A noiva da vez

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Todos juntos pela saúde. Conversa civilizada entre o prefeito João Alves (DEM), o vice-governador Belivaldo Chagas (PSB) e o secretário Zezinho Sobral (Saúde). Foi durante lançamento da campanha contra o Aedes aegypti no 28º Batalhão de Caçadores.
Todos juntos pela saúde. Conversa civilizada entre o prefeito João Alves (DEM), o vice-governador Belivaldo Chagas (PSB) e o secretário Zezinho Sobral (Saúde). Foi durante lançamento da campanha contra o Aedes aegypti no 28º Batalhão de Caçadores.

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/02/2016 às 00:28:00

Todos juntos pela saúde. Conversa civilizada entre o prefeito João Alves (DEM), o vice-governador Belivaldo Chagas (PSB) e o secretário Zezinho Sobral (Saúde). Foi durante lançamento da campanha contra o Aedes aegypti no 28º Batalhão de Caçadores.

A noiva da vez

O PRB liderado no estado pelo prefeito Heleno Silva (Canindé do São Francisco) e o deputado federal Jony Marcos foi um dos partidos que mais cresceu em Sergipe. Nas eleições de 2014, a legenda elegeu no estado um deputado federal e um deputado estadual. Em 2012, conseguiu eleger dois prefeitos.
Além dessa força política, o PRB é um partido de evangélicos. Esse é um segmento forte na política partidária, por ter fiéis seguidores dos seus pastores.

Em Sergipe, a legenda integra a base aliada do governador Jackson Barreto (PMDB). Esteve na aliança com JB ao lado do PT / PSD / PC do B / PRTB / PDT / PRP / PROS / PSDC / PMDB / PSB).
A base aliada do governador tem hoje três pré-candidatos a prefeito: Valadares Filho (PSB), Edvaldo Nogueira (PCdoB) e Zezinho Sobral (PMDB). Todos estão conversando em busca de apoios e até o momento só Valadares conseguiu uma importante adesão, a do PSD.
Dos partidos da base de JB, tirando os três que têm pré-candidatos, dois são bem representativos e com um bom tempo de televisão: o PT e o PRB. Como o PT está desgastado, com os escândalos de corrupção no país e o agravamento da crise econômica no governo petista da presidente Dilma Rousseff, o PRB é o partido da bola da vez.

Para onde a legenda pender nas eleições deste ano, em Aracaju, pode fazer a diferença. Em razão disso, o PRB vai ser uma noiva muito cortejada até as convenções partidárias de julho. As lideranças não querem muita coisa: só o apoio a pré-candidatura de Jony Marcos a prefeito de Nossa Senhora do Socorro.
A eleição de Jony Marcos é uma das prioridades do PRB, que além do deputado federal terá mais de 20 pré-candidatos a prefeito em Sergipe, com o foco maior na região do sertão.
Hoje o PRB está muito próximo do pré-candidato Zezinho Sobral, podendo avançar a coligação PMDB, PT, PRB e até PDT, segundo informou o próprio Heleno à coluna. Para isso, o candidato peemedebista tem que conseguir emplacar o seu nome e aparecer bem nas pesquisas de intenções de votos, para que seu nome seja registrado nas convenções partidárias de julho como candidato a prefeito.
Agora é aguardar os entendimentos políticos, que vão afunilar a partir de março e se consolidar em julho.

Sucessão 1
Em conversa com a coluna, o presidente do PDT e prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, não descarta a possibilidade de apoio a pré-candidatura de Zezinho Sobral (PMDB) a prefeito da capital. Todavia, admite que vem conversando mais com o pré-candidato Valadares Filho (PSB).

Sucessão 2
Segundo Fábio, ele terá uma conversa com o governador Jackson Barreto (PMDB) que pediu que aguardasse até março. "Vamos conversar sobre o processo sucessório e encaminhamentos do governo que faço parte. Vamos ver se nos cabe no projeto do governo", disse.

Vice
De Fábio Henrique ao ser questionado se o PDT vai pleitear indicar o candidato a vice em Aracaju: "Todos os partidos querem participar da chapa majoritária. É normal. São duas vagas agora e quatro em 2018. O PDT estará onde couber. Vamos ver a posição política do governador, com quem tenho aliança política. Não posso tratar de aliança sem antes ouvir meu líder, que é Jackson Barreto", disse.

São Cristóvão 1
O secretário de Turismo, Adilson Júnior, é pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, onde é eleitor, já vem caminhando e conversando com lideranças políticas e comunitárias. Mas, segundo Fábio Henrique, o seu irmão só será candidato se for no projeto do governador Jackson Barreto.

