Cresce número de eleitoras e candidatas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/03/2015 às 00:59:00

Amanhã é comemorado o Dia Internacional da Mulher. No que se refere ao eleitorado nacional, há alguns anos as mulheres já são maioria no país. Nas Eleições Gerais de 2014, elas representavam 52,13% do total de 142.822.046 eleitores. Um aumento de 5,8% em relação a 2010, quando elas correspondiam a 51,82% dos votantes, num total de 70.373.971 eleitoras.

Elas também estão conquistando seu espaço nos principais cargos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. No último pleito, por exemplo, 6.245 mulheres foram consideradas aptas pela Justiça Eleitoral a concorrer aos cargos eletivos em disputa, representando um aumento de 71% em relação às eleições de 2010.
As estatísticas de candidaturas disponíveis no Portal do TSE mostram que houve aumento no número de mulheres pleiteando todos os cargos. Para a Presidência da República, foram três candidatas, contra duas em 2010.

Dezenove mulheres se registraram para concorrer aos governos estaduais e do Distrito Federal, enquanto em 2010 foram 16. Para uma vaga no Senado Federal, 34 candidatas participaram da disputa, contra 29 na eleição anterior, mesmo considerando a renovação de apenas 1/3 daquela casa legislativa em 2014.
Os maiores aumentos, no entanto, foram registrados para as candidaturas aos cargos proporcionais, especialmente para a Câmara dos Deputados, disputa da qual participaram 1.730 mulheres, contra 935 em 2010, um acréscimo de 85%. Na eleição para as assembleias legislativas, o aumento na participação feminina foi de 70% (4.172 candidatas em 2014 e 2.447 no pleito anterior).

E ao cargo de deputado distrital, concorreram 287 mulheres contra 205 em 2010, representando um acréscimo de 40%. Cabe ressaltar que neste levantamento não foram considerados os candidatos a vice-presidente e vice-governador, nem os suplentes de senador.

Na Assembleia Legislativa de Sergipe tem quatro mulheres: Ana Lúcia Menezes (PT), Goretti Reis (DEM), Silvia Fontes (PDT) e Maria Mendonça (PP). Esse percentual de deputadas é o mesmo da legislatura passada. Cerca de 40 mulheres disputaram uma cadeira no legislativo estadual em outubro de 2014.
Na Câmara de Vereadores de Aracaju, o número é menor. São apenas duas: Lucimara Passos (PCdoB) e Daniela Fortes (PR). Mais de 30 mulheres disputaram uma cadeira na Câmara, em 2012.
Como no campo de trabalho, no campo político vem aumentando significativamente o número de mulheres que deseja um mandato no executivo e no legislativo.

Senado
À coluna chegou a informação de que o prefeito Fábio Henrique (Nossa Senhora do Socorro/PDT) tem pretensões políticas de ser candidato a Senador em 2018. O prefeito Heleno Silva (Canindé do São Francisco/PRB) também já declarou que pretende concorrer ao Senado daqui a quatro anos. Heleno, inclusive, não tem mais interesse em disputar a reeleição em 2016, devendo apoiar um candidato do seu grupo.

Canindé
Em conversa ontem com a coluna, Heleno Silva disse que no tempo certo o seu grupo político vai se reunir e fechar um nome para ser candidato a prefeito de Canindé. O seu foco é eleger o sucessor e se preparar para 2018.

Glória
Em Nossa Senhora da Glória já começou uma disputa de bastidores para prefeito do município entre o deputado estadual Jairo de Glória (PRB) e o ex-prefeito Serginho Oliveira. Serginho tem dito que será o nome do seu bloco em 2016 se a candidatura à reeleição de Chico dos Correios (PT) não decolar. Ele já trabalha nesse sentido.  
Ponto de vista
O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) votou a favor da PEC da Bengala, mesmo discordando do texto do Senado que foi aprovado. "Foi casuísta porque atinge apenas os ministros do Supremo, Tribunais Superiores e TCU. As outras instâncias vão depender de lei complementar.   Ou seja, a intenção da PEC foi claramente de não deixar a presidente Dilma indicar os próximos ministros do Supremo, pois outras instâncias ficaram de fora", avalia.

