Falha humana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/01/2015 às 00:35:00

O Estado de São Paulo de ontem divulgou matéria informando que falha humana derrubou o avião que matou o então presidenciável Eduardo Campos, o ex-deputado federal Pedrinho Valadares, mais três assessores e os dois tripulantes no dia 13 de agosto do ano passado, em Santos. Revela a matéria que houve uma sequência de erros constatada nas investigações da Aeronáutica, a serem divulgadas ainda no início de fevereiro.
A matéria aponta falhas para a tragédia como ausência de treinamento para conduzir a aeronave acidentada, um Cessna 560XL, e a opção por atalho para acelerar os procedimentos de aterrissagem.  Revela que o "resultado decisivo" que levou à queda do avião foi a tentativa de abortar o pouso e arremetê-lo abruptamente, quando o piloto teria deixado de operar os instrumentos devidos de acordo com recomendações do fabricante do Cessna.

É colocado que essa situação, provocada pela falta de perícia do piloto, levou-o a sofrer o que é tecnicamente chamado de "desorientação espacial", quando o piloto perde a noção referencial entre aeronave e solo. Ou seja, o piloto passa a ignorar a posição do avião - se está inclinado para cima ou para baixo, se suas asas estão na vertical, se está emborcado, ou mesmo se o avião simplesmente mantém a normalidade do voo.
A matéria diz ainda que o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão da Aeronáutica, debruçou-se sobre as causas do acidente em cerca de cinco meses de trabalho. Nesse período, traçou todo o perfil psicológico, pessoal e profissional dos pilotos, e listou a sequência de erros de Martins.
O jornal informa ainda que piloto e copiloto não tinham bom relacionamento, haviam se desentendido e que aquele provavelmente seria o último voo conjunto da dupla, mesmo se o acidente não lhes tivesse abreviado a vida.
O trágico acidente mudou os rumos do pleito presidencial no ano passado, colocando a ex-ministra Marina Silva (PSB-Rede) no páreo.

No Estado, antes das convenções partidárias realizadas até 30 de junho o sergipano Pedrinho Valadares defendia uma aliança de Eduardo Campos com o então candidato a governador Eduardo Amorim (PSC), principal adversário do governador Jackson Barreto (PMDB), que disputava a reeleição. Poucos dias antes do prazo final das convenções, Campos e Pedrinho vieram a Sergipe em busca de um entendimento nessa direção.  
Entendia Pedrinho que aliado de Eduardo Amorim, o Eduardo Campos teria um palanque forte no Estado. O PSB de Sergipe, liderado pelo senador Valadares, decidiu apoiar JB, emplacando Belivaldo Chagas (PSB) como vice.
A apuração desse trágico acidente aéreo, em plena campanha eleitoral, deve encerrar de uma vez por todas as especulações geradas por tucanos ...

Fato consumado
O governador Jackson Barreto (PMDB) voltou a conversar ontem com alguns deputados estaduais sobre a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para o biênio 2015/2016, que será realizada no dia 1º de fevereiro.  Um aliado reafirmou ontem que o deputado estadual eleito Luciano Bispo (PMDB) será mesmo o candidato do governo.

Reviravolta?
Segundo ele, Jackson já conversou novamente com o candidato Gustinho Ribeiro (PSD), que está propenso a abrir mão da sua candidatura à presidente da Assembleia caso a deputada estadual reeleita Goretti Reis (DEM) não esteja na chapa de Luciano Bispo. Há um entendimento para que Goretti seja a vice de Luciano.

Especulação 1
Revela ainda a fonte que Gustinho avalia como "frágil" a situação de Luciano Bispo mediante os processos e quer evitar, no caso dele vir a perder o mandato, que Goretti Reis, sua adversária política em Lagarto, venha a presidir o Poder Legislativo.

Especulação 2
A fonte especula ainda o fato de Gustinho Ribeiro está pleiteando agora ser vice de Luciano Bispo ou 1º secretário.  Com isso, haveria chapa única na eleição da Assembleia. A coluna não conseguiu falar ontem com o parlamentar sobre essas especulações.
Ponto de vista 1
O deputado estadual Zezinho Guimarães (PMDB) disse à coluna que acredita em chapa única, porque os parlamentares da base governista querem votar no candidato do governador. "Eu mesmo votarei no candidato que Jackson Barreto disser, pois meu candidato é o do governador", afirmou, enfatizando acreditar que essa será a posição dos outros parlamentares do seu partido, inclusive de Garibalde Mendonça, que mantém seu nome no páreo.