São Cristóvão 2
Em São Cristóvão já são três os pré-candidatos a prefeito: o ex-prefeito Armando Batalha (PRP); Marcos Santana (PMDB), que tem o apoio do ex-deputado Vanderlê Correia (PMDB) que retirou seu nome da disputa para apoiá-lo; e o próprio Adilson Júnior (PDT).

Malas prontas
Dois secretários de governo podem sair candidatos a prefeito nas eleições deste ano: Zezinho Sobral e o próprio Adilson Júnior. Se forem mesmo candidatos terão que se desincompatibilizar do governo no final de março.

Trabalhando
Como secretária de Ação Social do Município de Aracaju, a senadora licenciada Maria do Carmo Alves (DEM) vem participando de reuniões semanais nos bairros de Aracaju, onde o seu marido, o prefeito João Alves Filho (DEM), disputará a reeleição. Neste final de semana ela estará participando de reunião no bairro 17 de Março.

Janela partidária 1
O Congresso Nacional promulgou na quinta-feira a Emenda Constitucional 91, que disciplina prazos para que detentores de mandatos eletivos proporcionais (deputados e vereadores) troquem de partido. A emenda altera o artigo 17 da Constituição Federal e estabelece a possibilidade, excepcional e em período determinado, de desfiliação partidária sem prejuízo ao mandato.

Janela partidária 2
Com a chamada "janela partidária" os atuais deputados federais, estaduais e vereadores vão poder mudar de legenda para concorrer às eleições municipais deste ano. Na Assembleia Legislativa, pelo menos quatro deputados devem mudar de legenda: Gustinho Ribeiro, Goretti Reis, Robson Viana e Capitão Samuel.

O caminho
Gustinho deve deixar o PSD para se filiar ao PRP e presidir o partido no estado; Goretti deixa o DEM para se filiar ao PSD ou PMN ou um terceiro partido que não quis anunciar; Capitão Samuel pode deixar o PSL para ingressar no PTN, assim como Robson Viana.

Discussão 1
Não convidem para a mesma mesa a deputada Goretti Reis e o prefeito Lila Fraga (DEM). Os dois tiveram a maior discussão anteontem à noite, em Lagarto, logo após a solenidade de posse do novo presidente da OAB no município.
Discussão 2
Tudo começou quando a deputada foi cobrar do prefeito aliado o repasse atrasado de recursos da prefeitura para a Maternidade Zaias Júnior, presidida pelo seu marido Edivanilson Rodrigues. Ela chegou a dizer que se o pagamento não for efetuado até a próxima segunda-feira a maternidade fechará as portas no dia seguinte. Os ânimos se exaltaram com o prefeito chegando a gritar. A situação só foi controlada com a chegada do filho de Lila, que levou o pai para casa.

Agora por improbidade
A justiça determinou novamente o afastamento dos deputados estaduais Augusto Bezerra (DEM) e Paulinho da Varzinhas (PTdoB) e assessores, assim como o bloqueio de contas em instituições financeiras, indisponibilidade dos bens declarados e uso de  veículos registrados em seus nomes. Desta vez a decisão foi por ato de improbidade administrativa no processo das subvenções e foi tomada através de liminar concedida pelo juiz substituto da 7ª Vara Cível, Ricardo Santana, em atendimento a ação da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público.

Veja essa...
Alguns aliados do governador e servidores da Secretaria da Fazenda não gostaram de saber que o governador Jackson Barreto não tem a pretensão de mudar o secretário Jeferson Passos, conforme informou a coluna mediante confirmação do próprio JB.

Curtas
O deputado federal Jony Marcos (PRB) continua firme como pré-candidato a prefeito de Nossa Senhora do Socorro. Vem visitando as comunidades e lideranças nos finais de semana e já conta com o apoio de cinco partidos.

Jony trabalha para ter a presidente da Câmara, Maria da Taiçoca (PDT), como sua vice. O prefeito Fábio Henrique também deseja a Taiçoca como vice do seu pré-candidato Klewerton Ribeiro (PDT).

O vereador Betinho (PMDB) é o nome que o governador Jackson Barreto deseja emplacar como vice do candidato que venha apoiar para prefeito em Nossa Senhora do Socorro. Fábio Henrique não descarta a possibilidade de Betinho ser o vice do seu pré-candidato Klewerton.

Em Tobias Barreto o ex-prefeito Diógenes Almeida (PMDB) se prepara para disputar mais um mandato, tendo como vice o vereador Gal de Filó. Ele tá bem nas pesquisas.

Em Estância, o confronto nas eleições será entre o prefeito Carlos Magno (DEM), que vai para a reeleição, com a mulher do ex-prefeito Ivan Leite, Andrea Leite (PRB).