Mudança na equipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A Câmara Municipal de Cristinápolis criou ontem uma comissão processual para analisar o pedido de impeachment do prefeito Padre Raimundo (PCdoB). Por 8 x 2, os vereadores acataram a solicitação protocolada pelo comerciante Ernando Rodrigues, na semana pas
A Câmara Municipal de Cristinápolis criou ontem uma comissão processual para analisar o pedido de impeachment do prefeito Padre Raimundo (PCdoB). Por 8 x 2, os vereadores acataram a solicitação protocolada pelo comerciante Ernando Rodrigues, na semana pas

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 00/00/0000 às 00:00:00

A Câmara Municipal de Cristinápolis criou ontem uma comissão processual para analisar o pedido de impeachment do prefeito Padre Raimundo (PCdoB). Por 8 x 2, os vereadores acataram a solicitação protocolada pelo comerciante Ernando Rodrigues, na semana passada.
Em conversa com a coluna, o vereador Landinho (PP) disse que o pedido de impeachment foi acatado pelo fato do comerciante ter fundamentado muito bem as denúncias de improbidades administrativas diante das irregularidades apresentadas pela CPI instalada na Câmara no ano passado e parecer de órgãos fiscalizadores sobre a gravidade de irregularidades, como a Controladoria Geral da União (CGU).
Segundo o vereador, a comissão, formada por três vereadores, já estará encaminhando hoje toda a documentação para que o prefeito, em um prazo de 10 dias, possa apresentar a sua defesa. Ela tem 90 dias para concluir os trabalhos.
Ressalta que entre as irregularidades está a transferência de recursos públicos para contas inexistentes, pagamento de R$ 38 mil em lavagens de carros e contrato com empresas que não realizaram obras, mas receberam dinheiro superfaturado.

Mudança na equipe

Em conversa com a coluna, na terça-feira da semana passada, o governador Jackson Barreto (PMDB) disse que após o carnaval faria uma avaliação do governo e veria a necessidade de alguma mudança na equipe de governo. Ressaltou que este final de ano estaria focado simplesmente na questão salarial dos servidores e na necessidade de aumentar receita do Estado.
Apesar dessas declarações exclusivas do governador à coluna são fortes as especulações de mudanças no secretariado. Fala-se que o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, João Augusto Gama, pode assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec) no lugar de Chico Dantas, que é uma indicação do PRB do prefeito Heleno Silva (Canindé do São Francisco).
Especula-se que para o lugar de Gama na Seplag pode ir o ex-sub secretário da pasta e atual secretário da Justiça, Walter Pereira, por indicação do PSD do deputado federal Fábio Mitidieri.

Continua também forte a especulação de que o deputado estadual Capitão Samuel (PSL), ex-líder da oposição na Assembleia Legislativa, venha a assumir a Secretaria de Segurança Pública como a coluna já especulou na semana passada e o próprio Jackson Barreto disse que não teve nenhuma conversa nesse sentido com o deputado ou aliados.
Com essas mudanças, o secretário de Segurança Pública, Mendonça Prado, poderia assumir a Secretaria de Justiça ou a de Planejamento, Orçamento e Gestão.
Uma grande liderança da base aliada do governo demonstrou preocupação com as especulações de que o Capitão Samuel venha a assumir o comando da SSP. Disse que Jackson ainda não se atentou do que pode estar por trás disso.

Segundo ele, o Capitão Samuel se filiando ao PMDB e assumindo a Segurança Pública representa a abertura de uma porta para que o presidente estadual do PSC, deputado federal André Moura, venha, mais na frente, para o PMDB com o projeto de ser candidato a governador de Sergipe em 2018 por um grande partido. "O PMDB é o maior partido do país, tem hoje maioria no Congresso Nacional, comanda a Câmara Federal e o Senado, além de ter o vice-presidente da República", disse à coluna.
Para a liderança, como Jackson Barreto tem a pretensão política de se aposentar ao final do seu governo será fácil tomar o PMDB dele, como aconteceu com o ex-governador Albano Franco tão logo deixou o governo e ficou sem mandato. Na sua visão, JB precisa se atentar para isso.

Lembra que o deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) está muito próximo do Capitão Samuel, foi quem o convidou para se filiar ao partido e, inclusive, esteve na semana passada em Brasília, no gabinete de André Moura, com o deputado Samuel. Ele recorda ainda que o deputado estadual Luiz Garibalde, presidente do Diretório Municipal do PMDB, também tem vinculo político com o grupo de André Moura.
Como tudo está no âmbito da especulação, agora é aguardar os acontecimentos e constatar se o governador Jackson Barreto voltou atrás na sua decisão de só mexer na equipe a partir do próximo ano ou se já quer azeitar a máquina pública ainda neste final de ano.

Na Sedetec
Informações chegadas à coluna dão conta que tão logo acabou a solenidade de transmissão do cargo de governador de Belivaldo Chagas (PSB) para Jackson Barreto (PMDB), no Palácio de Veraneio, na última segunda-feira, o secretário João Augusto Gama (Planejamento, Orçamento e Gestão) visitou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciências e Tecnologia (Sedetec).

