Reforço a Dilma

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/05/2014 às 00:47:00

No 14º Encontro Nacional do PT, que acontece até este sábado no salão de Convenções do Anhembi, em São Paulo, foi reforçada a candidatura à reeleição de Dilma Rousseff na tentativa de abafar o movimento "Volta Lula".  Isso foi determinado entre todas as correntes do Partido dos Trabalhadores durante o evento, que foi aberto oficialmente ontem à noite com a presença de Dilma e do ex-presidente Lula.

O encontro ocorre em meio ao fogo cerrado das oposições para minar a candidatura de Dilma e forçar um segundo turno nas eleições presidenciais deste ano. Os partidos de oposição contaram com dois episódios negativos para o governo: a queda para 37% de Dilma na preferência do eleitorado e a bancada do PR, partido da base, ter divulgado esta semana um manifesto pelo "Volta Lula", forçando a presidente a reafirmar sua candidatura com base na fidelidade recíproca com seu principal cabo eleitoral.

Entre os partidários do PT que defenderam a reafirmação da campanha de Dilma e também a necessidade de que o partido tire uma resolução até o fim do encontro como uma maneira de anular o "Volta Lula" estão o presidente do PT, Rui Falcão; o ministro da articulação política, Ricardo Berzoini (PT-SP); o ex-líder do PT na Câmara, José Guimarães (PT-CE); a ex-ministra dos Direitos Humanos Maria do Rosário (PT-RS); o deputado Fernando Ferro (PT-PE). O ministro da Pesca José Fritsch, inclusive, defendeu que o Lula assuma a coordenação da campanha da Dilma.
No primeiro dia do encontro também foi abordado o retorno do ex-deputado José Genoino para o presídio da Papuda. "Foi um desrespeito através de uma decisão monocrática. O partido responsabiliza o (Joaquim) Barbosa pelo o que acontecer com o Genoino", disse Rui Falcão.

O encontro reúne cerca de 800 delegados do PT eleitos no Processo de Eleições Diretas (PED) no ano passado, que definirão as diretrizes do novo programa de governo de Dilma, táticas e estratégias eleitorais, e ainda se deve ser mantido o entendimento com o PMDB, inclusive a candidatura do vice Michel Temer, e os partidos da base. Ele tem a participação de 10 delegados de Sergipe, dentre eles os deputados federais Rogério Carvalho e Márcio Macedo, e dos deputados estaduais Conceição Vieira e Ana Lúcia.
Lula e Dilma fizeram a abertura oficial do evento ontem à noite, após uma conversa reservada no local do Encontro Nacional do PT. Não falou o grito "É Dilma de novo com a força do povo".

Composição
Segundo uma liderança política de Nossa Senhora do Socorro, o presidente estadual do PSC, deputado federal André Moura, informou a alguns vereadores que já está formada a chapa majoritária da oposição: Eduardo Amorim (PSC) - governador, o deputado federal Valadares Filho (PSB) - vice-governador e Maria do Carmo (DEM) - Senado.

Nem um nem outro
Nas rodas políticas já se fala na formação de uma chapa majoritária em Sergipe: Grace Franco (PSDB), que é a filha do empresário Walter Franco, para governadora e a senadora Maria do Carmo Alves (DEM) disputando a reeleição. Concretizando-se essa chapa, o prefeito João Alves Filho (DEM) não apoiará para o governo nem o governador Jackson Barreto (PMDB) nem o senador Eduardo Amorim (PSC).

Continuidade da parceria
Com essa chapa seria mantida em Sergipe uma aliança entre o PSDB e o DEM, que permaneceria apoiando um candidato tucano ao Palácio do Planalto, no caso da eleição deste ano o senador Aécio Neves. O prefeito João Alves (DEM), quando esteve no governo, sempre votou com os tucanos Fernando Henrique Cardoso e José Serra.

Especulação
A mulher do prefeito Fábio Henrique (PDT/ Socorro), Silvia Fontes, pode assumir a Secretaria de Turismo, em substituição ao ex-vereador Elber Batalha (PSB), que entregou o cargo no final de março junto com os outros dois secretários do partido: Belivaldo Chagas (Educação) e Maurício Pimentel (Esporte e Lazer). O PSB entregou os cargos ao governo para ficar à vontade nas eleições deste ano, diante da pré-candidatura de Eduardo Campos a presidente da República.  
Acordo 1
A provável nomeação de Silvia em uma Secretaria de Estado representa a participação do PDT no governo e o apoio à reeleição do governador Jackson Barreto. O apoio do partido a JB nas eleições deste ano ficou acordado durante reunião recente das lideranças da legenda, realizada no dia 16 de abril.

