Pendurar as chuteiras?

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A ex-vereadora, a professora Terezinha de Jesus, lançou ontem à noite o seu livro \"a História da Minha Vida\" em solenidade bastante concorrida. Foi às 18h, no Iate Clube, durante evento que comemorou os seus 80 anos.  Na sessão plenária dessa qu
A ex-vereadora, a professora Terezinha de Jesus, lançou ontem à noite o seu livro \"a História da Minha Vida\" em solenidade bastante concorrida. Foi às 18h, no Iate Clube, durante evento que comemorou os seus 80 anos. Na sessão plenária dessa qu

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/10/2015 às 10:54:00

A ex-vereadora, a professora Terezinha de Jesus, lançou ontem à noite o seu livro "a História da Minha Vida" em solenidade bastante concorrida. Foi às 18h, no Iate Clube, durante evento que comemorou os seus 80 anos.
Na sessão plenária dessa quinta-feira, o vereador Bertulino Menezes (PSB) prestou homenagem à ex-vereadora da capital. "Sugiro que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Aracaju denomine esta sessão como Teresinha de Jesus ou Tetê dos Idosos", reivindicou, destacando a honradez com que proveu e educou a própria família e a vida de dedicação à assistência aos idosos.

Pendurar as chuteiras?

É do conhecimento de todos que na base aliada do governador Jackson Barreto (PMDB) existem cinco pré-candidatos a prefeito de Aracaju em 2016: o deputado federal Valadares Filho (PSB), o ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o secretário Zezinho Sobral (Saúde), e os deputados estaduais Garibalde Mendonça (PMDB) e Ana Lúcia (PT).
Em conversa com alguns aliados do governo se constata a preferência por Valadares Filho, mas tem um entrave: a possibilidade da reeleição do seu pai, o senador Antonio Carlos Valadares (PSB). O entendimento é que as duas vagas para o Senado têm de estar abertas para composições, pois uma vitória de Valadares Filho só vai fortalecer a reeleição de Valadares em 2018.

Demonstram interesse pelo Senado o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) e os prefeitos Heleno Silva (PRB/Canindé do São Francisco) e Fábio Henrique (PDT/Nossa Senhora do Socorro). Desses três nomes o que pode ser mais flexível na sua pretensão ao Senado, podendo se contentar com a Câmara dos Deputados, é Fábio Henrique. Heleno e Mitidieri estão realmente focados no que é chamado de "Céu", pelo fato de dizerem que melhor que o Senado só o Céu.

Em conversa com a coluna, um dos aliados de Jackson Barreto disse que a intenção é que o senador Valadares diga publicamente, no ano que vem, que não será candidato pela quarta vez ao Senado. Essa declaração pública será decisiva para que Valadares Filho conquiste mais apoios.
Entende que se apoiarem Valadares Filho e ele ganhar a Prefeitura de Aracaju quem mais se fortalece é o senador Valadares. Com isso, só sobraria uma vaga para o Senado quando três aliados estão disputando e ainda existe a possibilidade de uma candidatura de Jackson Barreto, que mesmo dizendo que vai se aposentar ao concluir o seu mandato de governador tem quem não acredite nisso.
Trocando em miúdos, Valadares Filho terá que administrar muito bem isso e pode ter dificuldades. Até porque o senador Valadares tem dado demonstrações de que não tem essa pretensão política de pendurar as chuteiras.

Quem não lembra da resposta que deu a uma declaração do governador Jackson Barreto, quando, tão logo foi reeleito em 2014, disse que em 2018 ele se aposentaria e deveriam fazer isso os políticos da sua geração que ao final dos seus mandatos estarão com mais de 75 anos - o prefeito João Alves Filho (DEM), a senadora Maria do Carmo Alves (DEM), o ex-governador Albano Franco (PSDB) e o próprio Valadares - para dar espaço a nova geração?
Disse Valadares: "Em nenhum momento pensei na possibilidade de minha aposentadoria. Ele manda no terreno dele. No nosso, mandamos nós. Respeito a opinião do governador, mas não penso em me aposentar".
Declarou ainda o senador: "Estou esperando a publicação no Diário Oficial do decreto do imperador. Jackson precisa entender que foi eleito para ser governador, não para ser imperador. Só o povo pode me aposentar".
Agora é aguardar o desenrolar das negociações...

Pós-carnaval 1
O pré-candidato a prefeito de Aracaju, deputado federal Valadares Filho (PSB), vem conversando informalmente com alguns aliados sobre as eleições 2016. Está consciente que as conversas só vão se afunilar no próximo ano, assim como a quantidade de pré-candidatos da base aliada do governador Jackson Barreto (PMDB).

Pós-carnaval 2
O deputado, que conversou recentemente com o governador Jackson Barreto, defende que após o carnaval já se tenha uma definição do candidato do bloco governista. "Não podemos deixar para a última hora", disse, enfatizando a importância de uma candidatura única e de consenso.

Socorro
Recentemente o pré-candidato a prefeito de Nossa Senhora do Socorro, o ex-deputado estadual Zé Franco (PSDB), conversou com o prefeito Fábio Henrique (PDT). Alguns aliados acreditam que Zé Franco será candidato com o apoio de Fábio Henrique, que indicará o vice, que pode ser o secretário de Transportes Kleverton Siqueira.

