Questões de Segurança

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/02/2015 às 01:30:00

No último dia 03 de fevereiro o ex-deputado federal Mendonça Prado (DEM) foi empossado como o novo secretário de Estado da Segurança Pública, em solenidade bastante concorrida.  Em seu discurso de posse, Mendonça assumiu o compromisso de nos primeiros 100 dias de gestão executar um plano de ação de combate à criminalidade.
Disse que para tocar esse plano escolheu profissionais experientes e que gozam de sua mais absoluta confiança.  Revelou que vai aprofundar a análise estatística, ativar o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) para que possa ser avaliado pelo governo e o Gabinete de Gestão Operacional (GGO), por meio do qual a SSP fará interlocução mais efetiva com o Poder Judiciário e Legislativo, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
O novo secretário revelou ainda que iria dar continuidade às ações do governador Jackson Barreto, mudar o Instituto Medico Legal (IML) de endereço, alocar recursos da Senasp, investir em inteligência, integração policial e procurar todos os meios para restaurar a autoridade policial.
Ontem, ele foi à sede da Academia de Polícia Civil (Acadepol) para um primeiro contato com os delegados de polícia. Foi recebido pelo delegado geral da Polícia Civil, Everton dos Santos, e por delegados lotados na capital e nos municípios do interior sergipano. A reunião contou, também, com a presença do presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Sergipe (Adepol), Paulo Márcio.
Na oportunidade, o secretário se colocou à disposição dos delegados e pediu apoio e empenho para que sua gestão alcance bons resultados e, consequentemente, a população sergipana possa ter uma segurança pública mais eficiente e com números mais satisfatórios.
Mendonça já teve com o comandante da Polícia Militar, Coronel Maurício Iunes, visando analisar o crescimento dos assassinatos em alguns municípios de Sergipe, a exemplo de Itabaiana. E, consequentemente, definir algumas ações de combate a criminalidade. Algumas operações já estão sendo realizadas em alguns municípios objetivando tirar das ruas os marginais.
Mendonça realmente vem se movimentando com esse objetivo. A sociedade espera por resultados à curto prazo, pois não aguenta mais ser vítima de bandidos a qualquer hora do dia e da noite, e em qualquer lugar.
O clima de insegurança é grande, levando a população a andar temerosa de ser a próxima vítima ou novamente vítima da bandidagem, que não pensa duas vezes em tirar a vida de um cidadão de bem caso se recuse a passar simplesmente o seu celular, comprado com muito sacrifício.
Chegamos ao ponto em que a nossa vida vale um celular, ou seja, não vale nada perante os bandidos usuários do crack. É essa droga a maior responsável pelo crescimento da criminalidade em Sergipe e no país, havendo, portanto, a necessidade de uma ação mais efetiva no combate a comercialização dessa pedra devastadora.
Vamos aguardar abril chegar ...

Segurança
O governador Jackson Barreto (PMDB) recebeu ontem de manhã a  comissão dos concursados da Polícia Militar, que reivindicou a nomeação dos 600 aprovados no concurso. JB disse que vai estudar a possibilidade, junto com o secretário Mendonça Prado, sobre a convocação de mais 200 concursados. "No próximo dia 26 teremos uma nova reunião com os dirigentes da SSP e a comissão de concursados para apresentarmos os resultados do estudo", afirma.
Nomeações
O Diário Oficial do Estado de ontem traz a nomeação do ex-deputado José Almeida Lima  (PMDB) para o cargo de diretor-presidente da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) e da ex-primeira dama Eliane Aquino  como consultora extraordinária para Assistência Técnico-Administrativa, na Casa Civil.

Adema 1
Em conversa ontem com a coluna, Almeida disse que recebeu o convite do governador Jackson Barreto para assumir a Adema na sexta-feira passada e aceitou imediatamente. Revela que até amanhã assume o comando do órgão ambiental.

Adema 2
Como novo presidente da Adema, Almeida disse que dará continuidade ao trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado nessa área do meio ambiente. Declarou que está ciente do controle ambiental de iniciativa pública e privada que tem de ser feito pelo órgão.
Adema 3
"Isso exige muito o controle urbanístico e a presença permanente do órgão para que não haja deteriorização das cidades, a exemplo de Aracaju. Há uma necessidade de uma presença mais firme e dinâmica para não haver uma degradação do meio ambiente. Vou me envolver com o conhecimento da matéria e aplicar as normas ambientais aplicadas pela Adema. Vou dar a minha contribuição", assegura.

