Definição por pesquisa

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A decisão do vice-prefeito José Carlos Machado em permanecer no PSDB representa uma cisão entre os irmãos Amorim e o deputado federal André Moura (PSC). Isso porque Machado permanecerá no ninho tucano mediante entendimento político com o senador Eduardo A
A decisão do vice-prefeito José Carlos Machado em permanecer no PSDB representa uma cisão entre os irmãos Amorim e o deputado federal André Moura (PSC). Isso porque Machado permanecerá no ninho tucano mediante entendimento político com o senador Eduardo A

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 01/10/2015 às 00:55:00

A decisão do vice-prefeito José Carlos Machado em permanecer no PSDB representa uma cisão entre os irmãos Amorim e o deputado federal André Moura (PSC). Isso porque Machado permanecerá no ninho tucano mediante entendimento político com o senador Eduardo Amorim (PSC) e o irmão Edivan Amorim, que passa pelo apoio do PSDB à reeleição de João Alves em 2016 e de um acordo político entre o senador e o prefeito em 2018. E André não deseja apoiar João Alves, já tendo dito isso publicamente por diversas vezes.  

Definição por pesquisa

Em conversa ontem com a coluna o governador Jackson Barreto (PMDB) demonstrou satisfação com o fato do seu bloco político ter cinco bons nomes para disputar a Prefeitura de Aracaju pela oposição em 2016: o deputado federal Valadares Filho (PSB), o ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), a ex-primeira dama Eliane Aquino (PT) e os secretários Mendonça Prado (Segurança Pública) e Zezinho Sobral (Saúde).
Segundo Jackson, ele não vai lançar candidaturas com a situação em que se encontra o Estado e as prefeituras, nesse momento de crise econômica. "Falar em candidatura nesse momento é uma falta de respeito, pois servidores estão recebendo salários parcelados apesar do Estado não ser perdulário, viver com o custeio de 2011. Ninguém ver o estado com gastos supérfluos, mas investindo em obras".

Ressalta que além desse tempo de crise no país ele também não quer criar problema com aliados, não quer qualquer desconforto. "Nesse momento optei por cuidar da saúde. Não vou cuidar pessoalmente de nenhuma candidatura individual e quando me recuperar da cirurgia vou cuidar do estado. Somente depois do carnaval vou tratar do nome do nosso candidato a prefeito de Aracaju", afirmou.
Declara que tem dito aos aliados que trabalhem seus nomes, busquem apoio. "Cada um faça o seu trabalho, fortaleça o seu nome e a população é quem vai julgar", disse JB, enfatizando que pesquisas de intenções de votos após o carnaval é quem vão apontar o melhor nome do bloco para disputar a Prefeitura de Aracaju.

Na sua avaliação, o bom é que se conseguisse o nome de consenso em torno do primeiro colocado nas pesquisas. "Quero todos juntos, mas se não for possível não tem problema de sair duas chapas", avalia, antecipando que o nome que vai apoiar é aquele que tiver bem nas pesquisas.
O governador, que permanece recolhido e calado em sua residência se recuperando de uma cirurgia no tendão do pé esquerdo, ressaltou que está tranquilo com relação às eleições em Aracaju por ter um leque grande de bons candidatos e por não faltar opção. "Se a oposição em Aracaju tiver maturidade e se somar, chegaremos tranquilamente à vitória", acredita JB.

O quadro
Aliados do governador Jackson Barreto (PMDB) tem em mãos pesquisas de intenções de votos que mostram o prefeito João Alves Filho (DEM) caindo. E que pelo bloco governista estão bem colocados Edvaldo Nogueira (PCdoB), Valadares Filho (PSB) e Eliane Aquino (PT).

Fora do DEM
O ex-deputado federal Mendonça Prado, atual secretário de Segurança Pública e ex-genro de João Alves Filho, se desfiliou na última terça-feira do DEM. Jackson Barreto o convidou para se filiar ao PMDB e ele pediu liberdade para ir a Brasília tratar de questões partidárias. Mendonça tenta o PP, que no estado é comandado pelo deputado estadual Venâncio Fonseca.

Domicilio na capital
Já o secretário Zezinho Sobral (Saúde) transferiu o seu domicílio eleitoral de Laranjeiras para Aracaju. Ele está filiado ao PMDB e, consequentemente, habilitado para disputar a Prefeitura de Aracaju em 2016.

Eliane
Jackson Barreto demonstra satisfação com o fato de Eliane Aquino ter resolvido a sua filiação partidária com o PT. "Graças a Deus acabou o impasse", disse Jackson, deixando claro que não quer se envolver nem opinar em questões internas do Partido dos Trabalhadores com relação à Eliane vir ou não a ser pré-candidata a um cargo majoritário.

Insatisfação
Um aliado do governador Jackson Barreto não viu com bons olhos o desejo do secretário Zezinho Sobral (Saúde) em ser candidato a prefeito de Aracaju em 2016, externado ontem no programa de George Magalhães, após afirmar que está à disposição do governador.