Quer ser a candidata
Quem trabalha para ser a candidata majoritária do prefeito Fábio Henrique é a presidente da Câmara, Maria da Taiçoca (PDT). Segundo um parlamentar de Socorro, dificilmente Taiçoca terá o apoio do gestor municipal. "Fábio Henrique e Zé Franco vão retomar a amizade e Zé será o seu candidato", acredita.

Determinação
Se confirmando mesmo a candidatura de Zé Franco, ele terá como os maiores adversários o aliado Padre Inaldo (PCdoB), que é deputado estadual, e o deputado federal Jony Marcos (PRB). Integrantes do grupo político de Padre Inaldo tem dito em Socorro que ele irá para a disputa de qualquer jeito, podendo ser candidato "independente".  

Subvenção 1
Do advogado criminalista Carlos Alberto Menezes ontem, no programa de Gilmar Carvalho, sobre o rompimento - por determinação judicial - do contratado dele com a Assembleia Legislativa para defender a imagem do Poder Legislativo no escândalo das verbas de subvenção: "O Ministério Público Estadual me impediu de trabalhar na causa com medo que fossem descobertas falcatruas jurídicas".  
Subvenção 2
A procuradora de Justiça, Eunice Dantas, que participou das investigações sobre a destinação das verbas de subvenção da Assembleia e acompanhou a oitiva das testemunhas de acusação e defesa, declarou ontem que dos 13 pedidos de cassação de deputados os casos que considera mais grave são dos deputados estaduais Paulinho da Varzinhas (PTdoB) e Augusto Bezerra (DEM), dos deputados federais João Daniel (PT) e Adelson Barreto (PTB); e do suplente de deputado Mundinho da Comase (PSL). Isso por haver a constatação de que receberam de volta parte do dinheiro da subvenção.  

Esmiuçando
Informações chegadas à coluna dão conta que o deputado estadual da bancada de oposição, Georgeo Passos (PTC), está fazendo um estudo minucioso sobre o Orçamento do Estado 2016, orçado em R$ 8,2 bilhões. O orçamento já foi distribuído com os parlamentares, mais ainda não foi discutido nas comissões nem em plenário.

Estatística
O Governo do Estado está comemorando dados quantitativos de prisões em Sergipe efetuadas em 2015 com relação aos últimos cinco anos. Pelos números, em 2010 ocorreram 2.845 prisões; em 2011 um total de 3.161 prisões; em 2012 o percentual chegou a 3.954 prisões; e em 2014 os números corresponderam a 3.567 prisões. Já em 2015, de janeiro a setembro, foi registrado um total de 5.478 prisões.

Velho Chico 1
Parlamentares defenderam, na Câmara dos Deputados, a transposição de águas do rio Tocantins, na região Norte, para o São Francisco, no Nordeste. Na avaliação dos deputados, essa seria uma solução para resolver com mais rapidez o problema da seca no Nordeste. As novas águas aumentariam a vazão do rio São Francisco, cujos níveis estão baixos em decorrência de um longo período de estiagem.

Velho Chico 2
A preocupação de alguns deputados é que as obras de transposição das águas do São Francisco sejam concluídas sem que haja água suficiente para os 390 municípios que sofrem com a seca no semiárido. Dados de agosto do Ministério da Integração Nacional indicam que a obra, orçada em R$ 8,2 bilhões, apresenta quase 80% de conclusão.

Velho Chico 3
Representantes do governo que participaram do debate disseram que a proposta é viável. Segundo o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Casimiro Silveira, a transposição pretendida não afetaria o rio Tocantins e ainda melhoraria a navegabilidade no São Francisco.

Veja essa...
Do ex-presidente Lula, em discurso de uma hora destinado a militantes do PT no Piauí: "Queria pedir para vocês é que os petistas voltem a ter orgulho do PT. Se alguém nosso errou, vai pagar, como qualquer cidadão. Mas o que não se pode admitir é que gente que a gente sabe que roubou a vida inteira venha a chamar o PT de ladrão. A gente não pode permitir".

Curtas
Veja como votaram os deputados federais de Sergipe, durante sessão extraordinária da quarta-feira à noite, na Câmara Federal, sobre a PEC 395/2014, que propõe o fim à gratuidade em cursos de especialização de instituições públicas no Brasil: votaram sim - Adelson Barreto (PTB), Fábio Reis (PMDB), Jony Marcos (PRB), Laércio Oliveira (SD); votaram não - João Daniel (PT), Valadares Filho (PSB) e Fábio Mitidieri (PSD).

A prefeitura vai colocar na cadeia quem for flagrado jogando lixo na rua. É o que garante o secretário municipal de Meio Ambiente, dizendo que foi criada uma Força Tarefa com essa finalidade, composta pela Guarda Municipal, Emsurb e Sema. A prisão será por crime ambiental.
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, na quarta-feira (21), projeto de lei que altera o Código Penal para aumentar a punição por estelionato, se o crime for cometido contra um idoso. A proposta, originária da Câmara dos Deputados (PLC 23/2015), propõe que nesse caso a pena seja aplicada em dobro.

Atualmente, a pena para estelionato é de um a cinco anos de prisão mais multa. De acordo com a proposta, no caso de a vítima ser pessoa idosa, a pena mínima será de dois anos de reclusão e a máxima poderá chegar a dez anos.