Ponto de vista 2
"Acredito e advogo pelo entendimento dentro do PMDB. Se não nos entendemos dentro da nossa casa como vamos se entender na casa dos outros? O candidato do PMDB será quem Jackson disser e acabou", avalia o parlamentar peemedebista.   

Ases
Deverá ser publicada nos próximos dias, no Diário Oficial do Estado, a nomeação dos técnicos Genival Nunes, Sérgio Ferrari e José Roberto para a Agência Reguladora dos Serviços do Estado de Sergipe (ASES). A agência  deve ser presidida pelo ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), conforme informações chegadas à coluna por uma fonte palaciana.

Boa escolha
Genival, Sérgio e Zé Roberto ocupavam os cargos de secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, diretor presidente da Deso e diretor presidente da Emsetur respectivamente. Os três são excelentes técnicos, competentes e éticos.

Sergás
Na reforma administrativa feita pelo governo e aprovada pelos deputados estaduais no final de dezembro de 2014, a Sergás deixa de ser vinculada à Secretaria de Infraestrutura para estar ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciências e Tecnologia (Sedetec). A expectativa agora é saber se a Sergás ficará na quota do PRB do prefeito Heleno Silva e do deputado federal eleito pastor Jony Marcos, ou ficará na quota de outro grupo político a exemplo da Codise.

Estrutura
Estão vinculadas a Sedetec, cujo novo secretário é Francisco Dantas, o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), Sergipe Parque Tecnológico (Sergipetec), Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) e a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise).

Grau de satisfação
Do presidente do PT, deputado federal Rogério Carvalho, ao ser questionado se o partido se sente contemplado com os cargos que o partido ocupa no governo: "O PT não se sente contemplado, mas dentro das possibilidades do governo está tranquilo".

Do PT
No primeiro escalão do governo o PT ficou com as Secretarias da Agricultura e a do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.  No segundo escalão, a legenda foi contemplada com o Ipesaúde e muito provavelmente com a Fundação de Saúde. Rogério não coloca a Secretaria de Inclusão Social, com Eliane Aquino, na quota do PT, mas na quota pessoal do governador.

Registro
O brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, preso na Indonésia, deve ter sua pena de morte executada neste fim de semana. Além dele, mais 962 brasileiros estão detidos no exterior por tráfico ou porte de drogas, informou o Ministério das Relações Exteriores. O número, atualizado em 31 de dezembro de 2013, representa 30% dos 3.209 brasileiros em prisões fora do país.

Curiosidade
Dos 513 deputados que tomarão posse no dia 1º de fevereiro, 198 estão assumindo pela primeira vez o mandato e 25 estão voltando à Câmara após quatro anos fora do Legislativo. Nenhum dos oito parlamentares de Sergipe retoma à Casa após quatro ou mais anos.

Curtas
Na próxima segunda-feira, às 7h30, o prefeito João Alves (DEM) assina ordem de serviço para início das obras de urbanização na 13 de julho.

Aliados do prefeito estão otimistas com agenda positiva prevista para iniciar este ano, vindo à melhorar um pouco a imagem desgastada de João Alves com aumento da passagem de ônibus, IPTU, ruas sujas e esburacadas, e caos na saúde.

Avaliam como grandes atos o início da implantação do BRT, a construção da nova avenida perimetral, que ligará Nossa Senhora do Socorro a zona de expansão de Aracaju; e a urbanização da 13.

O governador Jackson Barreto inaugurará o novo Batistão no próximo dia 4 de fevereiro, às 17h. À noite, às 21h30, acontecerá o jogo Confiança x Vitória da Bahia, pela Copa do Nordeste.

O ano de 2014 foi o mais quente do planeta desde o início dos registros em 1880, revelou nesta sexta-feira um esperado relatório divulgado pela Agência Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.