Subvenção 1
Entrou na pauta de julgamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do dia 23 de novembro, os processos das subvenções sociais da Assembleia Legislativa dos deputados estaduais Francisco Gualberto (PT), Paulinho da Varzinhas (PTdoB) e Luiz Garibalde (PMDB). Contra Gualberto e Garibalde o Ministério Público Eleitoral (MPE) pede apenas a aplicação de multa. Já contra Paulinho, o MPE pede a aplicação de multa e cassação do mandato por irregularidades na aplicação dos recursos da subvenção.

Subvenção 2
O TRE começa a julgar nessa quinta-feira os processos das subvenções. O primeiro deputado a ser julgado é Antônio dos Santos (PSC), onde o MPE pede apenas aplicação de multa. Já nessa sexta-feira, 20, serão julgados os processos contra o deputado Augusto Bezerra (DEM) e os ex-deputados não reeleitos Conceição Vieira (PT) e Arnaldo Bispo (DEM). O Ministério Público pede a aplicação de multa para Conceição e aplicação de multa e cassação do mandato de Augusto e Arnaldo. O juiz federal Fernando Stefaniu é o relator dos processos.

O foco
Em conversa com a coluna, o ex-deputado federal Mendonça Prado (sem partido), atual secretário de Segurança Pública, disse que não deu mais andamento às conversas para sua filiação ao PP e ficar no comando do partido no Estado, em razão da prorrogação do prazo para filiação partidária até 02 de abril de 2016. "Até março decidirei minha filiação com tranquilidade. Agora estou focado na reestruturação da Segurança Pública", disse.

Otimista
Mendonça disse que está confiante na melhoria da segurança pública no Estado por conta da chegada aos quadros da SSP, até janeiro, de 500 policiais civis e 100 escrivães que estão sendo formados, além de mais 370 policiais militares que estão em treinamento para atuarem nas ruas. "Além disso, haverá uma nova estrutura do Instituto de Identificação e vamos inaugurar o Instituto de Análise e Pesquisa Florense, o que vai melhorar significantemente o trabalho da perícia sergipana, pois até exames de DNA vamos fazer".

Ainda este ano
O deputado federal e presidente estadual do PSD, Fábio Mitidieri, disse à coluna que até o final deste ano o seu partido definirá um nome que deve apoiar para a Prefeitura de Aracaju em 2016. Ressalta que o nome está entre o deputado federal Valadares Filho (PSB) e o ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB).
O Senado
Fábio deixa claro que a formação da chapa majoritária será discutida com o governador Jackson Barreto (PMDB). E que continua firme no seu projeto de ser candidato ao Senado em 2018, onde espera o apoio de quem o PSD vier a apoiar em 2016.

Na Câmara 1
O vereador Emmanuel Nascimento (PT) exibiu ontem, na Câmara Municipal de Aracaju, um vídeo veiculado durante a campanha de Maria do Carmo para o Senado onde ela diz que iria cumprir integralmente seu mandato. "Por que as pessoas questionam a política? Por causa de questões como essa. Uma pessoa que tem um trabalho extraordinário, fato comprovado pelo povo que a elegeu três vezes, mas durante a campanha disse uma coisa e agora faz outra. D. Maria disse que ia ficar oito anos, que completaria o mandato, mas saiu. Veja o exemplo para o povo de Sergipe, para a juventude. Por isso que as pessoas se decepcionam, não acreditam nos políticos. Mesmo assim quero desejar sucesso a Maria na secretaria e ao senador Ricardo Franco, filho do competente Albano Franco", alfinetou.

Na Câmara 2
A vereadora Lucimara Passos (PC do B) também criticou o afastamento da senadora. "Maria do Carmo Alves traiu os sergipanos ao sair do cargo no Senado para assumir uma pasta na Prefeitura de Aracaju. A população sergipana elegeu Maria do Carmo como senadora acreditando nas palavras dela durante a campanha. Quando surgiram boatos que havia um acordo entre ela e Albano Franco, com o propósito de seu filho, Ricardo Franco, assumir o Senado, ela usou o programa eleitoral e se comprometeu com o povo dizendo que iria cumprir integralmente o mandato. Para cumprir o acordo com Albano, Maria traiu a confiança dos sergipanos", declarou.

Veja essa...
Do presidente estadual do PMDB, João Augusto Gama, ontem no programa de Gilmar Carvalho, sobre a possibilidade de o Capitão Samuel (PSL) vir a se filiar ao seu partido: "O deputado Capitão Samuel (PSL) não tem nenhuma identidade ideológica conosco, sempre foi contra".

... e essa ...
A resposta de Samuel, que está "queimado" na corporação mediante a possibilidade de virar governista, segundo um graduado policial militar: "A ideologia do PMDB é o atraso de salários aos servidores".

Curtas
Na sexta-feira passada Manoel Hora assumiu a presidência do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), em substituição a Marcos Wandir.  

Informações chegadas à coluna dão conta que o deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) deu queixa na Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos contra três pessoas que fizeram acusações a ele nas redes sociais, via whatsApp, no final de semana, com relação as subvenções sociais.
O deputado federal Valadares Filho (PSB) apresentou uma emenda junto ao Plano Plurianual (PPA), na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, da Câmara dos Deputados, para a realização de obras de esgotamento sanitário na Zona Norte de Aracaju.

Segundo o parlamentar, o objetivo foi implantar medidas estruturantes que melhorem a prestação dos serviços públicos de saneamento básico na capital.