Ponto de vista 1
Para o aliado, que preferiu que seu nome não fosse revelado, essa declaração de Zezinho Sobral pode ser um tiro no pé ou um recado ao senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Na sua concepção, o tiro no pé tem a ver com o fato dele ser secretário da Saúde e, a partir de agora, se tornar um holofote. "Misturar saúde com política é brincar com fogo", avalia.

Ponto de vista 2
Já o recado para Valadares é no sentido de que nenhum partido da base aliada vai apoiar a pré-candidatura de Valadares Filho se seu pai for candidato à reeleição de senador em 2018. "A questão é se Valadares pai prefere morrer abraçado com o filho a abrir mão de disputar mais uma vez o Senado nas próximas eleições. Até porque ele já declarou publicamente que não se sente velho para se aposentar e que quem vai decidir sobre sua aposentadoria é o povo", afirmou, lembrando que essa foi à resposta do senador a declaração do governador de que os políticos que já estão com mais de 70 anos deviam se aposentar da política. JB se referiu a ele próprio, Valadares, João Alves, Maria do Carmo Alves e Albano Franco.  

Com o partido
Com a oficialização da pré-candidatura do deputado federal Valadares Filho (PSB) a prefeito de Aracaju em 2016, o vereador Max prejuízo (PSB), que integra a bancada do prefeito João Alves Filho na Câmara Municipal, vai comunicar hoje que não fará mais parte da bancada governista. Fez a opção de permanecer no PSB e apoiar Valadares Filho, após cobrança do partido de que não pode servir a dois senhores.

Sessão tumultuada
Depois de muita discussão e polêmica os deputados estaduais aprovaram ontem projetos de lei do Poder Executivo propondo aumento de 2% da alíquota do ICMS e do IPVA.  A polêmica foi grande tanto nas comissões quanto em plenário, levando a votação a ocorrer somente por volta das 17h. Além dos protestos dos deputados de oposição contrários ao aumento de impostos, representantes de diversos segmentos da classe empresarial ocupavam as galerias da Alese como forma de pressionar os parlamentares a não aprovarem o projeto. Quando houve manifestação dos empresários, o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), pediu respeito sob pena de adotar providências cabíveis.

O Bom Dia Brasil
O Bom Dia Brasil de ontem, da Rede Globo, noticiou que a Assembleia Legislativa contratou um advogado criminalista {Carlos Alberto Menezes} para defender os deputados estaduais no escândalo das verbas de subvenção da Alese. O assessor de comunicação, Marcos Aurélio, lamenta que essas informações "inverídicas" tenham partido do promotor de Justiça Jarbas Adelino e disse que a matéria está sendo analisada pela assessoria jurídica, uma vez que a Assembleia contratou um advogado para defender o Poder Legislativo e o promotor quer confundir a sociedade.

Subvenção
O Ministério Público pediu a cassação do mandato de cinco então deputados estaduais que começaram uma nova legislatura em 2010 por conta do uso indevido das verbas de subvenção social da Alese em 2014. São eles: o ex-deputado estadual Mundinho da Comase (PSL); os deputados estaduais reeleitos Jeferson Andrade (PSD), Gustinho Ribeiro (PSD) e Venâncio Fonseca (PP); e o deputado federal João Daniel (PT).

Vicio na licitação
O Sistema de Transparência e Controle Social do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe mostra que a empresa Britense Turismo, de Campo do Brito, vem vencendo todas as licitações do transporte escolar na gestão do prefeito José Arinaldo de Oliveira Filho (DEM/Frei Paulo). A mesma empresa vem ganhando a licitação de locação de um carro locado para a Câmara de Vereadores desde 2013. O MP recebeu uma denúncia através da Ouvidoria, apurou e enviou uma recomendação ao prefeito de Frei Paulo

Veja essa...
Durante a polêmica sessão plenária de ontem da Assembleia, quando da votação do aumento do ICMS e do IPVA, houve desentendimento entre o líder do governo na Casa, Francisco Gualberto (PT), e empresários. Tudo começou quando os empresários deixaram a galeria quando Gualberto defendia os projetos e retornaram após o fim do seu pronunciamento. Gualberto os confrontou, disse que não dava para ser ofendido e que não tinha medo de nenhum deles. 

Curtas
Nesse sábado o governador Jackson Barreto dará os primeiros passos após a cirurgia no tendão do pé esquerdo realizada no último dia 18 de agosto. "É complicado", disse JB à coluna.

Do deputado federal e presidente estadual do PSD, Fábio Mitidieri: "Não entendo porque tanta insistência em desfazer um possível apoio de Jackson Barreto a Valadares Filho. Não é o que ouço internamente".

Na próxima segunda-feira, a Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase) oferece café da manhã a bancada federal de Sergipe para tratar de assuntos que tramitam no Congresso Nacional referentes a interesses dos magistrados. Será a partir das 8h30, na sede da entidade.

Segundo o presidente da Amase, juiz Gustavo Plech, um dos assuntos que será abordado neste encontro com deputados federais e senadores é a PEC 187, que discute a eleição direta nos tribunais. "Esta Emenda Constitucional dá aos juízes o direito de votar para eleger a mesa diretora do Tribunal de Justiça, democratizando o Poder Judiciário", afirma.