Comissões
Após a definição das diversas Comissões Permanentes da Câmara, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) está integrando quatro Comissões. O deputado sergipano é membro titular das Comissões de Seguridade Social e de Segurança Pública, e como suplente das Comissões de Esporte e Trabalho.

Queixa geral
Permanece a insatisfação dos aracajuanos com o aumento abusivo do IPTU e as trapalhadas para conseguir os boletos e efetuar o pagamento, que já foi prorrogado pela terceira vez. Durante reunião almoço da Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (ASEOP), realizada no início da semana, até um conselheiro do Tribunal de Contas se queixou do aumento de 50% do IPTU cobrado pelo seu apartamento.

Reconhecimento
e apoio
O deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) avalia como uma "falha grande o atraso na entrega dos carnês de IPTU".  Mesmo com o desgaste do prefeito João Alves (DEM) e de ser hoje um aliado do governador Jackson Barreto (PMDB) na Assembleia, Bezerra tem declarado que JAF é o seu candidato em 2016.
Nos bairros
Nesse domingo, o prefeito João Alves estará no Bairro América participando do Pró-Mulher, Pró-Família. Ele começa a se movimentar bem visando uma maior aproximação com o povo e, consequentemente, a sua reeleição.

Transposição 1
Na próxima terça-feira, às 14h30, a comissão externa responsável por fiscalizar as obras de transposição das águas do rio São Francisco realizará audiência pública com representantes dos ministérios da Integração Nacional e do Meio Ambiente, e também da Codevasf, responsável por executar a operação do sistema de gestão do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Na reunião, os órgãos deverão apresentar seus relatórios sobre a execução da obra e os recursos utilizados.

Transposição 2
A comissão externa, criada no último dia 12, vai acompanhar todos os atos, fatos relevantes, normas e procedimentos referentes às obras da transposição do Velho Chico. Ela é coordenada pelo deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE) e tem como relator o deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB). Os deputados também vão avaliar o andamento do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Transposição 3
O novo presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle, senador Otto Alencar (PSD-BA), elegeu como prioridades do colegiado para 2015 a revitalização do Rio São Francisco e os direitos do consumidor relacionados aos reajustes de tarifas públicas. Para ele, se não forem corrigidos o assoreamento das margens e a deterioração das nascentes do São Francisco, há risco de desabastecimento de água e energia elétrica na Região Nordeste.

Veja essa...
Do prefeito Heleno Silva (Canindé) sobre a sucessão municipal em Aracaju: "Já abrimos conversa inicial com o ex-prefeito Edvaldo Nogueira. Acho que ele já é um nome competitivo, em razão do desgaste natural do prefeito João Alves".

Curtas
O desembargador do Tribunal de Justiça, Ricardo Múcio, determinou ontem que a direção do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) suspenda imediatamente a greve dos médicos no município de Carmópolis. O não cumprimento da decisão judicial gera multa diária no valor de R$ 10.000,00 contra a entidade.

O deputado federal André Moura recebeu, na manhã de ontem, homenagem da Associação Nacional de Delegados da Polícia Federal (ADPF) em reconhecimento à contribuição pela aprovação da MP 657/14, transformada na Lei 13047/14, que torna privativo de delegados da classe especial o cargo de diretor-geral da Polícia Federal em vigor desde dezembro de 2014.

No mês de fevereiro, os 32 partidos políticos registrados no TSE receberam R$ 25.122.641,76 do Fundo Partidário. Esse valor é a soma de R$ 19.440.416,67 do duodécimo do mês de fevereiro e R$5.682.225,09 referentes às multas arrecadadas em janeiro. Os valores repassados às legendas foram publicados no Diário da Justiça Eletrônico.

A agremiação que recebeu o maior valor, tanto de duodécimos, quanto de multa, foi o PT: R$ 2.602.131,69 e R$ 760.701,67, respectivamente. Em segundo lugar vem o PSDB, que recebeu R$ 2.131.477,07 de duodécimo e R$ 623.111,22 de multas. O PMDB obteve o terceiro maior valor ao receber R$ 2.078.030,97 de duodécimos e R$ 607.486,87 de multas.

A dotação orçamentária para a divisão mensal em forma de duodécimos em 2015 é de R$ 233.285.000,00. Já o valor das multas varia de acordo com o que é depositado por partidos, candidatos e eleitores na conta do Fundo Partidário referente a acertos com a Justiça Eleitoral.