Acordo 2
Na reunião, divulgada com exclusividade pela coluna, ficou acordado ainda que o deputado estadual Zé Franco (PDT) será o candidato do partido a deputado estadual e que a legenda apoiará para a Câmara dos Deputados, o deputado federal Laércio Oliveira (SDD). Com isso, a mulher do presidente estadual do PDT, Fábio Henrique, que tinha pretensão de concorrer à Assembleia Legislativa, mas em nome da unidade do bloco recuou para apoiar a reeleição de Zé Franco, deve integrar o primeiro escalão do governo.

Benefícios
Nos últimos dias, o governador Jackson Barreto foi duas vezes a Nossa Senhora do Socorro e assinou ordens de serviço para realização de várias obras orçadas em R$ 200 milhões.

Ponto de vista
Para o ex-prefeito da capital, Edvaldo Nogueira (PCdoB), o seu sucessor João Alves (DEM) decidiu permanecer prefeito não por amor a Aracaju, mas por ter visto que tinha dificuldade de se eleger governador. "Ele viu que estava caindo e Jackson {Barreto} encostando nele. A sua vitória estava muito em risco", avalia.

Banese
Fernando Motta assumiu de fato (não de direito) a presidência do Banese, já tendo mudado a superintendência do Banese Card e gerentes de áreas de crédito da instituição bancária. Enquanto não sai a sua nomeação pelo Banco Central, Maria Avilete Ramalho, que é diretora Administrativa, é quem está assinando os atos administrativos do banco. Avilete assumirá a diretoria de Crédito Comercial.

Emendas
O vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, Augusto Bezerra (DEM), disse que as duas emendas de sua autoria no ProRedes beneficiam Aracaju e deveriam permanecer. "Recebi uma solicitação do prefeito João Alves Filho. Uma delas prevê a criação de 50 leitos de maternidade no bairro Santa Maria e a outra a instalação de uma UPA na zona oeste. A secretária de Saúde Joélia deveria ter acompanhado as votações nas comissões. As emendas tratam de melhorar a saúde", afirmou, enfatizando que se o governo tiver outro entendimento em relação aos projetos, que vete as duas emendas.

Liberdade de
imprensa 1
Nesse domingo, 03 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. A data foi lembrada pelo vereador Emmanuel Nascimento (PT), que na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju frisou a importância da liberdade de imprensa e do jornalismo para a sociedade brasileira e o mundo. "Triste da humanidade se não fosse a imprensa. Sempre tive uma boa relação com jornalistas e radialistas da minha terra. Quando se fala em democracia, falamos em imprensa. Um dos pilares da democracia é o Poder Legislativo e a imprensa", disse.

Liberdade de
imprensa 2
Para comemorar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, a Câmara de Vereadores realizará uma sessão especial nessa segunda-feira visando debater essa data. A iniciativa é da vereadora Lucimara Passos (PCdoB).

Veja essa...
Um deputado estadual de oposição, em conversa com um prefeito do sertão sergipano, propôs que ele recebesse todos os bônus a serem oferecidos pelo candidato a governador adversário, mas votasse no candidato do seu bloco. Olhando nos olhos do parlamentar, o gestor perguntou se foi isso que seu pai ensinou e que ele não faria isso por ter ética e caráter. O parlamentar ficou vermelho com a lição de moral.

Curtas
A partir da semana que vem o governador Jackson Barreto cairá em campo para formação de alianças e da chapa majoritária.

O deputado federal Laércio Oliveira (SDD) recebeu essa semana o título de cidadão de Malhador, de iniciativa do presidente da Câmara, Sandro Moura. Na solenidade realizada pela Câmara Municipal, o parlamentar foi homenageado por ter contribuído com o desenvolvimento do município.

Ontem, no Encontro Nacional do PT, declararam apoio à reeleição de Dilma Rousseff o PMDB/PTB/PSD/PCdoB/PP/PT.

Os 32 partidos políticos com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apresentaram dentro do prazo, no dia 30 de abril, a sua prestação de contas partidárias referentes ao exercício de 2013.

Os diretórios nacionais das legendas devem apresentar a respectiva prestação de contas no TSE. Já os diretórios estaduais devem entregá-las nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), e os diretórios municipais, nas zonas eleitorais.