Depois do carnaval 1
Dirigentes do PRB se reuniram no último final de semana, mas não fecharam os nomes que vão comandar as empresas vinculadas à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciências e Tecnologia. Segundo o líder do partido que comanda a Sedetec, através de Chico Dantas, o prefeito Heleno Silva (Canindé do São Francisco), ainda falta ouvir o ex-prefeito Ivan Leite (Estância) sobre a indicação dos nomes.

Depois do carnaval 2
Revela Heleno que a expectativa é fechar a definição dos nomes logo após a festa do momo. Das seis empresas vinculadas a Sedetec, o PRB vai indicar os novos dirigentes da Sergipetec, Fapitec, ITPS e Jucese.

Sucessão municipal 1
Com relação às eleições municipais de 2016, Heleno reafirma que não pretende disputar a reeleição. Revela que vem tendo reuniões com algumas lideranças políticas aliadas buscando definir o nome que vai apoiar para sucedê-lo.

Sucessão municipal 2
De acordo com o prefeito de Canindé existe uma parceria com o deputado federal João Daniel (PT) para que indiquem um candidato. "Eu e João Daniel já decidimos que vamos está juntos e que vamos indicar um candidato de consenso dos dois para ser o meu sucessor", assegura.

Sucessão estadual
"Nosso grupo vai ganhar as eleições. O nosso agrupamento é forte, tem ligação popular grande. Sem a máquina pública a oposição é fraca", avalia Heleno Silva, que tem pretensões de disputar o Senado em 2018, apesar de não admitir publicamente. Ele só diz que o seu partido quer participar da chapa majoritária daqui a quatro anos.  
Curiosidade
Quem esteve na Feijoada do Rasgadinho no último sábado e no Carro Quebrado na sexta-feira e no sábado à noite estranhou a ausência dos parlamentares envolvidos nos escândalos das verbas de subvenções. Em razão disso, não faltou quem comentasse que eles não foram às folias que antecedem o carnaval temendo alguma rejeição do povo ou até mesmo envergonhados por terem sido denunciados pelo Ministério Público Eleitoral.

Proinveste
No último domingo o governador Jackson Barreto (PMDB) inaugurou em Nossa Senhora do Socorro a primeira obra feita com recursos do polêmico Proinveste, que a Assembleia Legislativa levou mais de oito meses para aprovar. O investimento foi em torno de R$ 1,3 milhão.

Auditoria
O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou auditoria na Secretaria do Patrimônio da União (SPU) para verificar a sistemática de avaliação dos bens dominiais e de uso especial da União situados nos estados do Acre, Alagoas, Ceará, Espirito Santo, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Sergipe, assim como no Distrito Federal. Os bens dominiais, que pertencem à União mas podem ser utilizados por terceiros, apresentam reflexo direto na arrecadação de recursos por taxa de ocupação.

Veja essa...
O prefeito João Alves Filho (DEM) recebeu uma sonora vai no sábado à tarde, quando esteve na tradicional Feijoada do Rasgadinho. A vaia surgiu no momento que pegou o microfone no palco onde se apresentava a banda e foi desejar uma boa tarde ao pessoal. Com o protesto o prefeito não falou mais nada, devolveu o microfone e saiu.  

Curtas
O deputado federal reeleito Fábio Reis (PMDB) deve ficar com o apartamento funcional da Câmara, que estava sendo usado por Almeida Lima. O ex-deputado tem até o final do mês para fazer a sua mudança e entregar o imóvel.

Quem também pleiteia o apartamento da Câmara usado por Almeida Lima é o novo deputado federal Adelson Barreto (PTB). O imóvel deve ser passado para Fábio.

Nessa quarta-feira, a Polícia Militar vai apresentar à imprensa o plano de operações para o carnaval em Sergipe. Será às 8h, no auditório do Quartel do Comando Geral.
Pesquisa Datafolha realizada entre 3 e 5 de fevereiro e publicada ontem no jornal Folha de S. Paulo mostra que 71% dos brasileiros não possuem um partido político de preferência. Segundo a Folha, o índice em dezembro passado era de 61%, ou seja, houve um aumento de dez pontos percentuais no intervalo de pouco mais de um mês.

De acordo com o jornal, as denúncias de corrupção e a piora na economia levaram ao maior índice de rejeição a agremiações partidárias desde agosto de 1989, quando o instituto começou a questionar as pessoas sobre suas preferências políticas.