QUE NÃO NOS FALTE O VERDE

Luiz Eduardo Costa

João Alves prepara a venda de um estoque de terrenos da prefeitura. Em tempos de crise, nada mais adequado do que transformar patrimônio inservível em dinheiro vivo.
Desde que sejam reservados terrenos para áreas verdes. A colunista Thais Bezerra, aderindo à causa ambiental, e não poderia deixar de fazê-lo, porque tem visão moderna do mundo, sugeriu que a Prefeitura reserve um terreno no encontro do Poxim com o Sergipe, para ali criar uma área de preservação da vegetação de restinga e manguezais.


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS