapp afirmam que não possuem esses dados.

Veja essa....
O pré-candidato a prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) participou, ao lado da ex-primeira dama Eliane Aquino (PT), da programação da Central dos Trabalhadores do Brasil para comemorar o 1º de maio, Dia do Trabalhador. Com os dois estavam várias lideranças do PT como: o secretário nacional de Finanças do PT, Márcio Macedo, o deputado federal João Daniel, a deputada estadual Ana Lúcia e o vereador Iran Barbosa. Também presente a vereadora Lucimara Passos (PC do B). Não faltou quem não questionasse se já estava formada a chapa Edvaldo/Eliane.

Curtas
O governador Jackson Barreto (PMDB) embarcou ontem à tarde para Brasília.

Não aconteceu no final de semana um encontro do deputado federal Valadares Filho e do senador Valadares com o deputado federal André Moura (PSC) e o senador Eduardo Amorim (PSC). Foi o que garantiu à coluna Valadares Filho.

Eduardo Amorim garante que continua com a sua caminhada e conhecendo a realidade de Aracaju, que o seu nome está à disposição do grupo e que não vem conversando com outros pré-candidatos.   

Os servidores públicos da Secretaria de Estado da Educação e de empresas com recursos financeiros, como Deso, Segrase, Ipesaúde e Ipesprevidência, receberam seus salários do mês de abril no final de semana.

Já os servidores celetistas de empresas como Codise e Cohidro receberão os salários no 5º dia útil. Os demais servidores vão receber no dia 11 de maio.